Últimas

Segunda-Feira, 31 de Dezembro de 2007, 08h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

Artigo

De quem é a culpa?

    Amigos, mas um ano vai se iniciar, e teremos a mesma lengalenga eleitoral, temos uma eleição pela frente e vários candidatos estão colocados para governar a nossa Capital.

    Não importa qual candidato vença o sistema político e injusto, a única mudança é de um novo gestor, que irá administrar a nossa Cuiabá, como se você tivesse escolhido um personagem diferente para jogar um jogo de videogame, mas que possui exatamente as mesmas habilidades e funções, que no caso é um boneco manipulado por poderes externos.

    A democracia virou um espetáculo de televisão que emerge apenas durante a época de eleições, o cidadão renunciou a sua consciência crítica e migrou para uma posição de opinião pública, que é forjada pela televisão, votar nulo não serve para eliminar corruptos da política, mas pode funcionar como uma crítica generalizada. Optar pelo voto nulo é saudável como protesto contra todo um sistema.

    Anular também parece uma boa para quem não se contenta, ou não vê diferença entre os candidatos? Política é escolha. E o voto nulo é uma escolha como qualquer outra.

    Votar é um ato heróico. Hoje o eleitor esta escolhendo os candidatos como produtos. É preciso negar esse sistema. Os candidatos são cada vez mais parecidos. A briga entre eles é falsa e serve apenas para enganar os cidadãos, e para que continuem no poder.

   Se o eleitor não está contente com nenhum candidato? Tem o direito de anular. É uma escolha. Política não é só voto, também é pressão e participação.

   A motivação para o voto vem do cidadão, têm aqueles que só vota em candidatos com maior possibilidade de ser o vencedor, possibilidade esta que averiguamos através das controversas pesquisas eleitorais. Votar apenas nos que são considerados concorrentes de peso limita a eleição à escolha prévia pela mídia, afinal, ela é quem cria a maior parte do terreno para os candidatos.

    Ao divulgar meu ideal não estou querendo tirar votos de nenhum candidato, quem sou eu? Mas sei que se alguém levar a sério o que estou dizendo, alguma coisa acontecerá. Eu não me importo, pois o efeito que quero causar é mais profundo, é nas pessoas, é em longo prazo, gradualmente. As crianças param pra pensar muitas vezes, os jovens bem menos, os adultos, quase nunca. É algum tipo de estupidez natural que herdamos em nossa desastrosa, controversas e invertidas evolução.

     O voto nulo não seria somente um voto contra os candidatos, mas sim uma forma de protesto organizado pacífico contra o sistema injusto vigente. Seria lindo observar uma população unida e majoritária dizer, através da imensa maioria de votos nulos, que ela não é idiota, que não é ingênua, que sabe que esses candidatos praticamente não existem diferenças, e que nada poderão atuar no melhorando da nossa cidade.

  O meu voto nulo já está garantido, pois me recuso a escolher entre "bosta e merda". Se pudermos dizer não pra “bosta” e pra “merda”, mesmo que nosso “não” seja desprovido de poder de mudança, pois a “merda” ou a “bosta” será eleito de qualquer jeito, pelo menos minha moral ficará menos encardida e mal cheirosa.

Dejair Soares é publicitário, pós-graduado em gestão pública, gestão de estado e cidades e gestão ambiental.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.