Últimas

Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2007, 09h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

Conselheiros Júlio e Spinelli se despedem do TC

  Os conselheiros Júlio Campos e Ubiratan Tom Spinelli se despedem do Tribunal de Contas do Estado na sessão desta quarta (12). Agora, cada um seguirá o seu rumo. Júlio, por exemplo, está deixando a cadeira com a finalidade de voltar à militância política. Já Tom Spinelli vai dedicar-se às suas empresas. Os dois deixam o TCE no mesmo dia em que seus substitutos, Humberto Bosaipo e Waldir Teis, devem passar por uma sabatina na Assembléia.

   Além de Tom e Júlio, o presidente do TCE, conselheiro José Carlos Novelli, também se despede da presidência do Tribunal. Novelli abriu a  sessão desta quarta, enaltecendo sua gestão. Destaca que foram implantados o Código de Ética dos Servidores e a TV Contas. "O TCE de MT, ao definir seu planejamento estratégico para assegurar o controle da administração pública, visa a qualidade dos serviços e benefícios à sociedade", enfatizou. (Pollyana Araújo)

(Às 9h28) - É hora de deitar na rede, afirma Spinelli

"Chegou a hora de pendurar as chuteiras, por o burro na sombra e deitar na rede", disse Tom Spinelli, ao se despedir dos colegas conselheiros. "Mas será que isso vai acontecer mesmo? Tem gente que adora a tal aposentadoria mas eu não gosto dessa palavra".  Diz ainda que, "agora é a hora de calçar as botinas e ir para a fazenda". O conselheiro faz um retrospecto da sua vida. "Há 43 anos me dedico à vida pública, sendo que 30 anos ligado diretamente à vida pública".

(Às 9h34) - "Estou atendendo ao chamado do povo"

      O conselheiro Júlio Campos enfatiza que está deixando o TCE para atender o chamado da sociedade, em referência à sua candidatura a prefeito de Várzea Grande em 2008. Lembra do período em que disputou pela primeira vez um cargo da administração pública. "Fui eleito a prefeito de Várzea Grande em 1982 pelo voto popular após vários anos da ditadura militar".

    "Junto ao meu povo de Várzea Grande quero contribuir com a minha voz e minha alma para o desenvolvimento da cidade", enfatizou Júlio. "Deixo com tristeza, mas também com alegria este honroso cargo de conselheiro". Em suas palavras disse ainda que o período que atuou no TCE enriqueceu o seu saber. "Saio do TCE com a sensação de dever cumprido", completou.

(Às 9h48) Pleno vota favorável às aposentadorias

   Por unanimidade, os conselheiros em seus votos foram favoráveis aos pedidos de aposentadoria de Júlio e Tom Spinelli. Por fim, o presidente do TCE, José Carlos Novelli, pediu aos conselheiros Antônio Joaquim e Valter Albano que acompanhassem Tom e Júlio até seus gabinetes, os quais deixam nesta quarta.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paulo Prado e os promotores Roberto Turin, Célio Furio, Miguel Slhessarenko, Alexandre Matos Guedes, Ezequiel Borges de Campos, Ana Luiza Peterlini de Souza, Carlos Eduardo Silva e Clóvis de Almeida Júnior sustentam que “Bosaipo não preenche os requisitos da idoneidade moral e reputação ilibada necessários à investidura no cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso”. Explicam que pesam contra o deputado “sérias e fundadas acusações acerca da prática de atos de improbidade administrativa com danos de grande monta ao erário”. Bosaipo também é acusado de prática de crimes como peculato e formação de quadrilha.
    Essas palavras não não minhas, não fui quem escreveu, apenas estou citando parte da inicial que o ministério público impetrou contra a indicação deputado, agora se mesmo assim eles querem colocar o homem lá, É PORQUE TODO MUNDO TÁ COM RABO PRESO, SE NÃO TIVEREM, PROVEM AO CONTRÁRIO.

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os comentáios dessas aposentadórias e indicações $ão de arepiar. Será quem não tem ninguém monitorando, eu acho que tém, vamos aguardar. Os bons áres estão fluindo a Policia Federal é a mesma de Alagos e Baiha.

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os comentáios dessas aposentadorias e indicações $ão de arepiar. Será quem não tem ninguém monitorando, eu acho que tém, vamos aguardar. Os bons áres estão fluindo a Policia Federal é a mesma de Alagos e Baiha.
    Os parentes e fantasmas também vão se aposentar?

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...

DEM tem derrotados em 2020 pra AL

anelise silva 400   Alguns filiados do DEM do governador Mauro Mendes estão se movimentando por conta própria, visando as eleições de deputado estadual no próximo ano, alheios ao comodismo do presidente regional do partido, ex-deputado Fabinho Garcia. Em Cáceres, por exemplo, dois são cogitados para...

Vereadores vão devolver a VI de abril

agostinho carneiro 400   Presidida por Agostinho Carneiro (foto), a Câmara Municipal de Ribeirãozinho, um dos menores municípios do Estado, com cerca de 2,5 mil habitantes, decidiu suspender o pagamento da verba indenizatória deste mês de abril de todos os seus nove vereadores. Com isso, os R$ 9 mil que iriam para o...