Últimas

Quarta-Feira, 30 de Maio de 2007, 10h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

Deputado Henry é vinculado a dono da Gautama

   De novo, ele se envolve em escândalo. O deputado federal mato-grossense Pedro Henry (PP), que já conseguiu salvar o mandato após ligação do seu nome ao esquema do mensalão e à máfia dos sanguessugas, agora é vinculado à máfia das fraudes em obras públicas. Ele é acusado de ter sido um dos articuladores para que a Gautama, do empreiteiro baiano Zuleido Veras, ganhasse licitação para construir rede de esgoto em Sinop (a 500 km ao Norte de Cuiabá).

    Os indícios são apontados pela Polícia Federal, que grampeou telefonema de Zuleido. Na conversa, o empresário diz que "é mais fácil conseguir recursos" com o deputado Henry . Os recursos eram para "um novo projeto" em Sinop, revela reportagem da Folha online, publicada nesta quarta (30) pela manhã - confira aqui.

   Segundo a reportagem, a conversa foi captada em 23 de março. Quatro dias antes, Zuleido assinara com o prefeito de Sinop, Nilson Leitão (PSDB), que foi preso na Operação Navalha e foi liberado depois, um contrato de R$ 48 milhões para rede de esgoto local. A PF diz que Zuleido pagou R$ 200 mil de propina a Leitão para obter a obra.

    Leitão nega. Disse que procurou Henry para que o deputado pressionasse pela obtenção de R$ 62 milhões do PAC destinados à uma segunda etapa de obras de esgoto.

    De acordo com a Folha, quando citou Henry, Zuleido conversava com Jair Pessine, ex-secretário de Leitão e que presidiu a comissão de licitação, da qual saiu vitoriosa a Gautama, para fazer esgoto em Sinop. Segundo a PF, Pessine recebeu a propina para o prefeito.

     Diz o relatório da PF sobre a escuta: "Zuleido fala que está ótimo, diz que o prefeito falou com ele para pensarem em um novo projeto. Pergunta como Jair vê essa possibilidade. Jair diz que está vendo bem, com grande otimismo, (...) fala que esteve com ele (Nilson Leitão) no Pedro Henry e vê isso com grandes possibilidades. Zuleido diz que "com Pedro Henry é mais fácil conseguir recursos".

  O financiamento da primeira fase da obra de esgoto, no valor de R$ 38,2 milhões, foi suspenso pelo BNDES após a Operação Navalha, que prendeu Leitão e Zuleido. O dinheiro não chegou a ser liberado.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Valdomiro Lacerda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    De novo. A cúpula política do nosso País já está, há muito tempo, afundada na lama, agora nós Mato-grossenses, estamos ficando um pouco mais prejudicados no cenário nacional. Pois, termos um representante como o Dep. Pedro Henry, onde o mesmo vem aparecendo em todas as manchetes de corrupção.... realmente estamos arruinados!!!! o que vão dizer da gente????

  • Ronaldo Lucas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Da forma que a notícia está veículada, induz as pessoas a não fazerem uma analise correta dos fatos. A final de contas, conseguir recursos para investimento em obras que atendem as necessidades da população é uma das responsabilidades dos deputados federais ou não?
    O governador Blairo Maggi já cansou de falar que o deputado Pedro Henry é o que mais traz recursos para Mato Grosso.
    Agora, se o local de destino dos recursos se utiliza de meios ilícitos nos processos, os deputados não tem nada a ver com isso, certo ou errado?
    Vamos lá Pedro Henry, Mato Grosso conta com você.

  • RODRIGO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DE NOVO PEDRO????????? ETA PEDRO,PARA PEDRO,ETA PEDRO QUE NÃO PARA........

  • marcio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    de novo esse deputado pedro henry mensalao sanguessuga navalha gautama como o nome dele ficou grande ele ja e conhecido no cenario nacional e que vergonha para nos mato grossense ter um representeante desse, olha governador afaste desse tipo de politico ele ja afundou caceres cuidado afundar o estado preste muita atençao povo cacerense com seus representante ainda bem que sai a tempo de caceres O GOVERNADOR PRESTE ATENÇAO A SUA LINHA E OUTRA POLITICO HONESTO E JUSTO.

  • ademar adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este deputado esteve nas seguintes listas:

    1 - Mensalão
    2 - Sanguessuga
    3 - Lista de furnas, e agora
    4 - Gautama.

    É o rei da boquinha!

    E os eleitores burros ainda elegeram ele novamente...

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse cara não se cansa de envergonhar Mato Grosso no cenário nacional?

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu discordo deste cidadão valdir quem deveria envergonhar-se seria nós e não ele porque ele está no papel dele,ele candidatou-se apostando suas fichas.Agora não adianta chorar o leite derramado.

  • marcio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    romilson gostaria que vc investigasse com o ex prefeito de gloria do oeste sobre uma obra que foi feita naquela cidade e o dep pedrohenry consequiu verba e foi liberado um montante e foi repassado outro isso foi comentado pelos proprios municipes

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.