Últimas

Domingo, 25 de Fevereiro de 2007, 02h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Deputado não especifica valor de imóvel

 

     João Cuiabano Malheiros, recém-empossado para o segundo mandato de deputado estadual, revela à Justiça Eleitoral que, em seu nome, só existem cinco bens (duas residências, dois veículos e um terreno). Juntos, somam apenas R$ 484 mi. O parlamentar chega a especificar uma casa em Cuiabá, mas não declina valor. Em Chapada dos Guimarães é proprietário de dois imóveis, um terreno avaliado em R$ 14,6 mil e uma casa orçada em R$ 70 mil. Completam a curta lista de bens um veículo Blazer e um Meriva. 

      Malheiros foi vereador por três mandatos e chegou a presidir a Câmara Municipal da Capital por dois anos. É tido como representante político da cuiabania. Discreto, ele não entra em conflitos e procura a agradar a todos. Seu desempenho parlamentar é classificado como pífio, principalmente em se tratando de apresentação de projetos.

     O governador Blairo Maggi o convidou para assumir a pasta da Casa Civil, uma estratégia para ter um político no primeiro escalão identificado com a cuiabania e, ao mesmo tempo, cumprir a promessa de abrir vaga na Assembléia para o suplente Wagner Ramos, de Tangará da Serra, única região até agora sem representante no legisaltivo mato-grossense. Malheiros toma posse na próxima quinta, 1º de março. Será interlocutor do Executivo junto aos deputados.

  O blog RDNews continua a série sobre os bens dos parlamentares. Já revelou o patrimônio dos oito federais - Pedro Henry (PP), Valtenir Pereira  (PSB), Carlos Abicalil  (PT), Thelma de Oliveira  (PSDB), Eliene Lima  (PP), Carlos Bezerra  (PMDB), Wellington Fagundes  (PR) e Homero Pereira  (PR) -, e dos deputados estaduais Sérgio Ricardo (PPS), Ademir Brunetto (PT) e Walter Rabello (PMDB).

      Confira os bens declarados por Malheiros

1)      Uma casa em Cuiabá – não cita valor

2)      Um terreno em Chapada dos Guimarães – R$ 14,6 mil

3)      Um veículo Blazer – R$ 19,3 mil

4)      Uma veículo Meriva – R$ 44,5 mil

5)      Uma residência em Chapada dos Guimarães – R$ 70 mil

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

MAIS LIDAS