Últimas

Terça-Feira, 28 de Julho de 2009, 09h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

Caso Lutero

Delegacia revela nomes de 3 empresários indiciados

  Os empresários Augusto César de Menezes e Silva, dono da Papelaria Uze, Heitor e Gustavo Trentin, sócios-proprietários da Prol Móveis de Aço, também estão entre os 18 indiciados pela Delegacia Fazendária no caso "Lutero Ponce". Os nomes deles permaneceram em sigilo até agora porque são acusados de cometer fraudes em licitação e não participavam do grupo ligado diretamente ao ex-presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (PMDB). O peemedebista responde criminalmente como espécie de chefe de uma quadrilha que desviou pelo menos R$ 7,5 milhões. Como na maioria dos casos, os empresários teriam participado do esquema de fraudes, por meio da modalidade carta convite.

  Após 60 dias de investigação, a Fazendária finalizou o inquérito e, em 17 de julho, entregou a documentação com 110 volumes e contendo 200 folhas cada ao Ministério Público Estadual. O inquérito está sob análise do corpo jurídico da promotora de Defesa do Patrimônio Público e Probidade Administrativa, Ana Cristina Bardusco Silva, responsável pelas investigações, que deve oferecer denúncia até o final de agosto contra Lutero – veja mais aqui.

   Também não havia sido divulgado o indiciamento dos empresários Donizete do Prado, Evandro Gustavo Pontes da Silva, Irã Lucas de Barros Pires Filho e Simão João Murado Dogon.  Além deles, foram indiciados os ex-servidores Marcos David de Andrade, Ulysses Reiners Carvalho, Luiz Enrique Silva Camargo, Hiram Monteiro da Silva, Hélio Hudson de Oliveira Ramos e Michael Padilha da Silva. Também estão no "rolo" os representantes comerciais Patrícia Bueno Mussi, Michel Padilha e Jones Teixeira Barbosa, além de Ana Maria Alves Neves, esposa de Lutero, Ítalo Griggi Filho e o próprio ex-presidente da Câmara – confira mais aqui.

  Augusto César negou envolvimento nas fraudes. O empresário conta que venceu duas licitações em 2007 e 2008 na modalidade carta-convite, mas que nunca soube de qualquer irregularidade. O pai de Gustavo, Heitor Trentin, também afirma nunca ter participado de esquema fraudulento. O assunto é destaque no jornal A Gazeta desta terça. (Patrícia Sanches)

--------------------------------------------------------------------------
Clique aqui e leia matéria sobre o assunto em A Gazeta desta terça

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Luiz Fabio Dal Bosco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que faltou dizer na reportagem é que Heitor Trentin é O secretário de Desenvolvimento Econômico de Varzea Grande. Ou seja deveria estar impedido de participar em qualquer empresa como Cargo de livre nomeação e confiança.

  • José Pires da Conceição Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nesse caso Lutero já tem 02 ex-Bemat, o sr.Hiram do Espírito Santo e agora o Heitor Trentin, agora dá para entender porque o Banco Faliu!

  • rodrigo assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e um tal de SILAS q esta envolvido nisso tambem ,, esse cara chegou vender uniformes para os servidores

    terno
    calça
    camisa
    gravata
    cinto
    sapato social (SAMELO)

    tudo isso pros servidores da camara

    que maravilha nehh!!

    vamos investigar!!!

  • Daniel Dantas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em se tratando dos vereadores cassar algum colega por decoro parlamentar, na minha opinião, isso não acontece porque na realidade eles não tem moral para tal, pois a maioria, supostamente estão compromitido até o pescoço com as falcatruas.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.