Últimas

Quarta-Feira, 31 de Outubro de 2007, 22h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

INVESTIGAÇÃO

Depoentes confirmam falta de estrutura da Sema

   “O governo precisa estruturar a pasta ambiental ou Mato Grosso ficará desmoralizado”. Esse é o entendimento da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga irregularidades na pasta do Meio Ambiente (Sema), após a oitiva de cinco servidores da secretaria. Eles reforçaram a tese da falta estrutura física, de pessoal e de gestão. A superintendente de Biodiversidade, Eliane Fachin, explicou ponto-a-ponto as suas políticas de trabalho e enumerou necessidades.

    Segundo ela, os 16 gerentes de unidades de conservação, subordinados a sua gestão, não possuem caminhonetes para percorrer os locais pelos quais são responsáveis. Também afirmou que é necessário contratar mais quatro gerentes. Neste caso, é preciso ter à disposição 20 caminhonetes. Em um tom de cobrança, citou os principais gargalos enfrentados por ela e os 38 servidores subordinados a sua gerência. Para que o trabalho seja completo e que atinja a todas as regiões do Estado, são precisos, destacou a depoente, mais 30 servidores, além de 30 computadores, 10 máquinas fotográficas, 10 barcos, 25 GPS, data-show, mais cinco caminhonetes e até a criação de uma coordenadoria de Ecossistemas, além da ampliação do número de guarda-parques.

     Além da falta de estrutura e de pessoal, a superintendente revelou que falta planejamento integrado e vê uma atuação não efetiva da Sema sobre as atividades agrícolas. “Que o desenvolvimento sustentável seja uma meta e não um discurso”, disse Eliane Fachin, cobrando que a investigação da CPI da Sema vá além de buscar agilizar licenças ambientais. Além de Eliane, prestaram depoimento à CPI o superintendente de Recursos Hídricos, Luiz Henrique Noqueli, o secretário-adjunto de Mudanças Climáticas, Aluízio Leite, e o superintendente de Educação Ambiental Antonio Carlos Reis Nogueira.

      Todos defenderam que a área ambiental tenha mais estrutura, uma conclusão também da comissão que investiga os indícios de irregularidades no setor. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • ernani freitas vicentin | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Li reportagem na mídia local sobre os depoimentos desta tarde e realmente o deputado riva está correto ao afirmar que o secretário de mudanças climáticas da sema, senhor aluisio leite é um pessoa totalmente despreparada para o cargo que ocupa, não possui barganha técnica e em sua apresentação não falou nada sobre mudanças climáticas. É realmente muita estranha estas indicações políticas em um órgão eminentemente técnico. Será que o governador não deseja que a sema funcione?

  • Fatima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até quando o estado de Mato Groso vai brincar de fazer gestão ambiental?
    Gestão ambiental não é só pedir celeridade nos processo de PMFS e LAU.
    Também com um Aloizio Leite que caíu de para-quedas dentros da SEMA e virou Secretário Adjunto, voces querem o que?

  • adriano moraes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meus Deus, está tudo acabado! Assisti o depoimento e a "tentativa" de apresentação do Aluizio Leite. O cara apesar de ser agrônomo e advogado como ele diz, não conhece ABSOLUTAMENTE NADA de onde está. O Riva simplesmente o desmoralizou ao dizer que a Sema precisa de pessoas PREPARADAS para tais funções importantes.
    Meu Deus do céu, governador Blairo Maggi só você é cego???? ou usa de má-fé????? tudo isso para pagar o apoio que teve do PV em sua campanha?????

  • adriano lopes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o riva tem total razao, a sema tem que colocar gente que tem gabarito, formacao e especialidade em na area, acho que os parlamentares podem ate indicarem, desde que, o curriculum obdeca as necessidades do orgao, mato grosso tem que acabar com essa mania de chupins de cargos, ficam apoiando os politicos a troco de cargos depois.... esse blairo tambem vamos respeitar, ja virou igual aos piores e ainda quer dar uma de diferente, ta igual pra pior....

  • alice veras | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    tudo o que o governador - eleito pelo povo de mt - quer é um aspone como o aluisio leite na sema. Aposto que junto com ele foram alguns "tecnicos" que ja "andavam" com ele desde os tempos de roberto frança.A politica ambiental é balela para o devastador e milionario blairo maggi, basta ver a qualidade dos secretarios que ele colcoca na sema... Agora o riva falar em despreparo...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...