Últimas

Sábado, 07 de Março de 2009, 09h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

COMUNICAÇÃO

Criança vira pivô de disputa judicial entre Brasil e EUA

   A revista Época mostra a vida do menino Sean Bianchi, nascido nos Estados Unidos, mas que mora no Brasil desde os 4 anos de idade, e que virou o pivô uma disputa judicial entre Brasil e EUA, que pode envolver até Lula e Barack Obama. Sean perdeu a mãe tragicamente, em setembro do ano passado. Bruna, estilista carioca, morreu aos 33 anos, ao dar à luz. Se tivesse de superar apenas a perda prematura da mãe, Sean seria um menino privilegiado. Mas ele está no centro de uma disputa judicial rancorosa entre duas famílias e entre dois países, o Brasil e os Estados Unidos. Uma briga que transcendeu as paredes do lar e se tornou um imbróglio diplomático, um circo internacional, com o rosto de Sean e imagens de seu passado estampados na internet pelo pai biológico, o ex-modelo David Goldman, hoje sócio de uma empresa náutica que organiza passeios.

   Cinquenta anos depois da revolta contra a invasão chinesa que provocou uma brutal repressão e seu exílio na Índia, o líder espiritual tibetano Dalai Lama começou a perder a confiança nas autoridades chinesas. "Talvez ele já tenha chegado há algum tempo à conclusão de que a China não leva a sério as negociações de autonomia do Tibete. Mas foi só em dezembro que ele reconheceu abertamente, em um discurso no Parlamento Europeu, que sua fé nas autoridades chinesas está cada vez mais rala”. A uma semana da data mais importante para os tibetanos, o aniversário da revolta contra a ocupação chinesa, que há 50 anos provocou uma brutal repressão das tropas comunistas e o exílio do Dalai Lama na Índia, esta perda de confiança nos chineses marca uma reviravolta nos anseios de liberdade do Tibete. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • kei_tesilva@hotmail.com | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nao entendi nada!

  • josé | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    que que a china tem a ver com a estória?

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.