Últimas

Quarta-Feira, 16 de Maio de 2007, 01h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SEGURANÇA PÚBLICA

Deputado entrega dossiê-bomba ao governador

Relatório confidencial acusa militares de envolvimento em graves irregularidades e crimes  

    O deputado Walter Rabello, após reclamar que foi maltratado pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Adaildon Evaristo de Moraes, comprou mesma "briga" com o alto comando da PM. Ele entregou nesta  terça (15) um dossiê-bomba confidencial ao governador Blairo Maggi. Com 64 páginas, o documento traz denúncias e detalhes de investigações, inclusive da Polícia Federal, que comprometeriam até o coronel Adaildon.

   Começa citando um ofício assinado por 10 coronéis PM, convocando o Conselho Superior da Polícia para ouvir o comandante-geral sobre um projeto de reengenharia operacional. Sugere participação de Adaildon em esquema ilegais, citando inclusive inquérito policial. O dossiê lista vários nomes de oficiais, inclusive de alguns que foram presos por integrar a máfia dos combustíveis.

    Denuncia supostos furtos com envolvimento de PMs em Pontes e Lacerda em 1997, denúncia em Cáceres e conteúdo de um relatório do Núcleo de Inteligência da Polícia Federal em MT sobre um major que, segundo o relatório, teria recebido R$ 150 mil para desocupar terras. Menciona até casos de pistolagem e usa a expressão "quadrilha". Denuncia também que alguns PMs teriam usado de agressão contra posseiros na região de São Félix do Araguaia.

     Por fim, o dossiê, já em poder do governador, traz os seguintes dizerem: "(...) Para nós, oficiais coronéis da PM/MT, trata-se de uma questão de responsabilidade com o nosso Estado, com o nosso governo, com a nossa Polícia Militar e, acima de tudo, com a nossa sociedade, impedir que tais atividades prosperem aos nossos olhos". Depois, emenda: "Ficamos ouvindo notícias de que somos malfeitores e os revoltosos que tentam impedir a implantação de um projeto salvador da pátria que não tivemos a competência para implementá-lo."

    O relatório pede providências ao governador: "Estamos certos que a proximidade desses oficiais não é mera coincidência. Representa um sinal de alerta que já tem trazido e pode produzir desgastes irreparáveis á PM/MT e ao Estado de Mato Grosso".

     Reação

     O comandante-geral da PM, coronel Adaildon, diz considerar estranho que esse fato torne público agora. Segundo ele, caberia ao comandante-geral da época apurar as acusações. Já Walter Rabello, que uma semana antes de entregar o dossiê para Maggi esteve reunido com um grupo de coronéis, alega que as denúncias são muito graves e que precisam ser apuradas.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

No marketing de Pivetta para Senado

bruno bini 400 curtinha   O cineasta e publicitário Bruno Bini (foto) deve comandar o marketing da campanha ao Senado do vice-governador Otaviano Pivetta. As negociações estão praticamente fechadas. Antes da pandemia, em fevereiro, Pivetta estava em negociação com Antero de Barros. A última campanha...

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

Pátio punido por não licitar transporte

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto) vai concluir o mandato sem conseguir realizar a licitação do transporte coletivo urbano de passageiros, vencido desde março de 2014. Por essa irregularidade na concessão, já que a Cidade de Pedra, empresa que explora o...

Anelise só vai com respaldo de MM

anelise silva 400 curtinha   Filiada ao DEM, Anelise Silva (foto) deve desistir da disputa à Prefeitura de Cáceres, a não ser que o governador Mauro Mendes, com quem ela pretende conversar nos próximos dias, declare apoio irrestrito a sua candidatura. Nos bastidores, Mauro não dá sinais de que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.