Últimas

Segunda-Feira, 25 de Fevereiro de 2008, 10h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

CPI das ONGs investiga um assessor de Abicalil

 Faraó, que coordena o escritório do deputado federal petista em Cuiabá não prestou contas de R$ 9,4 mi enquanto responsável pela ONG Instituto Trópicos

   Após ter o nome vinculado, há dois anos, à trama do dossiê-antitucanos (esquema de compra de denúncias junto ao empresário Vedoin para comprometer tucanos, como José Serra), o deputado federal mato-grossense Carlos Abicalil (PT) vê agora um outro escândalo bater a sua porta. O seu assessor Wilmar Schrader, o Faraó, coordenador do escritório do deputado em Cuiabá, tem sob seus cuidados o Instituto de Apoio ao Desenvolvimento Humano e do Meio Ambiente, batizado com nome fantasia de Instituto Trópicos. Essa entidade recebeu verbas da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), ligada ao Ministério da Saúde, e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). No total, foi beneficiada com cerca de R$ 13 milhões entre 2001 e 2004.

   Segundo revelou o Correio Braziliense, em sua edição desta segunda, a Controladoria-Geral da União descobriu que o instituto do assessor de Abicalil se encontra inadimplente com o governo federal. São quatro convênios firmados com a União, três com a Funasa e um com a Superintendência Estadual do Incra em Mato Grosso, envolvendo mais de R$ 9,4 milhões. "A ONG não deu satisfação do que fez com parte do dinheiro recebido", informa o jornal. Os três convênios com a Funasa, todos inadimplentes, seriam para assegurar a saúde de comunidades indígenas em MT.

   A reportagem assinada por Marcelo Rocha revela que a CPI investiga a ONG do assessor de Abicalil por não prestar contas dos quase R$ 10 milhões. Os integrantes da Comissão querem saber detalhes das operações feitas pelo Instituto Trópicos. A matéria enfatiza que o rastreamento de CPFs dos responsáveis por esses convênios na Receita Federal possibilitou chegar a um dos homens de confiança de Abicalil. Wilmar Schrader, conhecido como Faraó, atuou no gabinete do petista em Brasília e depois se tornou coordenador do escritório em Cuaibá. Ele foi responsável pela ONG criada em 1996 até 2002, quando o petista se elegeu para uma vaga na Câmara dos Deputados. Advogado, Faró se desligou da entidade e passou, depois, a cuidar dos interesses parlamentares do congressista em Cuiabá, diz a matéria.

    Informa ainda que Faraó é ligado ao PT mato-grossense, presidido por Abicalil. O assessor integra a Comissão de Ética do partido no estado para as eleições municipais deste ano. Em 2006, ano em que o deputado conseguiu se reeleger para mais quatro anos no Congresso, Faraó doou ao parlamentar R$ 928, diz trecho da reportagem. O Correio Braziliense informa também que, após a saída de Faraó da ONG quem ficou como responsável é também ligada ao PT. Trata-se de Cláudia Maria Calorio. Ela é cuiabana, mas filiada ao diretório regional do partido em Brasília. Cláudia desempenha atualmente função comissionada (DAS-4) no Ministério do Meio Ambiente.

   Versão

   Ao Correio, Cláudia disse de início que não se recordava do período exato em que respondeu pelo instituto. “Faz muito tempo. Acho que foi de 1999 a 2001”, afirmou. A informação de que seu CPF constava de convênio firmado pelo Trópicos com o MDA em 2003 refrescou-lhe a memória. “Nós devolvemos o dinheiro (R$ 100 mil) deste convênio porque não conseguimos realizá-lo”, explicou. Ela desconhecia, porém, a informação da CGU sobre a existência de tomada especial de contas para apurar a regularidade do processo. Apesar de conhecer Carlos Abicalil e Wilmar Schrader, com quem militou pela criação do instituto, Cláudia negou ligação da entidade com o PT, escreve o repórter Marcelo Rocha.

   O deputado Abicalil foi procurado nesta segunda, mas não foi localizado para comentar o assunto.

(Às 16h50) - Petista diz não ter nada a ver com denúncias

   Abicalil, por meio de assessoria, se limitou a dizer que, primeiro, não é dono de ONG e, segundo, não tem nada a ver com as denúncias. Por conta disso, adiantou que não daria entrevista para comentar a denúncia.

(Às 16h20) - Da tribuna da Câmara, Abicalil se defende 

   Carlos Abicalil preferiu subir à tribuna para se defender. Em pronunciamento nesta segunda, ele afirmou que a matéria “Convênios Sob Suspeita”, do  Correio Braziliense, "merece o mais veemente repúdio". Em seguida, prossegue: "Primeiro porque até o presente momento, esta CPI, em exercício no Senado Federal, não fez qualquer sondagem, investigação, pesquisa, pergunta, questionamento ao deputado Carlos Abicalil. Segundo, porque a instituição mencionada é uma OSCIP, que funciona no Estado desde 1999, cujo último objetivo de convênio do qual se tem conhecimento foi assinado em 2002, quando sequer era deputado federal."

