Últimas

Segunda-Feira, 11 de Agosto de 2008, 00h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CHAPADA DOS GUIMARÃES

Daltro monta tenda; Gilberto acusa crime eleitoral

  O candidato a prefeito de Chapada dos Guimarães Flávio Daltro (PP) será acionado na Justiça por propaganda ilegal pela coligação do seu adversário, prefeito Gilberto Melo (PR), por ter montado tendas em pontos estratégicos com pretexto de dar voz à população e diagnosticar as necessidades de cada localidade. Num plágio ao projeto lançado por alguns petistas em campanhas passadas, Daltro lançou o movimento “Daltro quer ouvir você” que, em média, ouve 200 pessoas por dia.

   Gilberto Melo acusa o adversário de cometer crime eleitoral. Ele disse que vai acionar Daltro junto à Justiça por entender que a “montagem da tenda é irregular", considerando a lei eleitoral. A briga em Chapada começa a "esquentar". De um lado está o vice-prefeito Flávio Daltro, que apresenta como vice da chapa Elias Santos (PMDB), irmão do prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB). De outro está Gilberto, que tenta a recondução ao posto de prefeito, desta vez com Osmar Froner (PMN) como companheiro de chapa. (Humberto Frederico)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • kleber lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson e prezados leitores,
    Não há crime na instalação das tendas em Chapada. O Parágrafo 4º do Artigo 13 da Resolução 22.718 do TSE, que regulamenta a propaganda eleitoral nas eleições de 2008, preconiza tal ação.
    Quanto ao plágio, tal missiva está equivocada. O PT Quer Ouvir Você de 2004, citado na reportagem, foi uma derivação do Cuiabá que Queremos, criado por nossa equipe meses antes, no mesmo ano. Além do mais, slogans políticos e eleitorais são de domínio público, a menos que alguém tenha registrado sua patente. Neste caso, acusação de plágio é descabida, até porque plágio é crime, segundo as leis brasileiras.
    Grato,
    Kleber Lima - Equipe de Mkt de Flávio Daltro.

  • Remo de Ouro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ouvir é uma boa, mas fazer cadastro desse pessoal é crime sim. Isso é a famosa lista para o dia das eleições. Cade o MPE de Chapada?

  • Arcy Ventura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse fato só vem demonstrar o DESESPERO do atual prefeito. Diante da pesquisa encomendada por ele mesmo (Não teve coragemde registrar e publicar) fica inventando crimes eleitorais que só existem em se código eleitoral.

  • paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ja que o daltro quer ouvi alguem, porque não ouvir o mpe, essa é uma boa orpotunidade para o promotor de justiça Dr Jaime Romaqueli comverçar com ele,com apalavra o MPE.

  • JOSE SANTANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o Daltro tem que ouvir sua ex esposa seus filhos que cobram pensão alimenticia na justiça. Tem que ouvir os cobradores que cobram aluguel, condominio e financiamento de carro.

  • Elaine regina oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só queria entender: É proibido os candidatos ouvirem reivindicação da população? Onde esta o crime eleitoral?
    Daqui a pouco não vão poder nem pedir votos. Essa realmente eu não consegui acompanhar o raciocinio do prefeito Gilberto... Não sou eleitora de Chapada, não tenho vínculo nem com um nem com outro candidato. Simplesmente sou leitora assídua desse site,bem como das noticias em geral no Estado e fora dele , e procuro entender a nova legislação eleitoral do que pode e do que não pode ser feito, até mesmo como cidadã, para denunciar o que é errado e elogiar o que é certo. Se possível gostaria que fosse colocado onde é que o candidato da Chapada esta ferindo a legislação. Só para conhecimento. Grata.

  • José Luis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Engraçado, enquanto uns querem ouvir o povo, o outro candidato MAURICINHO do lado do Rei da Soja, quer correr deste povo, por não ter cumprido com nada daquilo que prometeu em sua campanha, é a inveja tomando conta da incompetência de quem tem como liderança mor, o Dep. LN, que não faz nada sem ter o seu em troca, Abra o olho Chapada! Daltro e Elias NELES!!!.

  • José Malaquias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ouvir o povo ele pode e ninguém é contra, só que está usando locais públicos, como praça ao lado da igreja, praça ao lado do campo de futebol e calçada pública.

  • Antonio Carlos Margrussi | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ouvir o povo é obrigação dos candidatos a qualquer cargo eletivo, desde Presidente de Bairro ao cargo Maximo da nação que é o de Presidente da Republica, acontece que no caso do Vice Prefeito Dantro, candidato a Prefeito o crime eleitoral, a demagogia, o oportunismo e a cara de pau esta bem a vista de todos, todos da cúpula de Chapada conhece o DALTRO, só quem não conhece e a População que tem memória fraca e usada como massa de manobra.
    Porque apenas eu irmão CHICO DALTRO apóia ele, já perguntaram para a família da ex-esposa porque não votam em Daltro, já perguntaram para seus colegas Professores da UFMT porque não são amigos dele, já perguntaram para os Lírio e Geni Santos da Rádio Natureza porque não apóiam a candidatura dele, já perguntaram para qualquer um que seja serio, descente e honesto e que o conheça bem porque não votam nele.....
    Já perguntaram secretamente para os familiares de sua ex-esposa porque tem medo e porque fogem dele, perguntem que vão ouvir coisas cabeludas referente ao passado e presente deste moço. Cuidado Chapada!!!! Cuidado!!!!

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...