Últimas

Segunda-Feira, 29 de Junho de 2009, 19h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

MARCHA DOS PREFEITOS

De "pires nas mãos", mais de 70 prefeitos vão a Brasilia

   A expectativa do presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Pedro Ferreira, é de que cerca de 70 prefeitos de Mato Grosso participem da XII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que acontece entre 14 e 16 de julho. De "pires nas mãos", eles devem discutir assuntos  como a regulamentação da Proposta de Emenda Constitucional nº 29 e o aumento no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Serão mais de 2 milhões de representantes municipais que, durante três dias, estarão reunidos com senadores, deputados, governadores e, inclusive, com o presidente da República Luiz Inácio Lula Silva. "É um momento também que o prefeito aproveita para fazer as reividincações para a melhoria dos nossos municípios", afirma Pedro.

    Nesta terça (29), o vice-presidente da AMM e prefeito de Terra Nova do Norte, Manoel Rodrigues de Freitas, estará no Rio de Janeiro onde participa da Assembleia Geral Extraordinária com a Diretoria da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Na ocasião, ainda serão discutidas a inclusão de nova pautas na Marcha. Conforme o vice-presidente, o encontro servirá de base para a discussão dos assuntos relacionados à administração municipal. ”Vamos preparar uma série de reivindicações a serem apresentadas à bancada federal em Brasília e tratar de temas essenciais como o FPM, Fundeb, ITR, negociação de dívidas com o INSS e outros de interesse de todos os municípios”, ressalta. A Marcha dos Prefeitos normalmente é realizada em abril. Neste ano, porém, foi adiada em virtude da reunião  com os prefeitos convocada pelo presidente Lula.

   Apesar da legislação prever participação de 23,5% das cidades no bolo do FPM, a média neste ano tem girado em torno dos 15%. A expectativa dos prefeitos é do presidente Lula anunciar espécie de um "pacote de bondade" para os municípios. Eles irão discutir ainda questões relacionadas ao INSS e ao Pacto Federativo, que trata sobre questões sociais e tributárias entre os governos estaduais, municipais e federal. (Sandra Costa)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marcelo Lopes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dinheiro tem, falta seriedade e criatividade.

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS