Últimas

Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2007, 09h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

Conselheiros Júlio e Spinelli se despedem do TC

  Os conselheiros Júlio Campos e Ubiratan Tom Spinelli se despedem do Tribunal de Contas do Estado na sessão desta quarta (12). Agora, cada um seguirá o seu rumo. Júlio, por exemplo, está deixando a cadeira com a finalidade de voltar à militância política. Já Tom Spinelli vai dedicar-se às suas empresas. Os dois deixam o TCE no mesmo dia em que seus substitutos, Humberto Bosaipo e Waldir Teis, devem passar por uma sabatina na Assembléia.

   Além de Tom e Júlio, o presidente do TCE, conselheiro José Carlos Novelli, também se despede da presidência do Tribunal. Novelli abriu a  sessão desta quarta, enaltecendo sua gestão. Destaca que foram implantados o Código de Ética dos Servidores e a TV Contas. "O TCE de MT, ao definir seu planejamento estratégico para assegurar o controle da administração pública, visa a qualidade dos serviços e benefícios à sociedade", enfatizou. (Pollyana Araújo)

(Às 9h28) - É hora de deitar na rede, afirma Spinelli

"Chegou a hora de pendurar as chuteiras, por o burro na sombra e deitar na rede", disse Tom Spinelli, ao se despedir dos colegas conselheiros. "Mas será que isso vai acontecer mesmo? Tem gente que adora a tal aposentadoria mas eu não gosto dessa palavra".  Diz ainda que, "agora é a hora de calçar as botinas e ir para a fazenda". O conselheiro faz um retrospecto da sua vida. "Há 43 anos me dedico à vida pública, sendo que 30 anos ligado diretamente à vida pública".

(Às 9h34) - "Estou atendendo ao chamado do povo"

      O conselheiro Júlio Campos enfatiza que está deixando o TCE para atender o chamado da sociedade, em referência à sua candidatura a prefeito de Várzea Grande em 2008. Lembra do período em que disputou pela primeira vez um cargo da administração pública. "Fui eleito a prefeito de Várzea Grande em 1982 pelo voto popular após vários anos da ditadura militar".

    "Junto ao meu povo de Várzea Grande quero contribuir com a minha voz e minha alma para o desenvolvimento da cidade", enfatizou Júlio. "Deixo com tristeza, mas também com alegria este honroso cargo de conselheiro". Em suas palavras disse ainda que o período que atuou no TCE enriqueceu o seu saber. "Saio do TCE com a sensação de dever cumprido", completou.

(Às 9h48) Pleno vota favorável às aposentadorias

   Por unanimidade, os conselheiros em seus votos foram favoráveis aos pedidos de aposentadoria de Júlio e Tom Spinelli. Por fim, o presidente do TCE, José Carlos Novelli, pediu aos conselheiros Antônio Joaquim e Valter Albano que acompanhassem Tom e Júlio até seus gabinetes, os quais deixam nesta quarta.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paulo Prado e os promotores Roberto Turin, Célio Furio, Miguel Slhessarenko, Alexandre Matos Guedes, Ezequiel Borges de Campos, Ana Luiza Peterlini de Souza, Carlos Eduardo Silva e Clóvis de Almeida Júnior sustentam que “Bosaipo não preenche os requisitos da idoneidade moral e reputação ilibada necessários à investidura no cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso”. Explicam que pesam contra o deputado “sérias e fundadas acusações acerca da prática de atos de improbidade administrativa com danos de grande monta ao erário”. Bosaipo também é acusado de prática de crimes como peculato e formação de quadrilha.
    Essas palavras não não minhas, não fui quem escreveu, apenas estou citando parte da inicial que o ministério público impetrou contra a indicação deputado, agora se mesmo assim eles querem colocar o homem lá, É PORQUE TODO MUNDO TÁ COM RABO PRESO, SE NÃO TIVEREM, PROVEM AO CONTRÁRIO.

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os comentáios dessas aposentadórias e indicações $ão de arepiar. Será quem não tem ninguém monitorando, eu acho que tém, vamos aguardar. Os bons áres estão fluindo a Policia Federal é a mesma de Alagos e Baiha.

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os comentáios dessas aposentadorias e indicações $ão de arepiar. Será quem não tem ninguém monitorando, eu acho que tém, vamos aguardar. Os bons áres estão fluindo a Policia Federal é a mesma de Alagos e Baiha.
    Os parentes e fantasmas também vão se aposentar?

Esforço e a contemplação no IFMT

adriano breunig 400   Quem está comemorando exaustivamente e feliz da vida com a vitória de Júlio Cesar para reitor do IFMT é o professor Adriano Breunig (foto), atual diretor de Políticas, Projetos e Avaliação Institucional. Adriano mergulhou na campanha de Júlio. Fez visitas, pediu voto, se...

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...