Últimas

Terça-Feira, 29 de Maio de 2007, 08h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Culto toda 3ª vira tradição no Palácio Paiaguás

Nome do falecido Mário Augusto Vieira é retirado do hall de entrada do gabinete 

   Augusto Mário Vieira foi cassado pelo regime militar (64/85) e, 33 anos depois (idade de Cristo), reconquistou o mandato de deputado estadual e chegou à presidência da Assembléia. De pronto, o então governador eleito Carlos Bezerra (PMDB) o anuncia como líder do Executivo. Mário, então, assume a cadeira de deputado e, aguarda pela posse de Bezerra - à época governador assumiu o mandato em março. Nesse interím, Augusto Mário veio a falecer. Teve uma ataque fulminante dentro do Palácio Filinto Muller, onde funcionava a Assembléia, hoje sede da Câmara Municipal de Cuiabá.

      Homenageado por Bezerra, Mário Vieira deu nome ao hall de entrada do gabinete do governador. O então assombrado Jaime Campos (91/94), que sucedeu Bezerra, retirou Mário Vieira do hall e o colocou na sala de entrada da chefia de Gabinete. De lá para cá, o falecido, certamente revoltado, "atormentou" tanto que acabaram com a chefia de Gabinete.

     Já o mais assustado Dante de Oliveira (1995/2002) também não deixou em paz o ex-deputado, que ficou divagando de sala-em-sala no Palácio Paiaguás. Hoje, de Mário Vieira, só resta uma placa de bronze, pois a sua fotografia sumiu com tanta andança.

     Neste governo Blairo Maggi, que começou em janeiro de 2003, a chefia de Gabinete é ocupada por dois militares (o tenente-coronel Alexsandre Maia e o major Eumar Novack). Ambos resistem à idéia de trazer para a sala a homenagem ao ex-deputado. Preocupado, o governador mandou reservar toda terça-feira pela manhã para um culto ecumênico. Não quer que o Palácio Paiaguás assuma a condição da Assembléia Legislativa que, de Casa do Povo, começa a ser batizada também de "Casa das Almas" .

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Lobo da Estepe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acho que não deve a placa em homenagem a Augusto Mario ser colocada na chefia de Gabinete, pois acho que o de-Q cujus não vai ficar a vontade com seus pares no mesmo recinto. Questão de ideologia.

  • Hélio Antunes Brandão Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou discípulo fiel de Augusto Mário, também cultuo sua memória. Tive a honra de participar da campanha vitoriosa de Augusto em 1986, que culminou com a eleição do "poeta", "do poetinha", como era carinhosamente conhecido.
    Foi Augusto Mário quem me abriu as portas da política em Mato Grosso.
    Cassado pelo golpe de 64 conseguiu o retorno, creio que a emoção o levou... o plenário da Assembléia à época estava em obras e ele mal podia esperar pela oportunidade de ocupar novamente aquela tribuna.
    Serví ao Governador Jayme Campos como seu assessor e não é verdade que ele tenha retirado a placa da antesala do Gabinete do Governador.
    Por fim, partindo-se dessa premissa de serem retiradas as homenagens àqueles vultos que já se foram beira o rídiculo, a uma porque a Constituição Federal veda homenagens aos vivos e a duas porque em sendo assim ruas, avenidas, prédios e quaisquer outros logradouros, que em geral, encerram homenagens à personalidades que já se foram teriam que passar por revisão total dos nomes. Isso é coisa de alma frágil. Um governo se norteia por ações e nunca por supertições.
    Carrego em minha carteira o santinho que Augusto Mário utilizou na memorável campanha de 1986 e vou indo muito bem obrigado!
    A História de Mato Grosso pode e deve ser respeitada, aqueles que a escreveram por certo agradecerão o respeito!

  • Oriana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Brasil e Mato Grosso passam por momentos de crises de ordem moral, financeira, política, e, enquanto isso, as pessoas do "poder", brincam com coisa séria.
    Deveriam fazer o que lhes foi destinado por voto popular.
    Posso garantir, que me assombra, não só a falta de respeito para com a memória de um íntegro homem público (raridade), mas o fato de que, esses que aí estão, vivos, exercendo seus mandatos, nos assombrem constantemente, com tanta bandalheira. E fazem isso com postura de estadista.
    Vão trabalhar pelo Estado e rezem para que, um dia, sejam lembrados, ainda que, como saqueadores dos cofres públicos, atitude bem diversa da vida pública de Augusto Mário Vieira. Isso é bem coisa de quem não tem o que fazer.

  • nilsinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Governador, que essa decisão seja tomada em todas as secretarias, nosso Município na secretaria de Saúde toda segunda e terça feira das 7:00 as 7:15 um Pastor lê a Bíblia Sagrada e ora com todos os funcionários, já é visível às mudanças, principalmente a maneira dos funcionários tratarem os munícipes que dependem daquele setor. Quanto a Augusto Mário Vieira melhor seria que tais comentários não saíssem ninguém que partiu desta tem poder para voltar, isso mostra que o povo precisa ter mais conhecimento bíblico e com certeza parariam de falar tanta besteira.

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...