Últimas

Terça-Feira, 27 de Março de 2007, 15h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INATIVIDADE

Décifit previdenciário de MT chega a R$ 9 bi

   O Estado do Mato Grosso fechou o exercício de 2006 com déficit previdenciário em suas contas de R$ 9 bilhões, revela a segunda edição do Índice de Desenvolvimento Previdenciário (IDP) elaborado pelo Núcleo Atuarial de Previdência (NAP) da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O Estado, que acabou com o Ipemat e criou a MT Saúde, ocupa a 13ª colocação no IDP. Em 2005, estava na 9ª colocação, tambem com registro negativo em R$ 10,2 bilhões.

    Sob coordenação de Benedito Passos, o NAP da UFRJ,  observa que Mato Grosso não possui patrimônio previdenciário e tem uma despesa anual com pensionistas e inativos de R$ 2,3 bilhões, além de R$
5,4 bilhões com servidores ativos. Ao todo, são 55 mil segurados entre ativos, inativos e pensionistas. O IDP é calculado com base em indicadores atuariais, financeiros, jurídicos e administrativos operacionais.

   O índice varia de 0 (sistema em ruína ou em
extrema dificuldade) a 1 (sistema financeiro e atuarialmente em equilíbrio, possuindo gestão em nível de excelência). Os Estados que alcançam média
entre 0 e 0,49 são considerados de nível baixo; de 0,5 a 0,79, nível médio; e acima disso, nível alto.
Dos 27 Estados brasileiros, 21 estão com um déficit na suas contas com a previdência, somando um déficit de R$ 400 bilhões.

    Dezoito deles estão com baixo nível de desenvolvimento previdenciário e três com médio
desenvolvimento. Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás e Paraná apresentaram superávit, somando, os cinco, R$ 1,73 bilhão, e alto nível de
desenvolvimento, assim como  Roraima, que está com as contas equilibradas.

   São Paulo é o Estado brasileiro com maior déficit na previdência: R$ 154,34 bilhões. Em 2005, o resultado havia sido de R$ 207 bilhões negativos. O Rio
de Janeiro passou de um déficit de R$ 92 bilhões, em 2005, para R$ 23 bilhões em 2006. Este resultado foi possível em função do Decreto 37.571, de maio de 2005, ter estipulado que os royalties e participações especiais de petróleo e gás natural fossem incorporados à receita do RioPrevidência a
partir de janeiro de 2006.

   De acordo com o IDP 2006, Santa Catarina é o estado o nível mais baixo (0) de desenvolvimento, ocupando a 27ª posição no Ranking, enquanto Roraima, com
o IDP mais alto (1), é o primeiro da lista. São Paulo (0,283) ocupa a 14ª posição e o Rio de Janeiro (0,467), a 11ª.

    Entre ativos, inativos e pensionistas, os 27 Estados contam com 3,9 milhões de segurados em seus sistemas de previdência. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.