Últimas

Quinta-Feira, 08 de Março de 2007, 23h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Denunciada, Lueci preside Comissão de Ética

    A Mesa Diretora escolheu a vereadora por Cuiabá, Lueci Ramos (PFL), denunciada pelo Ministério Público por atos de improbidade administrativa, como presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar. As demais comissões também tiveram presidentes e membros definidos nesta quinta (8).

   Lueci foi denunciada em dezembro do ano passado pelos promotores de Justiça, Célio Fúrio e Ana Cristina Bardusco, junto com outras duas pessoas (Rosineide da Silva e Israel Velasco). O MPE pede ressarcimento por prejuízos causados ao erário. Segundo os promotores, as investigações evidenciaram que Lueci fez esquema com Israel Velasco, presidente da Associação Mato-grossense de Doadores Voluntários de Sangue, para angariar votos. Assim, a entidade passou a ser utilizava para fins ilícitos, por intermédio de nomeação em cargo comissionado da  Câmara Municipal de Cuiabá. 
      Quando foi candidata em 96, Lueci buscou apoio político de Israel e, como não podia remunerá-lo pelos serviços prestados, ajustou com ele que, caso fosse eleita, colocaria uma funcionária de seu gabinete à disposição da associação.

     Assim que Lueci foi eleita, Israel a procurou e indicou Rosineide, que já trabalhava na associação, para que passasse a figurar no quadro de funcionários do gabinete da vereadora. Desta forma, Rosineide foi contratada pela Câmara por R$ 3.150,00. Se tornou fantasma, pois não comparecia para trabalhar. Lueci admite ter feito a contratação, mas nega prática de qualquer ato ilegal.

     Comissões

     Além de Lueci Ramos, na Comissão de Ética, o presidente do legislativo cuiabano Lutero Ponce (sem partido) anunciou os vereadores que conduzirão as outras comissões. Levi e Freitas (PMDB) preside a de Transporte, Urbanismo e Meio Ambiente. Permínio Pinto (PSDB) ficou com a Comissão de Defesa do Consumidor, enquanto Éden Capistrano (PSB) conduzirá os trabalhos da Comissão de Recursos Hídricos.

     O oposionista Lúdio Cabral (PT) ficou responsável pela Comissão de Educação, Cultura e Saúde. Mário Lúcio conduzirá a Comissão de Direitos Humanos. Eronides da Luz, o Nona (PSDB), conduz a Constituição e Justiça. O ex-líder do prefeito Wilson Santos na Câmara, Ivan Evangelista (PPS), preside a Comissão de Economia e Finanças.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

TCE cria estrutura para atender a AL

maluf 400 curtinha   A Assembleia Legislativa saiu de Guilherme Maluf (foto), mandando-o para o TCE, mas ele não saiu da AL. Alçado à presidência com menos de um ano na cadeira vitalícia, Maluf acaba de criar uma assessoria parlamentar para promover o intercâmbio com as comissões da AL e ainda um...

Cassação de Abílio depois do Carnaval

abilio junior 400 curtinha   Por mais que Abílio Júnior (foto) implore e grite por socorro, na esperança de escapar da cassação, inclusive se colocando como vítima de perseguição política, perderá mesmo mandato. Mas isso só vai ocorrer após o Carnaval. A...

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.