Últimas

Terça-Feira, 07 de Julho de 2009, 14h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

INFRAESTRUTURA

Críticas de Pagot ao PAC ganham repercussão nacional

   As críticas do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antonio Pagot, ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) ganharam destaque no editorial desta terça (7) do jornal O Estado de S. Paulo, que apresenta um balanço das obras. "Não estávamos preparados (para o PAC), essa é a verdade, em termos de projetos suficientes, pessoas suficientes", disse Pagot, numa referência à pressa com que o programa foi lançado. A preocupação é atestada pelo ritmo das obras. "Da dotação orçamentária autorizada para este ano, de R$ 20,5 bilhões, apenas R$ 1,01 bilhão, ou 4,9% do total, tinha sido pago até o dia 30 de junho (...,)", aponta um trecho do editorial do Estado de S. Paulo. 

   Segundo o periódico, um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) constatou que os problemas administrativos, orçamentários, financeiros e gerenciais aparecem com mais frequência como entraves para a execução dos programas de investimentos do que questões ambientais, problemas legais ou restrições impostas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). "Em resumo, falta de coordenação entre os órgãos de governo, excesso de burocracia, falta de pessoal qualificado e de infraestrutura".

   O diretor-geral do Dnit lembrou que "as equipes não conseguem dar velocidade aos processos e muitas vezes não têm a logística para enfrentar o Brasil". Não há parâmetros para a concessão de licenciamento ambiental para as obras; assim, "cada licenciador praticamente desenvolve sua metodologia". E o sistema de informações é antiquado: "É um problema administrativo insuportável, toda hora cai o sistema, você não consegue enviar e receber uma planilha, é um inferno". (Andréa Haddad).

  • Clique aqui e confira a íntegra do editorial do O Estado de S. Paulo 

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • de olho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qto mais rápido as liberações, mais rápido o retorno.

  • Zeca da Colina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    -O PAC nada mais que uma firula de linguagem.
    -Lembremos dos planos,de governo,anuais,quinqenais e plurianuais.
    -Sigla para enganar bobo.

  • Eu Já Sabia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Sr. Pagot, até que em fim alguém (governista) teve a coragem de dizer a verdade sobre o PAC, que é uma verdadeira enganação, eu sempre tive a clareza que os recursos desse programa ERA VIRTUAL.

    Alias o Pres Lula e o PT, são especialista em vender ILUSSÕES aos humildes e inocentes Brasileiros.

  • Eu Sabia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Tá Devagar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não sei como ainda não apareceu um puxa saco do prefeito Wilson Santos para dizer: Ah agora reconhecem que o prefeito estava com a razão. Há séculos com sua visão de estadista WS já afirmou isso. Por isso ele é o cara. WS para governador já O PAC esta devagar sim, mas em muitas cidades anda. No caso de Cuiabá está a passos de tartarura porque essa é a tônica da administração tucana. Primeiro tiveram problemas coma licitação, porque nçãoi sabem (ouy sabem demais rsrsrs) fazer. Depois cometeram um monte de erros e quando a CGU quis corrigir tentaram se colocar de vítima. Se tivessem passado o controle para o Estado, o PAC em Cuiabá já estaria sendo finalizado... Na administração tucana tudo está devagar, até a manifestação dos puxa sacos RSSRSRSRSRSRSRSRS

  • Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Dr. Pagot...esse povo acha que é facil chegar e ficar no lugar que o Sr. encontra, e cuidar de uma pasta que tem um orçamento tão grande quanto a cobrança para serem bem aplicados. Estar ai é para qualquer Cuiabano, principalmente esses Zé preguiça que estão em nossa politica. Referente ao PAC, esta faltando melhores informações sobre o público, por isso que os comentários são o que são. Agora sobre presidir a Agencia da Copa, não encontro nome melhor do que o do Dr. Pagot em Mato Grosso para presidir. Na ordem do dia, quem é mesmo esse tal de vivaldo lopes...esse povo gosta de fazer piada...

  • leonardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    tá ai o nome forte do PR pra ser o candidato do Sr. seu governador, um homem que não tem medo de ser repreendido por falar a verdade.É de homens assim que o grande e belo MT precisa para dar continuidade a sua administração.

  • Parleana Gotierre Sanches | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Pagot é um trator de esteira. O que o Lula/Blairo faz em um ano, ele derrruba em uma entrevista.
    Valeu Pagot!!!!!!!

  • Helena Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uai não era este o HOMEM mais competente de Mato Grosso, tira esse aí e coloca o Vivaldo Lopes que com toda certeza dará contas do recado. Quem sabe , sabe!!!!

  • João da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pagot, Tai um nome para comandar a tal agência da copa, ele é da turma da botina, de trator a tataruga.

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS