Últimas

Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2007, 18h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

SENADO

Couto defenderá ação contra Pagot na Justiça

     O senador Mário Couto (PSDB-PA) disse que defenderá que a bancada do partido no Senado entre na Justiça contra o executivo Luiz Antônio Pagot, indicado pelo governo para assumir o cargo de diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT), com o objetivo de exigir que ele devolva aos cofres públicos o dinheiro que recebeu como salário na época em que foi funcionário do Senado.

     Couto ressaltou que Pagot é acusado de ter sido funcionário do Senado entre 1994 e 2002 e, no mesmo período, atuado numa empresa privada de navegação, a Hermasa Navegação da Amazônia. "A lei não permite esse tipo de acumulação", disse o senador paraense. Também afirmou que, durante os anos em que Pagot exerceu dupla função, ele recebeu cerca de R$ 428 mil. Se Pagot, que é apadrinhado do governador  Blairo Maggi (PR), for mesmo aprovado na votação que acontecerá logo mais, no plenário do Senado, o tucano afirmou que pedirá que a bancada da legenda entre na Justiça requerendo que ele devolva aos cofres públicos todo o dinheiro que recebeu como funcionário do Senado.

     Nesta última terça (18), Couto apresentou um requerimento à Mesa Diretora solicitando o adiamento da votação no plenário da indicação de Pagot. A votação foi transferida por falta de quórum provocada pela obstrução do DEM e do PSDB. O processo de votação deve ser retomado ainda nesta tarde. O senador afirmou que não cabem mais recursos regimentais e, por isso, a votação deve mesmo acontecer. "Pagot tem muitos amigos no Senado. Acho que a indicação dele será aprovada", declarou. (Com Agência Estado)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse PSDB nao aprende nunca mesmo.... esta cheio de processos por corrupção em todos os estados e varios municipios e ainda esão querendo dar uma de bons moços. Eles são tão sujos que fedem mais do que os mal lavados.

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de saber qual o criterio usado para definir um comentário agressivo. Penso que vc. Romilson não tem critério para definir.

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...

VG fatura com os clientes da Capital

Com o feriado em Cuiabá nesta quinta (8), por força do aniversário de 302 de emancipação político-administrativa, o movimento no comércio migrou para a vizinha Várzea Grande, segundo maior município do Estado. Em alguns trechos, especialmente na região central, registrou-se congestiomanento no trânsito praticamente o dia todo. Em tempos de pandemia e com horário de funcionamento reduzido, lojistas e comerciantes...