    Segundo Abicalil, o jornalista procura fazer o vínculo de um dos membros daquela OSCIP que, a partir do ano de 2004, assumiu a assessoria do parlamentar. "A partir daí, faz ilações de financiamento de campanha e de relação de promiscuidade”, disse o petista. Ele afirma que já prepara o pedido de direito de resposta, na forma da lei, e notificará a CPI para solicitar esclarecimentos sobre procedência das informações.

    “Certamente a CPI saberá distinguir o que é investigação sobre uma organização e o que é investigação sobre um paramentar, que deve pautar-se sobretudo por fatos determinados e não por insinuações levianas ou que busquem arranhar a imagem pública”, ressalta Abicalil.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao dep.Abicallil por ter aprendido com o nosso simplório presidente a negar ao óbvio,primeiro a compra do avião com o dep.Ságuas,segundo a ligação umbilical com os aloprados-mor através do senhor waldebran padilha que tinha livre acesso ao seu gabinete sem contar os inumeros telefonemas trocados interceptados e divulgados pela imprensa nacional,agora aparece um faraó no meio do seu séquito,parece que o poder esta lhe fazendo muito bem para ter um nobre a sua disposição.Mais o que esperar dos PTcidas se a filha do presidente em Santa Catarina montou uma ong para estudar os anéis de sartuno arrecadando sete milhões de reais do governo, bem na época do dossiê fajuto e no rastro do dolar dos aloprados estava uma conta em Miami desta primeira filha,tudo devidamente engavetado.

  • Antonio Cavalcante Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor Giovan,
    Das maravilhas do antigo Egito, restam ainda oitenta pirâmides. Porem as mais Celebres são as de Gizé: Quéops, Quéfren e Miquerinos, A maior delas Quéops, também conhecida como a Grande Pirâmide, é o monumento mais pesado que já foi construído pelo homem e levou o nome do seu construtor que foi o mais rico dos faraós, tendo empregado cem mil operários durante 20 anos.
    Quéops reinou por volta de de 2551 a.C. a 2528 a.C.. Foi o segundo faraó da quarta dinastia. Quéops foi lembrado como um faraó cruel e sem piedade.
    Foi apenas pela sua crueldade e impiedade desse Faraó, o Faraó pantaneiro, que fiz a comparação dele com aquele outro do antigo Egito. Creio que somente alguém muito perverso, é capaz de, com tantos recursos recebidos do governo federal, permitir que índios morram de fome e padeçam inúmeras necessidades.

  • Custódio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nesse angu tem farinha!!!!!!

  • Gustavo Gava | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que poderia se esperar do pessoal do sanguessugas, mensalão e cartão?

  • Antonio Fernandes do Amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este Deputado é que será o candidato do PT a Prefeito de Cuiabá? desse jeito deve rolar mais dinheiro na campanha do que quando foi Alexandre Cesar!!
    Abra os olhos Wilson Santos, a thurma vem de novo!!!

  • SILVIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSES SÃO OS ALOPLADOS PANTANEIROS...

    A CPI DAS ONGS SÓ DEPENDE DELES...

  • Elias Carneiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    REFRESCANDO A MEMÓRIA:

    - A compra de um avião (só ficamos sabendo porque o avião caiu) no primeiro mandato, juntamente com o Dep Ságuas.

    - O seu assessor participou do Dociê anti-tucano (lembram da montanha de dinheiro no hotel em SP).

    - Envolvido no escandalo do sanguessuga.

    - POVO BRASILEIRO, O PT É ISSO AI......
    - COMO DIZ O DITADO POPULAR, QUEM NUNCA COMEU MELADO........QUANDO COME........ FAZ A LAMBANÇA.

  • Antonio Cavalcante Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até mesmo Quéops, o mais rico de todos os faraós do antigo Egito, ficaria babando de inveja com tamanha quantia que essa ONG recebeu da união para cuidar dos pobres índios que padecem e morrem de fome por falta de assistência.

    Se tratando de um Faraó, R$ 928, é uma soma bem mesquinha para financiamento de uma campanha eleitoral de um deputado.

    Vamos torcer para que essa denuncia seja apurada a fundo, e todos os responsáveis por desvios de dinheiro publico sejam punidos com rigor.

  • Gustavo Gava | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SE INVESTIGAREM A FUNDO VÃO VER QUE O AVIÃO E O DINHEIRO PRESO EM SÃO PAULO SAIU DESSA TAL ONG.

    JUSTO TÚ ABICALIL, O QUE PARECIA SER CERTINHO.

    A MASCARA CAIU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    NÃO VOTO NA QUADRILHA DOS PETISTAS NUNCA MAIS!!!!!!!!!!

  • GIOVAN | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O maior de todos os faraós foi o TUTHANKAMON da 18ª Dinastia e morreu jovem, aos dezoito anos.

    Foi um dos idealizadores e construtores das grandes pirâmides, que hoje ainda permanecem imponentes, na nação que ele ajudou a construir.

    Agora se confirmadas, pela CPI das ONGs, essas notícias que começam a circular nos grandes jornais e sites no país, vou sugerir um nome para esse faraó: "TU TAKA MÃO".


Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.