Últimas

Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2007, 14h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

CAMPO MINADO

Defensoria Pública interfere para evitar conflitos

Karol Rotini, defensora-pública-geral do Estado A Defensoria Pública do Estado decidiu acompanhar todo o processo de desapropriação dos moradores do entorno do córrego Gumitá, em Cuiabá, para garantir que os direitos desses cidadãos sejam plenamente assegurados no que se refere a alternativas habitacionais ou indenizatórias que a prefeitura deverá oferecer aos afetados. O córrego faz parte do projeto Vale do Gumitá, um programa de recuperação e revitalização das áreas degradadas do córrego e de seu entorno. O mesmo procedimento da Defensoria será tomado também em relação às obras da avenida das Torres, que inevitavelmente resultará em desapropriações.
     Os defensores André Rossignolo e Marcos Rondon, do Núcleo de Direitos Coletivos da Defensoria Pública, já se reuniram com as lideranças dos bairros Novo Mato Grosso, Três Lagoas, Novo Horizonte e Planalto, para tratar do assunto. Outras reuniões estão agendadas, separadamente, com os moradores de cada um dos sete bairros afetados pelo projeto da prefeitura.

      O Núcleo de Direitos Coletivos da Defensoria foi instalado este mês pela defensora pública-geral do Estado, Karol Rotini, devido ao advento da Lei 11.448, que garante à Defensoria a prerrogativa de interpor ações civis públicas de forma coletiva. Conforme Karol, a partir dessa lei, a Defensoria poderá atender ao assistido de forma mais ampla, incluindo várias pessoas em uma única ação com objetivo comum.

     Para os defensores, as reuniões com os moradores dos bairros que podem vir a ser desalojados é uma forma da instituição adiantar-se aos grandes conflitos que se estabelecem na cidade, evitando assim que eventuais prejuízos a seus assistidos tenham que ser discutidos depois no Judiciário, quando já poderá ser tarde demais. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...