Últimas

Domingo, 03 de Maio de 2009, 22h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

VÁRZEA GRANDE

Dae "torra" dinheiro com pizza e refrigerantes, acusa PT

  O diretório de PT de Várzea Grande, sob Lázaro Donizete, ingressa nesta segunda (4) junto ao procurador-geral de Justiça do Estado, Marcelo Ferra, com um pedido de abertura de inquérito e de ação civil pública contra o Departamento de Água e Esgoto (Dae-VG). Sustenta que o órgão responsável pelos serviços de saneamento e esgotamento sanitário do município cometeu várias irregularidades, entre elas uma carta-convite no valor de R$ 87 mil para construção de banheiros e ainda pagamento de pizza e de refrigerante com dinheiro da autarquia. Segundo Donizete, essas incongruências constam no relatório do Tribunal de Contas do Estado.

   Avalia que a autarquia teve os números "maquiados" no balanço financeiro. Observa que, embora exista a Lei Municipal 1.280, em vigor desde 1993, instituindo o regime de adiantamento para pequenas despesas (uma espécie de cartão corporativo municipal), seu uso se limita a custear despesas judiciais e gastos fora do município, alimentação de pessoal em obras, matéria-prima para oficina e serviços, e despesas com  conservação de bens móveis e imóveis. Apesar disso, comenta o dirigente da agremiação petista, o TCE detectou que foi feito, com adiantamento, o pagamento de despesas com "locação de cadeiras plásticas, remédios, refrigerantes, pão de queijo e pizzas.”

    "Nem cadeira, nem o refrigerante e menos ainda a pizza são atividades finalísticas do Dae. O fato foi considerado no relatório do TCE como improbidade administrativa", enfatiza Donizete. Em seguida, completa: "Isso não é invenção de ninguém. O Dae está inviabilizado por incompetência. A energia elétrica pode ser cortada a qualquer momento porque existe uma dívida de R$ 4 milhões", afirma o presidente da legenda petista.

    O advogado e militante do PT Vilson Nery explica que o partido resolveu procurar o Ministério Público porque entende que a situação do Dae-VG, presidido por Jeverson Missias, é grave e pode atingir milhares de consumidores. "A inadimplência é grande e o decreto que aumentou a tarifa é ilegal, pois vinculou o salário mínimo à tarifa, o que é proibido", enfatiza Nery. Segundo ele, estão sendo penalizados consumidores que pagam a tarifa regularmente.  O Dae-VG é administrado como uma casa sem dono e a ameaça de privatização feita pelo prefeito pode impedir o recebimento de recursos do PAC".

   De acordo com o diretório do PT, Várzea Grande possui mais de 140 bairros e metade deles não recebe água com regularidade e, mesmo assim, os moradores ainda receberam aumento da tarifa em 30%. "A persistir esse modelo de administrar o sistema de água e esgoto, toda a sociedade será prejudicada." No pleito junto ao MPE, o PT, que fazia parte da administração Murilo Domingos no primeiro mandato, inclusive com filiados em cargos de primeiro escalão, solicita a suspensão dos efeitos do Decreto 004/2009, assinado pelo prefeito em exercício Tião da Zaeli e que resultou na elevação da tarifa de água e esgoto, a instauração de investigações sobre a saúde financeira do Dae e a evolução patrimonial de seus dirigentes, atuais e antigos, tanto de Missias, quanto do antecessor Dito Loro, hoje secretário de Governo e de Comunicação de Várzea Grande.

-------------------------------------------------------------------
Clique aqui e confira a íntegra do pedido do PT de VG que
será apresentado ao Ministério Público contra o Dae-VG

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Laerte Ferreira Gomes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ainda bem que esta parecendo pelo menos o Pt a favor da populção de VG, pois, perguntamos cadê os vereadores deesta cidade e os outros partidos. Parabéns ao Rdnews pela divulgação de mais esta mazela da administração Murilo e parabéns ao PT e seu advogado vilson nery. Pelo o PT em VG ainda esta merecendo credibilidade politica. Esperamos que outros partidos também possam se manifestarem

  • João Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Dr. Carlos Eduardo Silva deveria solicitar ao MT laboratoio as últimas análises de água realizadas por este órgão estadual aqui em V.G. especialmente nos Residenciais Carla Renata e Lucimar Sacre.
    De posse desses laudos ele poderá comprovar que a água que chega até as torneiras daquelas residencias estão contaminadas com cloroformes fecais.
    É esta água que o DAE ofereçe a nossa população.

    Onde esta o MP....onde esta o Dr. Carlos Eduardo................

  • joao gomes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Marcos Antonio de freitas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha já esta passando da hora a bertura de uma CPI para investigar a administração do senhor murilo Domingos. Esse tipo de Política não é mais aceito pela população que paga seus impostos... Esses irmão metralhas da Politica de Varzea Grande devem ser afastados urgentemente. e com isso a população vem sofrendo com uma água de baixa qualidade e ruas esburacadas.... SOCORRO ao ministério Público.... Olha que isso nã é brincadeira a Dengue esta matando em varzea Grande...

  • morador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o bairro cosntrumat em varzea grande ta precisando de asfalto prefeito, a parte atras da rondomaq até agora só promessas, esgoto, infraestrutura, vamos dar um jeito nisso

  • escobar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Fabio Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu tenho até pena do povo de varzea grande, mas enfim escolheram o prefeito murilo agora aguenta

  • Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    cada povo tem o governante q mereçe.intao viva Murilo e q deus de saude para ele terminar esse mandato

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...