Últimas

Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2007, 18h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

SENADO

Couto defenderá ação contra Pagot na Justiça

     O senador Mário Couto (PSDB-PA) disse que defenderá que a bancada do partido no Senado entre na Justiça contra o executivo Luiz Antônio Pagot, indicado pelo governo para assumir o cargo de diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT), com o objetivo de exigir que ele devolva aos cofres públicos o dinheiro que recebeu como salário na época em que foi funcionário do Senado.

     Couto ressaltou que Pagot é acusado de ter sido funcionário do Senado entre 1994 e 2002 e, no mesmo período, atuado numa empresa privada de navegação, a Hermasa Navegação da Amazônia. "A lei não permite esse tipo de acumulação", disse o senador paraense. Também afirmou que, durante os anos em que Pagot exerceu dupla função, ele recebeu cerca de R$ 428 mil. Se Pagot, que é apadrinhado do governador  Blairo Maggi (PR), for mesmo aprovado na votação que acontecerá logo mais, no plenário do Senado, o tucano afirmou que pedirá que a bancada da legenda entre na Justiça requerendo que ele devolva aos cofres públicos todo o dinheiro que recebeu como funcionário do Senado.

     Nesta última terça (18), Couto apresentou um requerimento à Mesa Diretora solicitando o adiamento da votação no plenário da indicação de Pagot. A votação foi transferida por falta de quórum provocada pela obstrução do DEM e do PSDB. O processo de votação deve ser retomado ainda nesta tarde. O senador afirmou que não cabem mais recursos regimentais e, por isso, a votação deve mesmo acontecer. "Pagot tem muitos amigos no Senado. Acho que a indicação dele será aprovada", declarou. (Com Agência Estado)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse PSDB nao aprende nunca mesmo.... esta cheio de processos por corrupção em todos os estados e varios municipios e ainda esão querendo dar uma de bons moços. Eles são tão sujos que fedem mais do que os mal lavados.

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de saber qual o criterio usado para definir um comentário agressivo. Penso que vc. Romilson não tem critério para definir.

Comitê chama órgãos fiscalizadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Para colocar fim às críticas sobre suposta falta de transparência na aplicação dos recursos transferidos a Cuiabá pelo governo federal com vistas ao enfrentamento à pandemia, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) determinou que seu secretário de Saúde, Luiz...

PT sob risco de não eleger ninguém

marcos viana 400 curtinha   Mesmo tendo cabeça de chapa para prefeito, no caso o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, o PT dificilmente elege um vereador em Cuiabá no pleito deste ano. A chapa de pré-candidatos proporcionais é fraquíssima. O "grande" nome do partido é da professora Edna...

Único da família Oliveira pra vereador

luluca 400 curtinha   Na queda-de-braço entre irmãos, venceu, por enquanto, Luiz Arthur Oliveira Ribeiro, o Luluca (foto), que será candidato a vereador pelo MDB em Cuiabá, carregando o espólio político da família Oliveira. Irmão de Luluca, o ex-vereador Leonardo Oliveira, que procurou e...

2 nomes do DEM avaliam desistência

ivan evangelista 400 curtinha   A chapa de pré-candidatos do DEM a vereador pela Capital corre risco de sofrer duas baixas consideráveis. Os ex-vereadores Ivan Evangelista (foto), que atuou na Câmara por 13 anos, e Leonardo Oliveira, por dois mandatos, podem vir a desistir do teste das urnas. Mas, por enqanto, ambos garantem...

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

No TCE pra tentar receber da prefeitura

flavia mesquita 400 curtinha   Flávia Mesquita (foto), da Luppa Administração de Serviços, pediu socorro ao TCE para tentar receber por serviços prestados à secretaria de Saúde de Cuiabá, alegando que o município está inadimplente há oito meses. E apontou quebra da ordem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.