Últimas

Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2007, 09h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

Deputado Fabris defende advogado de Arcanjo

  O polêmico deputado estadual licenciado Gilmar Fabris (DEM) resolveu sair em defesa do seu amigo Zaid Arbid, advogado do "comendador João Arcanjo Ribeiro, que até antes de ser preso comandava o crime organizado em Mato Grosso. Fabris ficou revoltado com uma entrevista do promotor Mauro Zaque, do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Zaque teria dito que Arbid seria um dos 20 advogados suspeitos de terem sido usados pelo ex-policial civil para, de dentro da penitenciária do Pascoal Ramos, continuar comandando o jogo do bicho e o crime organizado em Mato Grosso.

    A notícia foi manchete da Folha do Estado da última sexta (19) - clique aqui e escolha a data de 19/10 - e confira. Mesmo com a iniciativa do promotor Mauro Zaque em emitir uma nota negando "qualquer tipo de investigação na Operação Arrego envolvendo outros advogados a não ser o já citado nos autos", Gilmar Fabris divulgou um comunicado na imprensa em forma de informe publicitário. "(...) Ao conspurcar a imagem do Dr. Zaird Arbid, o promotor Mauro Zaque tentou constranger o direito à ampla defesa garantida a qualquer ser humano, insultando de forma descabida um profissional de reputação ilibada e conduta exemplar".

  Amigo pessoal de Arcanjo e de Arbid, Gilmar Fabris afirma ainda que, como parlamentar e homem público tomou a liberdade de escrever a nota em desagravo a Arbid e a todos os profissionais injustamente acusados, por saber da retidão e do caráter deste jurista. E emenda: "Muitos são os que atiram pedras e depois escondem a mão, eu prefiro defender aos justos de cara limpa e peito aberto".

   De acordo com Fabris, que já se envolveu numa série de polêmicas e enfrenta acusação de abuso de poder econômico na campanha eleitoral, Mauro Zaque "deve desculpas ao Dr. Zaid pela calúnia lançada em entrevista a um veículo de comunicação local".

    Confira abaixo a íntegra da nota assinada por Fabris com o título "Sociedade não admite coação de advogados".

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • jorge lopes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse Gilmar Fabris é farinha do mesmo saco e feito do mesmo jeito.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pena que este deputado é o menos indicado prá falar em HONRRA

  • Andressa Machado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Chega de uma sociedade hipócrita! Parece que vivemos no País da Maravilhas. Gente, vamos acordar... Todo ser humano tem seus interesses. Esses que criticam muito, por "debaixo dos panos" fazem acordos horrorosos para favorecer a si proprios e seus familiares. Essa é a sociedade atual de que todos nós fazemos parte.
    O Deputado Gilmar Fabris, tem uma qualidade que todos os homens publicos deveriam assumir: SER VERDADEIRO. Ele vem a publico defender um amigo, que no exercicio da advocacia, profissão que tem por obrigação defender a qualquer ser humano, e que hoje defende João Arcanjo Ribeiro, vem sendo criticado pela mídia. Quanta baboseira! Vão estudar DIREITO e ver que toda pessoa tem direito a defesa. Até pouco tempo, o ARCANJO, Comendador, era pessoa de mais alta reputação no meio politico, empresarial, etc. Agora ele virou o MONSTRO. Como pode a mesma pessoa mudar tanto????
    Gostaria que o MP investigasse, por exemplo, as fraudes nas licitações do atual governo... Parece que só existe o caso João Arcanjo para o Ministerio Publico de MT trabalhar. MP, vamos notificar prefeitos, governadores para que implementem politicas públicas. E o NEPOTISMO no Poder Executivo, vocês não vão acionar o Governador? Cadê o guardião da Constituição Federal??? E as queimadas???? O caso Arcanjo parece que a Justiça já tomou conta... Vamos mostrar serviço nos setores SOCIAIS que a população precisa. Não conheço o Deputado, mas penso que ele parecer ser COERENTE com o que pensa e acredita. Isso se chama ter VERGONHA NA CARA, assumir de fato o que pensa e faz. Em relação aos hipócritas, homens de mero discurso: REPÚDIO TOTAL. Acorda MP, vamos trabalhar de verdade! Cumpram o seu papel!

  • Celso Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Ocimar Carneiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabenizo o deputado Gilmar fabris pela iniciativa e pela coragem. Elamento pela omissão da OAB-MT.

  • Justino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Hãããããnnn... deixe-me ver... O que o "nobilíssimo" Deputado Gilmar fabris tem a ver com o caso?

    Qual o seu interesse no assunto? É compadre do tal advogado? Seu sócio? parente? amiguinho?

    Vôôôôôôte....

  • Ocimar Carneiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabenizo o deputado Gilmar fabris pela iniciativa e pela coragem. Elamento pela omissão da OAB-MT.

  • Celso Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lamento pela censura ao meu comentário. Vou tentar me expressar de forma a me enquadrar na exigência (ou subserviência) do site quando trata-se de criticar alguns poderosos (ou não seria mafiosos?):

    Pois é, Não sei o que o deputado Fabris tem a ver com o Advogado de defesa de Arcanjo para se doer por ele desta forma. Pelo que conheço do Gilmar Fabris ele não é advogado nem amigo do Zaid Arbid então ...

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se o nobre dep. Gimmar Fabris pretendia defender a honra do advogado de Arcanjo,só chamou holofote para si mesmo por ser o menos indicado para falar em moral e ética basta relembrar os escrabosos casos que teve o seu nome envolvido,acho que a OAB deve ter os seus dispositivos legais para defender as prerogativas dos seus associados se não o fez em relação ao dr Zaid é por omissão ou achar desnecessário.Quanto ao promotor Mauro Zaque creio que toda a sociedade matogrossense deve muito a ele e aos demais integrantes do GAECO a volta da crebidilidade nas instituições pela maneira estóica que desempenham as suas missões,constitucionais,inclusive colocando as suas vidas em perigo.Querer desacreditar homens desses quilates no mínimo é querer colaborar com o crime organizado que até dias atrás causava verdadeiro pavor só de citar alguns nomes em público devido aos ´seus poderosos tentáculos infiltrados em todas as instituições públicas.A sociedade não pode mais aceitar que homens que carregam um poder que lhe foi outorgado pelo povo use este poder para defender aqueles que tanta desgraça trouxe aos seus filhos,sob pena de perdemos dias melhores para as gerações futuras.

  • jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Boa Tarde
    O Dep. está de parabéns, primeiro pela sua coerência, já que defendeu ao "vivo" o "Comendador Arcanjo", estou certo que ao lado das posições antagônicas que consegue mostrar, existe o fator LEALDADE,que é um fotar positivo em seu carater e pelo qual o saudo.
    Mas fiquei surpreso foi pelo saber juridico apresentado na nota de repudio, não sabia que o Deputado tivesse este conhecimento tão brilhante e altamente esclarecedor.
    Parabéns.

    Jacyara

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...