Últimas

Terça-Feira, 04 de Setembro de 2007, 11h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INVESTIGAÇÃO

CPI quer quebra de sigilo bancário de agricultor

    Em sessão da CPI da Sema nesta terça (04), o presidente da Comissão, deputado José Riva (PP), disse que vai solicitar a quebra de sigilo bancário de João Batista da Silva, o Maguila. O depoente é acusado de negociar terras na região de Feliz Natal que nem mesmo pertence a ele juntamente com quatro pessoas. Quando questionado se tem ou não negócios com Adão Lopes, Sandra, Delzi Orlando e Manoel Nazário, Maguila disse que não. 

   "Eu não tenho negócios com eles. Apenas disse que as terras teriam que ser compradas do Estado", argumentou Maguila. Mesmo assim, Riva afirmou que a quebra de sigilo é necessária e também irá convocar os quatro para depor na Comissão, instaurada em 14 de julho para apurar denúncias de irregularidades na secretaria estadual de Meio Ambiente e levantar os reais motivos da morosidade no trâmite dos processos. 

     O depoimento de Maguila apresenta declarações contráditórias. Ele foi bastante questionado pelos membros da CPI, principalmente por Walter Rabello, Mauro Savi e Riva. Segundo Riva, "uma determinada Licença Ambiental (LAU) não foi liberada em menos de um mês como disse João Batista". O depoente se limitou a dizer que a Lau foi, sim, liberada. (Simone Alves - RDNews)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Fidel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gente, é visível que os integrantes da CPI estão querendo tirar o foco da questão tentando imputar ao Juarez suas próprias bagunças.
    Sugestão: questionem o Mauro sobre sua "parceria" com o Maguila e o Dilceu sobre o projeto ENA.
    Desse mato sai cachorro.

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Por que ele não manda quebrar o sigilo bancário do Mauro Savi???? E o medo da entrega!!!!!!!!!!

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que adianta fazer tanta CPI, se o fluxo maior de corupção está dentro da própria Assembléia...
    Quanto ao caos no TCE. ei por favor, alguém nos acuda.....

  • Roberto Pedroso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que depoimento mais contraditório...não disse nada com nada e a CPI pressionando para desmentir todas as denuncias de JB. Muito esquisito

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...