Últimas

Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2007, 19h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

Depois de "derrubar" 3, TRE pode cassar Savi

Mauro Savi (PR) é acusado de promover "comes e bebes" para angariar votos    O Tribunal Regional Eleitoral julga na sessão noturna desta segunda (17) uma representação do Ministério Público em que pede a cassação do deputado Mauro Savi (PR) por compra de votos. Na representação, o MPE alega que Savi cometeu captação ilícita de sufrágio. Para angariar votos, o então candidato promoveu um churrasco numa chácara do vereador Valdemir Donizette Leite em São José do Rio Claro. O vereador é acusado de ser o principal cabo eleitoral de Savi no município.

   De acordo com o MPE, Valdemir organizava a agenda e repassava o dinheiro aos demais envolvidos no esquema. A "festa" contou com a participação de 60 a 80 pessoas. Ao MPE, Hideaki Fujisawa Junior, uma das testemunhas, deu detalhes do que "rolou" na festa.  "Quando chegaram lá, haviam dois carros de som, carne, refrigerantes, cervejas e um ambiente de festa. Os carros estavam todos com adesivos do candidato Mauro Savi. Tinham pessoas de todas as classes sociais, mas a maioria pareciam ser de classe humilde”, relatou a testemunha.  Savi foi o único beneficiado com esse churrasco. Ele foi reeleito pela coligação Mato Grosso Unido e Forte (PPS/ PFL), com 31,6 mil votos.

    O MPE pede que a condenação de Savi seja aplicada conforme prevê o artigo 4-A da Lei 9.504/ 1997, ou seja a cassação imediata. Dessa forma, o líder do governo na Assembléia pode vir a ser o quarto a ter o mandato cassado. Já foram para a berlinda o federal Pedro Henry (PP) e os estaduais Chica Nunes (PSDB) e Gilmar Fabris (DEM). (Pollyana Araújo e Simone Alves)

    Clique aqui e leia a íntegra da representação do MPE contra Savi.

   (Atualização às 19h43) - Julgamento continua nesta 3ª

   O juiz-relator João Celestino Corrêa da Costa Neto apresentou parecer pela rejeição da representação do Ministério Público Eleitoral. Segundo o magistrado, as provas são inconsistentes, pois não ficou comprovado que houve "promessas em troca de votos". Os juízes-membros Leônidas Duarte Monteiro, Alexandre Elias Filho e Antonio Horácio da Silva Neto acompanharam o voto do relator. A juíza Adverci Rates Mendes de Abreu pediu vistas do processo. Quanto a Renato César Vianna Gomes, ele aguarda a manifestação de Adverci para também votar. O julgamento pode entrar em pauta na próxima sessão do TRE, o que deve ocorrer ainda nesta terça (18).

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Ademar Adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • gisele | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É IMPRESSIONANTE COMO PEGARAM GILMAR FABRIS PARA BODE EXPIATÓRIO.A CHICA E PEDRO HENRI,TINHAM RELAÇÕES COM A FUNCIONÁRIA,PARTICIPARAM DE REUNIÕES,ENCAMINHAVAM PEDIDOS DE REMÉDIOS E TIVERAM VOTAÇÃO DIVIDIDA.MAURO SAVI,FAZ O CHURRASCÃO,USA DINHEIRO PARA COMPRAR VOTOS E O RELATOR ACOMPANHADO DE MAIS DOIS SÃO PELA ABSOLVIÇÃO.O GILMAR DE ACORDO COM DECLARAÇÕES DELE E DE OUTROS NÃO CONHECE A MULHER,ACHAM UMA CADERNETA,NÃO OUVEM NEM QUEM SUPOSTAMENTE MANDOU COMPRAR VOTOS,O RESULTADO NÃO CONDIZ COM A SUPOSTA COMPRA E ELE É CONDENADO POR UNANIMIDADE..DÁ PRA ENTENDER?E QUANDO FOR A VEZ DO HUMBERTO BOSAIPO,DO RIVA,COMO ´ É QUE VOTARÃO OS NOBRES JUIZES?E O RESTANTE QUE ESTÃO DEPENDURADOS?NÃO DÁ PRÁ CONFIAR MESMO EM NINGUÉM.POR QUE SERÁ QUE NÃO VOTARAM LOGO O PROCESSO DO HUMBERTO?PARA GARANTIR A VAGA NO TCE?E O MINISTÉRIO PUBLICO QUE EXPÕE SUAS MAZELAS VIA EMAILS?TENHAM PACIENCIA.ESSES PODERES NOS ENVERGONHAM CADA VEZ QUE PROFEREM UMA SENTENÇA.É PRECISO UMA OPERAÇÃO MAÕS LIMPAS EM TODOS OSA PODERES.É PRECISO REDUZIR PELA METADE OS DUODÉCIMOS DOS PODERES PARA COMEÇAR. E BLAIRO MAGGI PRECISA PARAR DE VIAJAR,DEMITIR A MULHER,E PUNIR TODOS OS CORRUPTOS DO SEU GOVERNO.E QUE TAL COMEÇAR A VER O QUE ACONTECE COM AS LICITAÇÕES DA SEJUSP?E OS CARIMBOS DA SEMA?E A EDUCAÇÃO?E AS EMPRESAS DE LIMPEZA,ALIMENTAÇÃO DE TERCEIRIZAÇÃO DE MÃO DE OBRA?E A ASSEMBLÉIA,TRIBUNAL DE CONTAS QUE NÃO PARA DE FAZER OBRAS?SOCORRO.....

  • RICARDO ARRUDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTA EM JOÃO CELESTINO, EU SÓ FAÇO UMA PERGUNTA?
    EM QUAL PROCESSO POR COMPRA DE VOTOS O SR. FOI A FAVOR DA CASAÇÃO. VOU TE RESPONDER! NENHUM.
    TOMA CORAGEM.......
    QUANTO AO DEPUTADO, SE CUIDA MARIO LUCIO AVELAR VEM AÍ!

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O Ministério Público entrou com nova ação para declarar a verba inconstitucional. Um dos problemas é a falta de prestação...

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...