Últimas

Segunda-Feira, 06 de Agosto de 2007, 09h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INFRAESTRUTURA

Contra Pagot, PSDB quer denunciar Jonas e Jaime

Senadores Jonas Pinheiro, que empregou Pagot por 8 anos, e Jaime Campos, que relatou o processo do próprio suplente, correm risco de investigação

   Setores do PSDB, do PMDB e até do PR se aliaram a grandes empreiteiras para impedir, mais uma vez, a aprovação pelo Senado do nome de Luiz Antônio Pagot com vistas a assumir a direção-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes. A sabatina está marcada para esta terça (7) pela manhã. Será a terceira tentativa.

     Na primeira, ouve pedido de vista do processo. A segunda foi cancelada de última hora. Oficialmente, a Comissão de Serviços de Infra-Estrutura do Senado alegou que havia risco de falta de quórum. Nos bastidores, porém, a história é outra. Opositores à indicação de Pagot pressionaram parlamentares do DEM no sentido de cancelar a sessão sob pena de acionar o senador Jonas Pinheiro no Conselho de Ética por quebra de decoro. Acontece que foi Jonas quem empregou Pagot no gabinete por oito anos. De 1995 a 2002 Pagot recebeu salário do Senado e, ao memso tempo, dirigiu a empresa Hermasa Navegação da Amazônia. Em tese, esses dois vínculos seriam ilegais.

   Agora, na véspera de sabatina, o tucanato se mobiliza de novo. A estratégia agora é constranger tanto Jonas quanto o também senador Jaime Campos, de quem Pagot é o primeiro suplente. Jaime foi o relator do pedido feito pelo presidente Lula para nomeação de Pagot no Dnit. Em seu relatório, o senador mato-grossense não faz qualquer referência ao fato do seu suplente ter ocupado a dupla função - confira aqui.

    Dessa forma, os opositores acham que Jonas e Jaime devem ser investigados pela Conselho de Ética. Será mais uma jogada para tumultuar o processo, deixando o DEM numa saia-justa. Pagot enfrenta um verdadeiro calvário a caminho do Dnit. Ele aguarda pela nomeação há vários meses e tem sido alvo de denúncias, inclusive em âmbito nacional. Mesmo tendo garantia do presidente Lula de que terá o nome aprovado no Senado, tanto na Comissão quanto em plenário, a turma da botina, grupo ligado ao governador Maggi, continua temerosa.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • José Augusto Cintra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É chagada a hora do Sr. Pagot, deixar este sonho para depois. Não existe viabilidade para seu nome. Acredito que o Nobre Economista, pode evitar este desgaste desnecessário. Tomara que ele possa conhecer seus verdadeiros "aliados" políticos.

  • LUIZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TOMARA QUE VOLTE PARA A DIREÇÃO DA AMAGGI..PELO MENOS NAO LA NAO FARA MAL AO POVO....FORA PAGOT....VA DURMIR...

  • robson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    será que só serve Pagot para assumir esse cargo?Dá até prá desconfiar em tanta insistência do Governador.Porque será que mt só tem Pagot para assumir esse cargo?

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.