Últimas

Quarta-Feira, 27 de Junho de 2007, 08h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

JUDICIÁRIO

Corregedor tenta inverter pêndula da balança

Como toda balança tem dois lados, o corregedor-geral do Tribunal de Justiça, desembargador Orlando Perri, terá de ter dois pesos, o do acerto daqui para a frente e o dos erros, que são mais lembrados. Mesmo hoje com uma campanha pela fortalecimento do Judiciário, a imagem do Tribunal de Justiça está arranhada. Ainda estão na memória da população as graves acusações feitas pelo juiz assassinado Leopoldino Marques do Amaral, mesmo elas não tendo sido comprovadas. Em 99, antes de ser assassinado, Amaral, que estava acuado após se envolver em crime de peculato, passou a "atirar" contra desembargadores.

     Acusou a maioria de vender sentença, fraudar concurso público, praticar nepotismo e outras irregularidades. Hoje, oito anos depois, a nova diretoria do TJ, sob o desembargador Paulo Lessa, busca reconstruir a imagem manchada do Judiciário. Para isso, vem tomando medidas inovadoras e até radicais. Reconhecem que o Poder Judiciário está distante, isolado e aparentemente inacessível para a maioria dos cidadãos que precisa dos seus serviços.

    Além do compromisso de lutar para que a Justiça se torne mais acessível, célere e eficiente, Perri, enquanto corregedor-geral, ainda tem a atribuição de apurar denúncias que atentam contra a honra, ética e a moral de alguns magistrados. Cabe a ele inverter o pêndulo da balança, com transparência em meio a processos sigilosos. Mais vale a vontade de acertar do homem do que a omissão de fechar os olhos.

    Só ao corregedor-geral Perri cabe o rigor das investigações contra magistrados porque a sociedade de um modo geral se vê, por força do tal sigilo, de olhos fechados. Talvez esteja aí a dificuldade da sociedade em aplaudir o Judiciário.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O judiciario do estado de Mato Grosso tem um debito muito grande com o povo de Mato Grosso. As denuncias do finado Leopoldino nao foram apuradas com o rigor que exige a lei. Mas, esperamos muito desse novo judiciario que esta se desenhando em nosso estado. O povo precisa e deve acreditar na justiça...Chega de injustiça, o crime esta cada vez mais organizado e os bandidos tanto os do colarinho branco quanto os "ladroes de galinha" nao tem mais medo de cometer crimes pois tem certeza de impunidade.

  • Maria José Santos Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Francisco de Sá de Miranda foi um poeta português que viveu entre 1481 e 1558, e é o escritor português do séc. XVI mais lido depois de Camões.
    Suas poesias denunciavam os vícios da sociedade, sobretudo da Corte, o abandono do homem humilde e do campo, bem como a preocupação exagerada com o luxo – que a tudo corrompe.
    Em carta enviada à Dom João III, comentando porque afastara da Corte, disse ele:
    Homem de um só parecer,
    De um só rosto e de uma só fé,
    D'antes quebrar que volver
    Outra coisa pode ser
    Mas da corte homem não é.

    As conclusões ficam para o leitor.

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.