Últimas

Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2009, 16h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA FEDERAL

Deputado defende Adjaime e quer reeleição em 2010

   O deputado federal Homero Pereira (PR) disse nesta sexta (14) que o pedido de afastamento do secretário-executivo da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Adjaime Ramos, da executiva regional do PR, não foi motivado por um descontentamento com a cúpula republicana. “O que ele me disse é que optou por ficar neutro devido ao trabalho que desenvolve na AMM, com lideranças das mais diversas siglas”, sustentou. Segundo Homero, Adjaime não demonstrou interesse em deixar a legenda. 

   Homero reafirmou que pretende disputar a reeleição em 2010. “Espero reconquistar a vaga no próximo ano. Nas eleições passadas fui o segundo deputado federal mato-grossense mais bem votado”. Um dos 176 deputados que compõem a Câmara Federal, Homero lembrou que seu nome foi indicado pela bancada ruralista para ser o relator do novo Código Ambiental. “Tenho participação em diversos projetos na área social, da educação, agricultura e, principalmente, no setor de meio ambiente”.

   Segundo ele, os aliados devem chegar a um entendimento em torno das pré-candidaturas ao governo do vice-governador Silval Barbosa (PMDB), do deputado estadual José Riva (PP) e do senador Jayme Campos (DEM). Na disputa a uma vaga na Câmara Federal pelo PR, ele aponta os nomes do deputado estadual Mauro Sávi, do ex-presidente do PR, Moisés Sachetti, do verador por Rondonópolis, Mohamed Zaher, e do prefeito de Água Boa, Maurício Tonhá, o Maurição. 

   Questionado sobre o fato do PR não lançar nome ao governo, Homero justificou que o partido já está há mais de sete anos no comando do Estado e que é hora de abrir espaço para os aliados. "Já colocamos o nome do governador Blairo Maggi duas vezes na disputa. Chegou a hora de dar oportunidade para as siglas aliadas", sustenta. Em contrapartida, o PR cobra apoio à pré-candidatura do deputado federal licenciado Wellington Fagundes à senatória. "Estamos cobrando a candidatura de Wellington para o Senado. Acredito que seja um bom nome para a disputa". (Andréa Haddad e Lisânia Ghisi)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • mauricio do chão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    aonde o jaime vai, o adjaime vai atrás.......
    coitado do PR....rssrs

  • paulo cesar henrique de figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    homero, tem muita gente na sociedade matogrossense que não é burra, sabe muito bem que o seu interesse em relação ao meio ambiente é meramente mercantil, comercial, de transformar os recursos naturais em produtos, sem se preocupar com o rastro de devastação provocada pela agricultura e pecuária, que você tanto defende lá no congresso nacional. não venha com conversa fiada, mentira, enganação, hipocresia de se intitular um politico preocupado com o meio ambiente. não deboche, não achincalhe com a consciência do povo matogrossense, assuma sua conduta histórica de defesa da expansão das lavouras e de pastagens. floresta para você é um monte de pé de arvores. Não fale tanta asneira e vai estudar mais sobre meio ambiente homero!!!

  • Marcelo Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Adjaime sempre flutuou no poder. Jaime deve tê-lo chamado. Mande-o candidatar prá ver se tem votos. Vai puchar a fila.

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.