Últimas

Domingo, 13 de Maio de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Daltro ameaça deixar PP para não perder cargo

     O secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, ex-deputado Chico Daltro, admite, em conversa com aliados mais próximos, se desfiliar do PP, do qual é presidente regional. Está disposto a tomar essa decisão porque o deputado José Riva, cacique da legenda progressista, endureceu a relação com o governador Blairo Maggi (PR) e ameaça até com ruptura.

     Entre ficar com Riva e o cargo, Daltro prefere o segundo. Outro também que optaria por "grudar" no governo seria o afilhado político de Daltro, Juarez Fiel, ex-PSDB e hoje no PP. Fiel está lotado hoje na diretoria de Habilitação do Detran. Optaria por seguir a decisão do secretário Daltro para preservar o cargo.

     Primeiro-secretário da Assembléia, Riva está na bronca com o governo. Primeiro, porque Maggi abriu espaço ao PT, que agora virou aliado de "carteirinha" do Palácio Paiaguás. Segundo, porque os projetos políticos futuros da turma da botina não contemplam Riva, que costura pré-candidatura ao Senado para 2010, com possibilidade de ter o próprio Maggi como um dos adversários nas urnas. Terceiro, porque o governador não aceita algumas propostas do deputado no âmbito administrativo, como a de transferir 30% do Fethab para os municípios e de emendar as mensagens do Executivo sobre carreira e salário dos militares. Esses projetos tramitam na AL e vêm provocando divergências. Deveriam ter sido votados há um mês.

    Por essas razões, Riva está decidido a romper. Ele afirma que não terá nenhum problema em ser minoria na Assembléia. Hoje, o governo conta com praticamente unimidade.

   Na hipótese de afastamento do PP da administração, perderia os cargos, entre eles de Ciência e Tecnologia e a diretoria do Detran, ocupados por Daltro e Fiel, respectivamente. A "estratégia preventiva" dos dois já foi montada para não perderem os cargos: deixar o PP.

    Vida pública

   A trajetória política do ex-deputado Chico Daltro mostra sua predestinação para ser governista. Sempre esteve "colado" no Palácio Paiaguás. Lançado à vida pública por Dante de Oliveira (já falecido), Daltro começou sua militância política como vereador por Cuiabá, chegou a deputado e secretário de Estado. Passou pelo PMDB, PDT, PSDB e hoje está no PP.

   Nos oito anos do governo Dante (1995/2002), Daltro comandou a secretaria de Agricultura, mesmo sendo eleito deputado estadual. Em 2002, se reelegeu com 26.638 votos pelo PSDB. Com a derrota do tucanato na majoritária (governador e senador), Chico Daltro passou a se distanciar de Dante e do então senador Antero de Barros. Migrou para o PP para se aproximar de Maggi. Assim, perdeu para deputado federal no ano passado, mas não ficou desempregado. Voltou a ser aliado do Paiaguás, com cargo no primeiro escalão.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • rodrigo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE CHICO DALTRO (...) É MARIA VAI COM AS OUTRAS, ESSE É O UNICO POLITICO SEM POSTURA SEM IDEAIS POLITICOS SEM PREOCUPAÇÕES COM O POVO, SÓ PENSA NO BOLSO DELE DEVERIA SER EXTINTO DA POLITICA DE MATO GORSSO.

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Rodrigo: Pior que Jose Riva não existe!!!!

  • VOZ DO POVO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ratificamos o comentário acima. O Chico Daltro não é de oposição, e jamais será. Assim como a Serys nunca se assumirá governista, pois não tem propostas, só críticas agressivas. Mas, como na politica nada é permanente, o Riva será nosso senador e o Chico voltará a seu lado e será mais um colaborador. O Blairo está arriscando sua reconhecida capacidade administrativa fazendo aliança com o PT, e prefeitinhos demagogos que só sabem falar. "SOJA INOCULADA ENTRE TOMATES PODRES.........."

  • jorge soares de almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O senhor Chico Daltro nunca teve preocupação com mudanças na estrutura de governo ou de rupturas com políticas tradicionais. Ele sempre foi aliado com o que tem de mais atrasado na política regional. Por outro lado, o segundo governo do Blairo parece abandonar as utopias que o elegeram pela primeira vez, já que cada vez mais se distancia dos ideais democráticos e de inovações da prática política. Lamentavelmente, o povo matogrossense está sem referência, e o retorno ao passado não é a solução.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu,gostaria que o internauta acima respeitasse mais as marias, porque esse cidadão que atende pelo nome de chico daltro é tudo que umpolitico não devia ser.

  • aldo luiz daltro de melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu nao conheço esse edson cordeiro, mais vejo que o que ele escreve, tem tudo a ver com o seu sobrenome.

    voce deveria ter + respeito com o ex-deputado chico daltro, um homem que e reserva moral dos policos desse estado e por que nao dizer do brasil, antes de ficar escrevendo essas fofocas, que nao contribuem em nada, deveria era sim, ver os interesses escusos, daqueles que querem abondonar a base governista. E muito facil criticar, Chico Daltro, politico honesto, reserva moral, quase 50 mil votos para deputado federal,filho de uma familia de pessoas honestas, vencedoras, estudiosas e que ajudaram a construir esta terra, com seu suor e sangue, os que o chico daltro obteve, foram votos honestos, sem comprar, sem pagar boca de urna, votos livres, de pessoas que querem esse mt que esta ai, crecendo, desemvolvendo, buscando um amanha melhor para os seus filhos e netos. E quanto aos recalcados e fracassados a cima, eu diria que e triste ver alguns idiotas, que nao conhecem de passado, presente e futuro, tenho certeza, que esses, com certeza tem o estomago podre e sao cegos, ou estao a mando de algum politico oportunista que paga para os outros falarem mal.

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

No marketing de Pivetta para Senado

bruno bini 400 curtinha   O cineasta e publicitário Bruno Bini (foto) deve comandar o marketing da campanha ao Senado do vice-governador Otaviano Pivetta. As negociações estão praticamente fechadas. Antes da pandemia, em fevereiro, Pivetta estava em negociação com Antero de Barros. A última campanha...

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

Pátio punido por não licitar transporte

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto) vai concluir o mandato sem conseguir realizar a licitação do transporte coletivo urbano de passageiros, vencido desde março de 2014. Por essa irregularidade na concessão, já que a Cidade de Pedra, empresa que explora o...

Anelise só vai com respaldo de MM

anelise silva 400 curtinha   Filiada ao DEM, Anelise Silva (foto) deve desistir da disputa à Prefeitura de Cáceres, a não ser que o governador Mauro Mendes, com quem ela pretende conversar nos próximos dias, declare apoio irrestrito a sua candidatura. Nos bastidores, Mauro não dá sinais de que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.