Últimas

Domingo, 13 de Maio de 2007, 13h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

VARIEDADES

Deputado alega que pesquisa definirá candidato

  O deputado Maksuês Leite (PP) admite conversações com o colega parlamentar Wallace Guimarães e com o senador Jaime Campos, cacique do DEM, mas nega que já tenha recuado da pré-candidatura a prefeito de Várzea Grande mediante acordão. "Existe uma conversação profunda entre eu, o deputado Wallace e o Jaime. Entendemos que Várzea Grande precisa ser reconstruída a várias mãos", disse Maksuês.

    Segundo ele, pelo entendimento inicial, uma pesquisa sobre intenções de voto, a ser feita no próximo ano, será o principal parâmetro para escolha da candidatura. Até lá, diz o parlamentar, cada um tentará viabilizar o projeto rumo ao Paço Couto Magalhães. "Quem estiver melhor nas pesquisas será o candidato". De acordo com Maksuês, a orientação nesse sentido partiu do próprio senador Jaime Campos.

    Maksuês Leite observa que as opções por candidatura pelo grupo não devem se limitar a ele próprio e a Wallace. Observa que há outros nomes que aparecem em potencial nas intenções de voto, como do conselheiro do Tribunal de Contas, Júlio Campos, e do médico Arilson Arruda (DEM), secretário de Saúde do prefeito Murilo Domingos. "Isso tem que ser respeitado".

    Revela que em maio o Ibope será contratado para fazer uma pesquisa qualitativa e quantitativa. Os números serão revelados depois numa reunião ampliada. Tem até data: 10 de junho.

     Oposição

     Apresentador de TV e deputado, Maksuês Leite volta a cutucar a administração Murilo, para quem é "pífia" e "sofrível". "Várzea Grande está abandonada e entregue à estagnação. Precisa ser reconstruída do ponto de vista administrativo. A cidade, que completa 140 anos e é a segundo do Estado em número de habitantes, não recebe mais recursos federais e não tem uma comemoração oficial. Lamentavelmente, vem perdendo empregos e ICMS".

     De acordo com Maksuês, o seu colega Wallace, de quem tem procurado se aproximar, tem o mesmo pensamento na defesa da "reconstrução conjunta da administração pública". Ambos foram derrotados pelo hoje prefeito Murilo, em 2004.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.