Últimas

Terça-Feira, 04 de Setembro de 2007, 13h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INVESTIGAÇÃO

Depoimento pouco contribui com CPI da Sema

    No depoimento mais esperado até agora da CPI da Sema, o agricultor João Batista da Silva pouco falou do deputado Juarez Costa (PMDB), a quem havia denunciado por supostas irregularidades e tráfico de influência na secretaria estadual de Meio Ambiente. Ele disse apenas que Juarez usou sim da influência política para agilizar irregularmente a liberação de licenças ambientais. Reafirmou também que o engenheiro florestal da Sema, Márcio Cavalcante, não realizou a vistoria técnica numa área localizada em Feliz Natal, um dos processos questionados.

     Quando chegou a vez de Dilceu Dal Bosco (DEM) fazer perguntas a João Batista, o deputado quis afirmar que não tem ligação alguma com o agricultor. Porém, João Batista confirmou que já trabalhou como "segurança de palanque" de Dal Bosco. Dal Bosco fez questão de ponderar que isso ocorreu em 2002, mas que na campanha de 2006, João Batista trabalhou para Mauro Savi (PR), que foi denunciado anonimamente. Segundo a acusação, ele também praticava tráfico de influência junto à Sema.

     A briga entre João Batista e o deputado Juarez, que reside em Sinop, é motivada por terras e por madeiras. no mais, o depoimento do agricultor pouco acrescetou à CPI em termos de dados e documentos concretos. A Comissão decidiu que, ainda esta semana, envia à região técnicos e peritos para constatar in loco as acusações de João Batista de que não ocorreu vistoria técnica do engenheiro da Sema, Márcio Cavalcanti, apesar de algumas pessoas terem conseguido o licenciamento ambiental. Ao menos dois membros da CPI devem acompanhar a vistoria. (Simone Alves - RDNews)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.