Últimas

Sexta-Feira, 11 de Julho de 2008, 08h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

ALTA FLORESTA

Deputado cassado concorre agora para prefeito

  Primeiro deputado federal mato-grossense cassado sumariamente por compra de votos, Rogério Silva resolveu tentar novo cargo eletivo. Agora ele concorre à cadeira de prefeito de Alta Floresta pelo PP. Irmão do ex-prefeito Robson Silva, Rogério é daqueles que investem "pesado" na campanha eleitoral.

   Ele tem como concorrentes neste pleito o ex-deputado Romoaldo Júnior (PMDB) e a atual prefeita Maria Izaura Alfonso (PDT). Rogério ficou "carimbado" pelo crime eleitoral que declinou sua trajetória política, tanto que tentou retornar à Câmara Federal em 2006, mas não obteve êxito. Com 41.166 votos, ficou na terceira suplência, atrás de Celcita Pinheiro (DEM) e do secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Chico Daltro (PP).

  Um acordo com o titular Pedro Henry (PP) abriu espaço para Rogério voltar à Câmara. Hoje ele está deputado. Henry se afastou por 4 meses para se dedicar exclusivamente à campanha à reeleição do irmão-prefeito Ricardo Henry, de Cáceres.

    Em 2002, Rogério Silva se elegeu federal pelo PMDB. Teve 60.040 votos. Um ano depois a "casa caiu". Ele foi denunciado por captação ilícita de sufrágio. Perdeu o mandato no ano seguinte. Seu mandato foi concluído por Teté Bezerra (PMDB). Rogério pulou para o PPS e, depois, para o PP.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • léo medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Político só quer nos ver morrendo
    na merda, ao deus-dará, sem voz, sem teto.
    Divertem-se inventando outro projeto
    de imposto que lhes renda um dividendo.

    São tão filhos da puta que só vendo,
    capazes de criar até decreto
    que obrigue o pobre, o cego, o analfabeto
    a dar mais do que vinha recebendo.

    Se a coisa continua nesse pé,
    acabo transformado no engraxate
    dum senador qualquer, dum zé mané.

    Vou ser levado, a menos que me mate,
    à torpe obrigação de amar chulé,
    lamber feito cachorro que não late.

    (GLAUCO MATTOSO)

  • Paulo César da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Foi a maior injustiça que fizeram com o ser humano que sempre defendeu a população matogrossense principalmente no nortão. Aonde centenas de famílias estão sendo expulsas das suas propriedades e se não tivesse sido caçado esse deputado Mato Grosso e o nortão não teria omitido tantos erros que ai estão essas ONG tirando o povo das suas propriedades que é um direito adquirido. Rogério Silva foi e vai ficar na historia do Mato Grosso o melhor deputado federal. Infeslimente tanyos deputados prossessados por compra de voto com prova suficiente e nunca foram caçados ultimamente fizeram mais uma absurdo tentando caçar o deputado Gilmar Fables.

  • Joerge Prado Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este miliante não poderia nem ser candidato, tenho a impressão que em qualquer outro lugar do mundo ele não poderia ser candidato pelos crimes praticados. Ou será que ele se recuperou e não vai mais cometer crime eleitoral? Será que há recuperação para este tipo de crime? Até quando teremos na política este tipo de político? Quando será que o povo vai deixar de ser idiota? Bem, cada povo tem o político que merece....

  • Larissa Batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Impressionante a cara de pau deste político e a burrice generalizada de um povo, este homem depois de ter cometido crimes volta a ser candidato e tem 41.000 pessoas que depositaram nas urnas votos para ele, ou ele foi injustiçado ou o povo tem M..... na cabeça.
    Até quando???? KD o MP? KD o mcce?

  • Maria do Carmo Temer | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Primeiro quero dizer que essa pessoa que escreveu esta matéria é um ignorante incompetente e aproveitador e com certeza ele está tentando levar alguma vantagem pessoal de algum concorrente do sr.rogério.Quem é voce para falar de alguém que voce não conhece. Por isso é que o Mato Grosso está do jeito que está, nas mãos de vagabundos que não tem recurso nem para sobreviver e quer entrar na política só pra roubar o povo.E voce com esse site vagabundo acha que está com o poder nas mãos pois estás merecendo é ser processado por usar palavras pejorativas para denegrir a imagem de quem é trabalhador e honesto.Use a informação como um direito constitucional para que todos possam ter acesso a verdade mas a mentira, o sensacionalismo pejorativo não fazem parte do comportamento de um jornalista. Por isso vai estudar, sentar no banco da escola para saber o prejuízo que voce causa para o Mato Grosso.

  • Mario Quida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meu Deus!! Esse Partido Progressista cada vez me surpreende mais.. será que é requisito para filiação nessa legenda ter antecedentes criminais?? Também ter como fundador do partido o maior corrupto do país Paulo Maluf.. que aliás é deputado e candidato a prefeito em São Paulo!!
    Sem contar Celso Pitta, Pedro Henry, Lino Rossi, José Riva.. e por aí vai!!! EEeee vida de gado, povo marcado, povo feliz.. acorda Mato Grosso!! e o mais surpreendente é que a turma da botina que prega ter moralizado a administração estadual é quem mais dá proteção a essa corja!!

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CACHORRO MORDIDO POR COBRA, TEM MEDO DE LINGUIÇA.!! HE HE

  • Thomé | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O incrivel no Brasil é se conseguir punir algum politico,isso nós sabemos é difícilimo,agora depois de um ser caçado de fato, ali preto no branco e o povo voltar a votar nele, pelo amor de deus quando nosso paíz vai mudar?
    detalhe, Olhe só de que ninho esse Rogério é: Pedro Henry, Riva, Maksues e cia, é gozação alguem votar nele....ou povo merece mesmo essa coisa.

  • ANTONIO SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTE ROGÉRIO SILVA É UM SETE UM DANADO. NÃO PASSA CREDIBILIDADE NENHUMA PARA A SOCIEDADE.

  • raulino klann | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    acho que o dep.ROGÈRIO SILVA teria que ficar em brasília como deputado, só assim temos um deputado federal aqui no norte do estado, e nas próximas eleições o povo do norte votaria em peso, e teríamos um deputado federal para defender o nortão.

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.