Últimas

Segunda-Feira, 07 de Abril de 2008, 19h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

CUIABÁ

Definidas empresas que vão tocar obras do PAC

José Rosa, que conduz os processos licitatórios  Três empreiteiras de Mato Grosso e quatro consórcios de fora do Estado vão tocar os R$ 240 milhões das obras do Programa de Aceleração do Crescimento em Cuiabá. O anúncio foi feito pelo presidente da Sanecap, José Antonio Rosa, que responde também pela Procuradoria-Geral do Município. Segundo ele, a Capital acabou tendo uma economia de R$ 10,3 milhões devido ao número elevado de empresas concorrentes: 22. Agora, as propostas vão ser homologas na próxima semana.

   Os Lotes 1 e 3 ficaram com o Consórcio Cuiabano, com direito a R$ 88,6 milhões. As empresas vencedoras do Lote 2 foram a Tejofran e Augusto Velloso, que vão conduzir um orçamento de R$ 44,77 milhões. O grupo Elmo, de Mato Grosso do Sul, também venceu a concorrência com uma proposta de R$ 23,74 milhões. O grupo paulista Engeform-Passareli ganhou o Lote 5 por R$ 52,99 milhões. A construtora Ipê abocanhou o Lote 6 por R$ 11,31 milhões. Ao oferecer R$ 19,47 milhões, o consórcio Geosolo-Lince-Laje venceu a licitação.

  Todos os envelopes de preços foram vistoriados pelo Tribunal de Contas da União e pelo Ministério Público. “Agora, a água tratada será universalizada e 65% do esgoto de Cuiabá será tratado”, reforça José Rosa. Ele lembra que a cobertura da rede de esgoto só atende a 23% do perímetro urbano da Capital

    Desde o seu lançamento, há pouco mais de um ano, o PAC Cuiabá protagonizou idas e vindas. Foram constatados diversos problemas no processo licitatório, o que atrasou o cronograma das obras. Agora o prefeito Wilson Santos comemora a abertura dos envelopes com as propostas. Por enquanto, não se registram novos embates jurídicos. Os recursos do PAC serão investidos em projetos de saneamento, como água tratamento e abertura de rede de esgoto e asfaltamento. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Matogrossense envergonhado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A PREFEITURA NÃO CONSEGUIU E NEM ECONOMIZOU NADA, PRIMEIRO, PORQUE A PREFEITURA NÃO VAI BOTAR 1 REAL NAS OBRAS DO PAC, SEGUNDO, PORQUE A REDUÇÃO É RESULTADO DA INTERFERÊNCIA DA JUSTIÇA NO PROCESSO, POIS PELA PREFEITURA O PROCESSO ESTARIA CHEIO DE IRREGULARIDADES E ESTE DINHEIRO TERIA OUTRO DESTINO.
    ESSE BLÁ BLÁ BLÁ DESTE ANTONIO ROSA É PURA DEMAGOGIA.

  • Claudio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É senhor Antonio Rosa e Prefeito Wilson Santos, espero que tenha aprendido a lição de com fazer licitação. Se não forem homologadas agora, peçam para sair ! Nas faculdades vocês poderiam recuperar com uma conversinha com o professor, um trabalho, uma prova final... agora com o dinheiro público não tem jeitinho brasileiro, ou faz bem feito ou deixem para quem tem competência fazer.

  • Jeovaldo Rosa Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois de muitos ranger de dentes, muitas noites mal dormidas, reuniões de tudo quanto e bicho flocorico do Pantanal e Rio Cuiabá, até que em fim vai sair as obras tão esperada por nos cuiabanos. E que seja muito bem fiscalizadas para não ir para o ralo a segunda etapa, nosso bairro esta nessa fita...que seja bem vinda...Fui...

  • Gilmar Brunetto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A mentira tem perna curta presidente José Rosa,essa economia de mais de R$10 milhões foi graças a ação do TCU,MPF,MP através da Promotora Ana Cristina,sua equipe e os movimentos sociais. Tanto o presidente da Sanecap e o Prefeito Wilson Santos se esforçaram o tempo todo para manter o primeiro edital que além de super faturado era direcionado. Jogaram pesado, mas quem venceu foi a sociedade que agora mais do que nunca precisa acompanhar as obras. Vamos ficar de olho.

  • jefferson rondon de souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ao meu ver este josé rosa não serve nem para administrar a sua própia casa, pois nós moradores do jd dos ipês nunca tivemos problemas de agua aqui em nosso bairro e o mesmo junto com o sr WS vem a fazer propaganda politiqueira falando aos ventos que esta nos beneficiando , pois eles tenham a certeza que nossos agradecimentos sera dado nas urnas.

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...