Últimas

Quinta-Feira, 06 de Março de 2008, 08h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Deputado petebista indica Nigro para o Turismo

  Numa conversa informal, o governador Blairo Maggi pediu auxílio ao empresário Chico Galindo, único deputado do PTB na Assembléia, na escolha do novo secretário de Estado de Desenvolvimento do Turismo. Adiantou que pretende nomear alguém na pasta que tenha perfil técnico e domínio de outras línguas, principalmente do inglês, já na expectativa de Cuiabá vir a ser uma das subsedes da Copa do Mundo de 2014, o que exigiria de quem estiver na Sedtur um maior despreendimento na recepção aos visitantes de todo o mundo.

  Galindo sugeriu o nome de seu amigo Luiz Carlos Nigro, do Hotel Fazenda. Filho de Leopoldo Mário Nigro, "cabeça" do trading turístico em Mato Grosso, Luiz Carlos, por sua vez, não demonstrou interesse em compor o primeiro escalão da turma da botina. Já Galindo se empolgou com a abertura do diálogo pelo governador e vai procurá-lo para reivindicar que a legenda petebista tenha uma pasta na administração. O Turismo sempre foi um dos setores preferidos por petebistas. O ex-deputado federal Ricarte de Freitas, atolado até o pescoço no escândalo da máfia das sanguessugas, por exemplo, concentrava suas emendas no setor. Em nível nacional, o PTB contava como ministro do Turismo Walfrido Mares Guia. 

  Chico Galindo observa que a participação da legenda petebista no staff do governo Maggi não precisa ser, necessariamente, na Sedtur, que continua sob comando de Pedro Nadaf até que o governador defina o novo secretário. Nadaf agora é titular da Indústria, Comércio, Minas e Energia. "O PTB até agora não reivindicou nenhum cargo de primeiro escalão. O partido tem representatividade e faz parte do arco de alianças do governo. Então, é mais que justo a gente tem participação", diz Chico Galindo, que volta a se reunir com Maggi na próxima semana para comunicar oficialmente que Nigro não aceitou o convite e que agora o PTB não abre mão de compor o staff.

   Sem opção

   Blairo Maggi não demonstra pressa para definição do seu quarto secretário do Desenvolvimento do Turismo. Num estado com várias atrações turísticas, o orçamento da pasta é de R$ 8,3 milhões. Maggi começou a administração, em janeiro de 2003, com Ricardo Henry. Depois veio Yeda de Oliveira e hoje está sob Pedro Nadaf. Com a exclusão do nome de Luiz Carlos Nigro, que tem negócios com o governo estadual, uma outra opção, inclusive referendada pelo trade, é de Oiran Gutierrez, dono em Mato Grosso da CVC Viagens e Turismo.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Ramoli Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A IDÉIA É COLOCAR A RAPOUSA CUIDANDO DO GALINHEIRO?

  • RAMIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NADA TENHO CONTRA OS SENHORES OIRAM E NIGRO, PORÉM É PRECISO ANALIZAR A QUESTÃO COM MUITA OBJETIVIDADE. HA QUANTO TEMPO ESSES SENHORES FAZEM PARTE DO TRADE TURÍSTICO? SE O TURISMO É FRACO EM MATO GROSSO, MUITO É POR CULPA DELES QUE APESAR DE ESTAREM HÁ MUITO TEMPO NO SEGMENTO NADA CONSEGUIRAM INOVAR, CRIAR, FAZER. ELES INCLUSIVE O JUSTINO, SÃO ULTRAPASSADOS, SÃO DA ESCOLA DE EXPLORAÇÃO DO TURISTA AO INVÉS DA EXPLORAÇÃO DO TURISMO.
    É PRECISO TER CORAGEM DE ARRISCAR GENTE NOVA, COM ARTICULAÇÃO INTER-ESTADUAL E MUNDIAL, COM NOVAS IDÉIAS E PROJETOS OUSADOS, CAPAZES DE ATRAIR INVESTIMENTOS EXTERNOS.
    CHEGA DA MESMISSE SENHOR GOVERNADOR, DÊ CHANCE PARA ALGUEM TRABALHAR DIREITO POIS ISTO EM NADA PREJUDICARÁ SUA IMAGEM TÃO DESGASTADA PELAS INDICAÇÕES SOFRÍVEIS QUE TENS FEITO.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para que o turismo nesse estado possa ser pujante é necessário colocar um gestão a frente da secretaria. Alguem que conheça toda a situação e que possa efetivamente desenvolver ações que leve o turismo em nosso estado ao destaque que ele merece, rumando a copa de 2.014.
    O Oiran serve, mas quem é melhor relacionado, fala inglês fluentemente e não é tão autocrata é o dono da Pousada Penhasco, o senhor Justiniano.

