Últimas

Terça-Feira, 12 de Agosto de 2008, 19h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

BARRA DO GARÇAS

Deputado acusa Farias de enriquecer ilicitamente

  O deputado Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB), disparou sua metralhadora verbal contra o ex-prefeito Wanderlei Farias, candidato do PR à sucessão em Barra do Garças, cidade-pólo do Araguaia. Da tribuna da Assembléia, em sessão nesta terça à noite, ele acusou o republicano de recorrer às velhas práticas de compra de votos e do abuso do poderio econômico para tentar reconquistar o poder no município. Daltinho chegou a dizer que o Ministério Público e a Justiça estão coniventes. Segundo ele, "o povo vai dar o troco nas urnas".

   Em defesa de sua candidata à prefeita, vereadora Maria do Mercado (PMDB), Daltinho disse que Farias, que foi prefeito por três mandatos, "enriqueceu ilicitamente". "Ele (Farias) usa a política para enriquecimento ilícito. O seu patrimônio era inferior a R$ 1 milhão e hoje tem uma das maiores fortunas do país e isso ele construiu no período em que foi prefeito", atacou Daltinho.

  O deputado foi derrotado à sucessão de 2004 pelo hoje prefeito Zózimo Chaparral (PC do B), que tenta à reeleição. No período de pré-campanha deste ano, ensaiou nova candidatura, ao ponto de promover um ato nesse sentido. Apesar de fazer muito barulho e sem papas na língua, Daltinho "caiu na real". Percebeu que sua popularidade estava em baixa e jogou a toalha antes das convenções. Para o seu PMDB não ficar órfão, empurrou para a disputa a vereadora Maria do Mercado.

  Daltinho se transformou em cabo eleitoral da colega peemedebista. Em seu pronunciamento, ele disse que a candidata está crescendo nas pesquisas de intenção de voto e isso tem incomodado os adversários. Afirmou que está havendo pressão sobre ela no sentido de diminuir o ritmo de campanha. O deputado se referiu ao fato da Justiça Eleitoral ter determinado recolhimento de material de campanha de Maria do Mercado impresso irregularmente.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Antonio Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero parabenizar toda a equipe deste site pela coragem e imparcialidade das notícias,a imprensa de Barra do Garças deveria seguir este exemplo,até para conquistar alguma credibilidade,seria interessante que o Sr.Romilson passasse uma temporada por aqui,primeiro pra ensinar a imprensa local ser verdadeira e depois para ajudar-nos a fiscalizar e cobrar imparcialidade e justiça do M.P e do poder judiciário local,chega de desmandos e corrupção,CHAPARRAL MEU VOTO É PRA VC!

  • IVAN DE MATTOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheço particularmente o assessor do nobre deputado de nome ADALBERTO FERREIRA, militante antigo do PMDB advindo do MR8 juntamente com o saudoso DANTE DE OLIVEIRA. ADALBERTO quando DALTINHO era candidato a deputado disse-me a região do araguaia terá verdadeiramente seu representante Depois de elito o nobre deputado e um dos mais apagado dentro da assembleia legilstiva e quando sobe na tribuna é só falar mal de seus opositores na cidade de Barra do Garça e ainda encher a bola do governador do estado que não está nem ai para a região do araguaia.Poucos dias li em em jornal que as pessoas que vem a esta capital e vão até a AL são mal atendidos no gabinete do deputado em virtude das pessoas que alí trabalham não que não tenhma competencia mais não conhece as pessoas da cidade de Barra do Garça. Adalberto um abraço do amigo Ivan, filho do Saudoso Paulo Xavier de Mattos e irmão do seu amigo PALULO ROBERTO NUNES DE MATTOS, conhecido como BETO

  • Fernando | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Fernando | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Porfavor peça para o Deputado conhecer a hitória de Barra do Garças informe a ele que Wanderlei foi prefeito por 2 vezes, seja mais coerente na hora de falar bobagens

  • Adriano C. Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson,
    Parabenizo você e sua equipe pela cobertura da eleição nos diversos municípios do Estado. Que maravilha poder ler e comentar notícias imparciais da nossa região, mesmo que geradas por um veículo de comunicação da Capital, já que os da nossa cidade deixam muito a desejar.

    Sobre a notícia tenho duas observações:

    1. Cabe realmente ao MP e justiça eleitoral verificar irregularidades, mas sugiro começar pelas mais flagrantes e que ainda não vimos sequer comentários. Olhem na página do TCE-MT o repasse do município de General Carneiro nos três útimos anos e vejam o quantidade de recursos que aquele municípo recebeu e recebe. Depois olhem o que foi feito nos 8 últimos anos de gestão do Prefeito Juraci de Aquino. Nota importante: foi o segundo município dos país que mais reduziu eleitores depois da recontagem eleitoral promovida pelo TRE. Poucos habitantes, pouca demanda, muito dinheiro, pouco investimento. Terra de ninguém. Há pelo menos 20 anos, com aval da gloriosa Casa do Povo de Matogrosso. Indíos decidindo eleições a troco de espelhos e bugingangas, sem qualquer fiscalização da Justiça Eleitoral. Várias e repetidas vezes. Um escândalo que ninguém parece querer ver. Ou pelo menos ninguém dos que deveriam.

    2- Votei no Chaparral duas vezes (1ªdeputado; 2ª prefeito) e não tenho não relatar minha decepção. Já ouvi muito eu te disse... aqui na cidade. A maioria da equipe inoperante. Até as araras daqui sabem, tanto que no último ano de mandato teve que buscar boa parte da equipe do ex-prefeito (detalhe: a parte menos operante). Fico triste mesmo porque acreditei que seria uma chance de mudar a hegemonia dos Farias na cidade, mas vejo que me enganei. Quanto ao nobre Deputado Daltinho, bom...deixa pra lá.. a notícia no site já disse tudo.

    Parabéns mais uma vez Romilson e equipe.

    Adriano Magalhães
    Barra do Garças-MT

  • Adalberto Ferreira da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Perguntamos como um médico comum conseguiu amealhar fortuna em tão curto espaço de tempo, sendo que não ganhou na loteria, não recebeu herança e dinheiro não cai do céu. E por coicidência o período de enriquecimento foi durante suas duas administrações na Prefeitura de Barra do Garças. Só o Judiciário não enxerga a realidade, confirmando a triste versão que justiça no Brasil é para os pobres.Com a palavra o judiciário, ou os pobres e desdentados vítimas da sociedade injusta, sem educação, qualificação, emprego e oportunidade continuarão como vilãos, enquanto figurões continuam impunes?

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS