Últimas

Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2007, 18h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CUIABÁ

Contrariado, prefeito refaz as licitações do PAC

O procurador-geral de Cuiabá, José Rosa, e o prefeito Wilson Santos    A Prefeitura de Cuiabá não resistiu a pressão e, mesmo contrariada, terá de refazer as licitações das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O prefeito Wilson Santos (PSDB) não contava que o TCU determinaria o cancelamento do primeiro edital, tanto que estava decidido a manter o embate jurídico com o Ministério Público. Por 6 a 1, porém, os ministros do TCU determinaram que o prefeito suspenda duas licitações. 

    Em entrevista coletiva nesta quinta, ao lado do procurador-geral do município, José Antonio Rosa, Wilson Santos disse que cumprirá a determinação e já lançará um novo edital na segunda (10). Agora, as licitações serão divididas em cinco lotes: Cuiabairros (R$ 35 milhões), PAT-Prosanear (R$ 34,6 milhões), água (R$ 45 milhões) e dois para obras de esgoto (R$ 124 milhões). Antes, o MP pedia a divisão em nove lotes, enquanto o prefeito argumentava que isso era desnecessário.

      "Desde o início, o Ministério Público estava alertando a administração municipal de que não deveria perder tempo na discussão de um edital de licitação efetivamente cheio de vícios", observa a promotora de Justiça Ana Cristina Bardusco.

     O novo edital ficará disponível durante 30 dias. A prefeitura não vai exigir que as empresas interessadas em participar das licitações apresentem patrimônio líquido e capital social cumulado com a garantia e que exista vínculo empregatício entre o responsável técnico e a licitante, como pedira antes. Também abriu mão da apresentação de Certificado do Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade de Habitat (PBQPH) e da disponibilidade de usina de asfalto e de concreto com localização prévia. A prefeitura vai se reunir ainda nesta quinta com o Ministério Público e o TCU para fechar o novo edital. (Simone Alves)

(Atualização às 18h53) -  Estado pode assumir licitações, diz Maggi

    O governador Blairo Maggi (PR) declarou nesta quinta (6), que o Estado pode assumir os processos licitatórios das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em Cuiabá. "Podemos fazer isso  sem problemas", garantiu Maggi. Tirar esse processo das mãos da administração municipal é uma sugestão do Ministério Público. Isso seria uma maneira de evitar que novas irregularidades apareçam nos  editais formulados pela prefeitura. Nesse caso, o governo se responsabilizaria pelo montante da União, que somam cerca de R$ 200 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Paula | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilsom,
    Esses políticos ainda não entenderam que eles não podem mais direcionar as licitações. Isso é uma vergonha que deve ficar no passado. O país está mudando e precisa mudar mesmo. As oportunidades precisam ser iguais para todos.

  • Jeovaldo Rosa de Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa "Paca" tem que sair do papel, pois o nosso Bairro foi contemplado, com 02 km de asfalto e 100% da rede de esgoto sanitario, estamos esperando, Os Moradores do Bairro Novo Colorado Agrade, se Romilson não vetar essa. Fui...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

Presidente da Ucmmat quer reeleição

edcley lopes ucmmat 400   Reeleito para o sexto mandato e com a maior votação em Vila Bela da Santíssima Trindade, o vereador Edcley Lopes Coelho (foto), que obteve 391 votos pelo Solidariedade, luta agora por outro desafio. Quer se reeleger presidente da Ucmmat, entidade que congrega as câmaras municipais com seus 1.404...

Elisângela conduz Secom da Câmara

elisangela tenorio 400 curtinha   A jornalista Elisângela Tenório (foto) está de volta ao comando da Comunicação Social da Câmara de Cuiabá. Ela ocupou o mesmo cargo na gestão Justino Malheiros, mas, na época, não teve à disposição estrutura para desevolver uma...

Logística em MT pra distribuir vacinas

mauro mendes 400 curtinha   O governo estadual já providenciou toda logística para levar as vacinas anti-Covid-19 aos municípios. O governador Mauro Mendes (foto) destaca que, em princípio, adquiriu 3,5 milhões de seringas. Os lotes de vacinas chegam a MT até a próxima quarta. Seguindo o Plano...

Emanuel no PTB e reeleição do filho

emanuelzinho 400   O PTB está sendo preparado para receber a filiação do prefeito Emanuel Pinheiro, que iniciou o segundo mandato em Cuiabá. Sem ambiente para seguir no MDB, onde passou a enfrentar resistência de toda a bancada do partido na Câmara Federal e na Assembleia, Emanuel recebeu convite de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.