Últimas

Sábado, 08 de Março de 2008, 09h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

Artigo

Crime e hipocrisia

"Um caso acaba de mesmerizar Nova York: Daniella, de 6 meses, foi abandonada pelos pais. Discutiu-se o tamanho da pena que o casal merece? Não. Execrou-se a mãe desnaturada? Também não"

    No Dia Internacional da Mulher, é uma boa pergunta a ser feita: quem ainda se lembra de Elisabete Cordeiro dos Santos, a mulher que jogou seu bebê num ribeirão poluído na região metropolitana de Belo Horizonte? Aconteceu no fim de setembro do ano passado. A pequena Michele, recém-nascida, foi encontrada boiando no ribeirão. Socorrida numa UTI neonatal, morreu quatro dias depois. É uma tragédia que soma assassinato, abandono e hipocrisia. Um caso muito mais ameno, porque não resultou em morte, acaba de mesmerizar a cidade de Nova York – e traz algumas lições úteis.

    Daniella, 6 meses de idade, foi abandonada pelos pais num prédio dos bombeiros no bairro do Queens. Mais de 40 pessoas se ofereceram para adotá-la. É incomum que crianças de 6 meses sejam abandonadas. Em geral, isso acontece com recém-nascidos. Os pais de Daniella, aparentemente imigrantes ilegais do Equador, vão responder por seus atos diante da lei, mas qual foi o foco de discussão sobre o caso? A pena a que o casal deve ser condenado? Não. A execração pública da mãe desnaturada? Também não.

     O caso jogou luz sobre como, onde e quando pais podem abandonar seus filhos. Parece coisa de gente insensível, mas é um drible na hipocrisia e um gol de generosidade. Em 1999, o Texas foi o primeiro estado a criar locais onde bebês podem ser deixados – por horas, por dias ou para sempre. Hoje, todos os cinqüenta estados americanos têm lei semelhante. No ano passado, em 36 estados, acolheram-se 321 bebês. É uma tristeza, mas é menos hipócrita que ficar jogando pedra na mãe desnaturada e mais generoso que lidar com bebê em ribeirão.

    No Brasil, onde tem gente achando que distribuir camisinha é convite ao sexo e distribuir pílula do dia seguinte é convite ao sexo desprotegido, deve ter gente pensando que a lei americana é convite ao abandono de bebês. Tolice. Na cidade de Nova York, antes da criação dos locais para abandono, apareciam quase vinte recém-nascidos mortos todos os anos. Depois, o número caiu para três.

   A diferença está em encarar a realidade e lidar com sua aspereza ou ficar escandalizado, demonizar a mãe e em seguida sair para tomar um sorvete. Depois que uma mãe deixou seu bebê numa loja de conveniência, o estado de Nova York mudou sua lei para contemplar a vida real. Além dos locais especiais, autorizou que bebês fossem deixados com qualquer "pessoa responsável". Faz-se tudo para evitar bebê no lixo, em ribeirão ou vítima de infanticídio. (Nos EUA, o auge da temporada de infanticídio está acabando: é de janeiro a março, quando fecham nove meses das cópulas de jovens imprudentes empolgados com o cortejo de primavera-verão. Dado da realidade.)

    Em Nova York, vítimas de infanticídio têm enterro de honra, com bandeiras e cortejo de moto, para chamar a atenção da sociedade para a tragédia. A pequena Michele foi enterrada num pequeno caixão branco no Cemitério da Glória, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Não houve velório, o enterro atrasou. Havia quatro pessoas presentes. Mas o Brasil inteiro, claro, estava indignado. A última notícia sobre sua mãe é que estava na Penitenciária Feminina Estevão Pinto, em Belo Horizonte. Pode pegar de doze a trinta anos de cadeia. No início de outubro, foi removida para uma cela separada. As outras presas ameaçavam matá-la.

André Petry é colunista da revista Veja

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.