Últimas

Sábado, 11 de Abril de 2009, 11h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

BRIGA

Creatio substitui UFMT na assistência a povos indígenas

   O Instituto Creatio vai substituir a Universidade Federal do Estado (UFMT) na prestação de serviços de assistência em saúde indígena. No último sábado (4), mais de 40 índios vieram a Cuiabá para protestar contra a decisão da Funasa de rescindir o contrato com a UFMT após quatro anos - veja mais aqui. A universidade é responsável pela saúde de quase 4 mil índios, distribuídos em 33 aldeias, englobando cinco etnias distintas, em 10 municípios mato-grossenses. Os indígenas alegaram que a rescisão do contrato está ligada à pressão do deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) junto à cúpula da Funasa e do Ministério da Saúde, em Brasília, para a contratação do Instituto Creatio.

   Em nota de esclarecimento, o Instituto nega a ligação com Bezerra e com outros parlamentares. Segundo a assessoria, o Creatio participou, junto com mais cinco outras instituições, de uma concorrência pública da Funasa, e teria se credenciado a participar do processo licitatório devido à experiência em saúde indígena em Santo Antônio de Leverger, onde é responsável pela contratação de profissionais de saúde, como enfermeiros, nutricionistas, técnicos e auxiliares de enfermagem. Atende a 16 municípios e 10 etnias no Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) de Cuiabá. "Esta parceria tem obtido excelentes resultados, tanto que o Conselho Indígena (Condisi) aprovou a atuação do Instituto Creatio", diz a assessoria.  De acordo com a nota, o convênio somente será firmado após a discussão, entre representantes do Instituto e da Funasa, sobre o plano de trabalho nas áreas indígenas.

   O Instituto Creatio também é responsável pela contratação de funcionários para atuar na Casa de Saúde do Índio (Casai), em Cuiabá e Rondonópolis, entre eles enfermeiros, técnicos de enfermagem, operadores de rádio e motoristas. Para o coordenador do Núcleo Indígena do Instituto Creatio, Marcos Costa, o resultado positivo na licitação da Funasa é um reconhecimento ao trabalho já realizado pelo Instituto, que o habilitou a expandir sua atuação neste setor.

   Bezerra

   O deputado Carlos Bezerra afirmou, em nota, que a decisão da Funasa de não renovar o convênio da UFMT foi motivada por uma recomendação do Tribunal de Contas da União. "Não tenho qualquer participação neste processo". Ele garante que chegou a intermediar um encontro em Brasília entre dirigentes da UFMT com a Funasa para tentar manter o convênio. A situação não pode ser contornada, devido ao Acórdão 1026/2007 do TCU, que condena a execução de convênios de saúde indígena pelas universidades federais. A justificativa do Tribunal foi a de que as universidades federais não possuem estatutariamente esta prerrogativa. (Andréa Haddad)

   Eis, abaixo, a nota de esclarecimento do Instituto Creatio:
   "O Instituto Creatio, organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP) com mais de 10 anos de fundação, vem esclarecer informação postada no site-blog RDNews sobre contrato desta instituição com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).
   O Instituto Creatio não tem ligação com o deputado federal Carlos Bezerra e com nenhum parlamentar. O Creatio é formado por homens e mulheres que ao longo destes anos foram se incorporando a ele no desenvolvimento de ações voltadas para a cidadania, o meio ambiente, a saúde, a educação. O Creatio participou, junto com mais cinco outras instituições, de uma concorrência pública. O que nos credenciou a participar do processo licitatório foi a sua larga experiência com a Saúde Indígena, na qual atuamos desde 28 de junho de 2006, através de um Termo de Parceria com a Prefeitura de Santo Antonio de Leverger (MT). Esta parceria tem obtido excelentes resultados, tanto que o Conselho Indígena (Condisi) aprovou a atuação do Instituto Creatio.
   Participamos de um processo de seleção da Funasa amplamente transparente,  cujo edital de chamamento público número 09/2008 foi publicado no dia 08 de setembro de  2008, conforme pode ser conferido em seu site:
http://www.funasa.gov.br/internet/linkBanner/editalCham.asp
  O Instituto Creatio encaminhou os documentos relativos à habilitação para o processo de seleção, assim como outras entidades também encaminharam a documentação, sendo que todas as entidades foram desclassificadas por não atender os itens do Edital, conforme consta em seu site, no item Divulgação de resultados.
  Sendo assim, a Funasa divulgou novamente a reabertura do Edital no dia 02 de março de 2009 (Edital 05/2009), e também a retificação do Edital 05, onde novamente o Instituto Creatio e também outras entidades participaram do processo de seleção pública, sendo que o Creatio foi selecionado, tornando-se apto na primeira fase do edital.
  O convênio somente será firmado após a discussão do Plano de Trabalho, das ações a serem realizadas nas áreas Indígenas, e isso será feito em conjunto com uma equipe técnica da Funasa. Essa equipe também avaliará se o Instituto está apto para execução dessas ações." 
  
Instituto Creatio

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Ademar Adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Precisamos descobrir quem é verdadeiro dono desse Creatio.
    É que esse Instituto assobia e chupa cana ao mesmo tempo.
    Atende saúde indígena, faz convênio para dar assistência técnica em assentamento do Incra, tem servidor em um monte de prefeituras, atende até o Tribunal de Contas. Lá, é para fazer nepostismo cruzado e recruzado.
    Cadê o Ministério Público?

  • j silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse instituto contrata seus funcionarios obringando os mesmos a abrirem empresas para não pagar os direitos trabalhistas, tbem tem convenio com a prefeitura de santo antonio do leverger para contratar pessoal no valor mensal aproximadamente de setenta e dois mil mensais, perqunta para os indios da etenias bororos quanto serviço prestado por esse instituto.

  • cutuca | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • João Negrão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Ademar Adams:
    O Instituto Creatio está aberto para você e para qualquer outro cidadão conhecê-lo. Sua sede fica na Avenida João Gomes Sobrinho, 575, Bairro Lixeira. Sua ações são todas transparentes e estão publicadas em seu site - www.creatio.org.br. Sempre que solicitado, seja pela imprensa, pelo Ministério Público ou qualquer cidadão ou instituição, o Creatio está à disposição para se esclarecer.
    Se vocÊ ou qualquer outro cidadão que aqui apresenta dúvidas sobre as ações e condutas do Cratio quiser podemos marcar uma reunião e apresentar a você toda a diretoria, os coordenadores de núcleos, os parceiros e colaboradores.
    Estamos à sua disposição.
    Abraço

  • João Honesto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Perguntar não ofende: Não é o INSTITUTO CREATIO o mesmo que se envolveu num escandalo no TJ-MT no ano passado...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...