Últimas

Quarta-Feira, 07 de Janeiro de 2009, 15h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CHAPADA DOS GUIMARÃES

Daltro "herda" dívida milionária; Saúde vive caos

Flávio Daltro (PP), prefeito de Chapada dos Guimarães   Antecessor apaga todos arquivos do computador, além de deixar furo de R$ 1,8 mi de débito com energia e 6 folhas de servidores em atraso

  O novo prefeito de Chapada dos Guimarães, Flávio Daltro (PP), "herdou" uma verdadeira "bomba" do antecessor Gilberto Mello (PR), derrotado à reeleição. Segundo o progressista, só para a Rede/Cemat o município deve nada menos que R$ 1,8 milhão. "Desde 2007 ele (Gilberto) não paga a conta de energia", reclama Daltro. Já para os funcionários da saúde, a prefeitura deve cerca de R$ 150 mil referentes a 6 meses de salários atrasados. Daltro adianta que vai acionar o ex-prefeito judicialmente.

  "O município vive um caos. Estamos trabalhando sem parar e priorizando a Saúde que estava na UTI e agora morreu de vez", dispara o prefeito. O mais grave, segundo ele, é que a equipe da gestão anterior apagou todos os documentos arquivados nas CPUs dos computadores da prefeitura. Daltro conta que já montou uma comissão com vistas a investigar todas as falhas administrativas de um modo geral. "Vou tomar alguma medida só depois que essa comissão concluir o relatório final". A equipe é presidida pelo controlador do Município, Pedro Aparecido.

  O prefeito pretende criar agora um novo banco de dados juntando informações com os servidores antigos. Por causa disso, o município não está arrecadando, já que o sistema informatizado não funciona. Flávio Daltro, que assumiu a prefeitura há exato uma semana, conta que é uma lástima a quantia de dívidas deixadas por Gilberto Mello. "Toda hora tem um cobrador aqui (prefeitura). Só que ainda não dá para ter noção do valor dessas dívidas". Além disso, o ex-prefeito encerrou as 146 contas bancárias que o município possuía.

    Saúde

    O secretário de Saúde e vice-prefeito Elias Santos (PMDB), irmão do prefeito cuiabano Wilson Santos, reforça as críticas à gestão Gilberto Mello. Segundo ele, o ex-prefeito desativou, logo após a eleição, quatro  unidades do Programa Saúde da Família, localizados na zona rural. Agora, só dois estão em funcionamento. "Temos que reativá-los urgentemente". Santos conta ainda que os veículos que transportam os profissionais da área da saúde para a zona rural estão numa situação precária. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Aluisio Pena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • allam | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É lamentável que as pessoas entendem todas estas mazelas como briga politica.Acho até que o prefeito Daltro
    deveria abrir as portas da prefeitura para que as pessoas visse a situação que está.

  • seila | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    por favor gostaria de saber nomes do secretario de educação e financeiro de chapada dos guimaraes, pois estou fazendo pesquisa escolar. adorei esta rede de noticias tao bem conceituada.

  • Jurandir de Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Entra prefeito sai prefeito chapada continua a mesma coisa. Em 2004 a energia elétrica estava CORTADA porque o Treme Terra não pagou a Cemat desde 2001, e o Ex Prefeito Pedrão também reclamou desta divida, ficou quatro anos e também não pagou e passou a divida pro Gilberto. O ex prefeito gilberto Mello quando assumiu a prefeitura também, reclamou na imprensa que os veiculos e os maquinários estavam sem as minimas condições de uso. A questão do hospital é antiga e também não vai ser resolvida neste governo.

  • Rogério Alves Barão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este Daltro é um irresponsável, falso e oportunista, senão vejamos:

    Chapada esta com falta d’água e o Daltro irresponsavelmente tenta brincar de lavar a cidade, transformando o centro num enorme barreiro, somente para brincar com o Gilberto Mello (irresponsabilidade).
    Falso pelo fato de tentar com estas manobras ridículas desviar a atenção da população para atos que já estão acontecendo, como é o caso da Empresa de Campo Verde que esta trabalhando aqui em Chapada sem licitação.
    Oportunista pelo fato de aproveitar os fatos desfavoráveis em que esta vivendo o ex prefeito Gilberto Melo e criar inverdade para atingi-lo, já viram este filme antes, o Daltro quer passar grande parte de sua administração criticando a anterior somente para desviar a atenção.Vamos ficar de olho vivo neste DALTRO.

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...