  • Marcelo Alves Correa da Costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha, nada contra as decisoes de indicar uma pessoa culta para tal cargo , na verdade os secretarios de niveis estaduais ( boa parte)deixam a desejar, porem já esta provado na historia politica brasileira que nem sempre a eficiencia e conhecimento do gestor, na sua vida profissional privada, reflete em otima gestao publica. Podemos observar de nivel nacional , Jose serra , não tinha nada de médico e sim engenheiro e foi um otimo gestor na area da saude. Nivel estadual, reportamos ao amigo irmao,finado Ezequiel sobrinho ( petebista roxo), criou um marco na gestao do turismo do estado, com sua forma de excelencia de admnistrar. Ouse ja percebemos que não é necessario saber suturar um paciente para gerar saude eficaz, não é necessario saber ingles para saber qual é a necessidade de atitudes que o estado precisa agir para desenvolver o turismo do estado.
    Desta forma , com a nao aceitacao do Carlos nigro , que seria uma otima indicacao, o deputado chico galindo, com a sua forma nova de gerir acoes publicas, deveria repensar sua indicacoes e nao se curvar a pressoes de TRADE, sindicatos e etc. Assim permanece com sua soberania e transaparencia na forma de admnistrar.

  • benetino serafim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Legal...agora é só chamar a SEDTUR de Hotel fazenda Mato Grosso e tudo fica bem.

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AGORA ME PARECE QUE O GOVERNADOR BLAIRO CAIU NA REAL,COM O DESMONTE DA SEDTUR PELO PEDRO NADA"F"SÓ A NOMEAÇÃO DE UM PROFISSIONAL DA ÁREA PARA COLOCAR A SEDTUR NOS TRILHOS CERTO.

    UM PROFISSIONAL DO TURISMO TEM COMPROMISSO COM A ATIVIDADE QUE REQUER MUITO TRABALHO E DEDICAÇÃO.

    SÓ NOS RESTA CUMPRIMENTAR O GOVERNADOR PELA ATITUDE,EMBORA TARDIA,ANTES TARDE DO QUE NUNCA.

  • Ataulfo de Medeiros e Gerra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caso seja o discernimento do governador, já que só ele tem o alvitre para faze-lo, o Trading Tusrismo de MT deve indicar sim, o nome do futuro secretário. Essa pessoa deverá estar capacitada para tal e não pode ser os parentes do Leopoldo para não dar conversinhas depois, mas alem das agências de passagens e os hoteis, ainda fazem parte dessa cadeia, os bares, restaurantes, moteis, pousadas, transporte, etc... Será que nesse meio não existe uma pessoa com a capacidade profissional de fazer o alavancamento do turismo em MT. Pense aí pessoal, vamos expandir o grupo para não ficarmos nessa eterna panelinha que virou o Trading.

  • Vicente Campos ( Ex. Presidente Abav-MT | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Neste momento grave que se encontra o nosso turismo receptivo no estado, o nosso lider Luiz carlos Nigro seria nossa esperança, por ter grande conhecimento dos nossos problemas e buscar uma solução rápida e prática.
    Vamos torcer para que o nosso Governador, defina seu nome para comandar a Sedtur.

  • EDGAR MARQUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Calma pessoal,Chico Galindo sabe muito bem o estafe que tem o PTB.seremos responsaveis pelo turismo no estado, precisamos buscar nomes que trara solucões para o desemprego,quem sabe Dilemario não faz o perfil, ele e audacioso, esta sempre com a mente ocupada por melhores dias aos trabalhadores desempregados,

  • Jean M. Van Den Haute | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O ex Ministro Wilfried Mares Guia já esteva por três vezes em Cuiabá, solicitando, sem sucesso, a criação de no mínimo três verdadeiros produtos turísticos. Isso SÓ se faz com investimentos em INFRA-ESTRUTURAS.
    Sem meios de acesso e equipamentos adequados, seguros, eficiêntes e de padrão internacional, o Pantanal vai continuar sendo uma maravilhosa ... matéria prima.
    Sem um transporte coletivo eficaz, digno e econômico, sem a revitalização do Bairro do Porto, Cuiabá nunca será o Portal Norte de acesso ao Pantanal, ... nem mesma uma cidade digna de receber o chamado turismo de negócios.
    Portanto, não é preciso saber falar inglês ou "fazer turismo" nas feiras internacionais, o que precisa é saber trabalhar como fez o Secretário Ezequiel.

    Jean M. Van Den Haute
    Consultor Internacional da Logística Automatizada
    Autor do Programa de Desenvolvimento do Turismo Fluvial no Mato Grosso - ÁGUAS & MAGIA (UNESCO / IBAMA)
    Coordenador Técnico Benévolo da ASSUT-MT,
    do Pacto por Mato Grosso e da Rede Amazônia.

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...

Retorno, um novo tempo e inocência

jose carlos novelli 400 curtinha   Os conselheiros José Carlos Novelli (foto) e Antonio Joaquim participaram nesta terça da primeira sessão do Pleno do TRE, após três anos e seis meses afastados por determinação da Justiça, com base em denúncias sem provas de que cinco conselheiros...

MAIS LIDAS