Últimas

Sábado, 12 de Maio de 2007, 07h:16 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Deputado prepara 8 ações contra Estado de MT

   O deputado estadual Percival Muniz (PPS) contratou uma banca de advogados para ingressar ao menos com oito ações na Justiça, a maioria contra o Estado de Mato Grosso. Pleiteia reparação por danos materiais e morais. Para tomar as providências jurídicas, ele aguardou seis meses até a conclusão de um inquérito policial, no qual foi investigado como suposto beneficiário de um grupo de geradores de energia do Estado.

   Motivado por uma denúncia anônima, a delegada Fazendária, Maria Alice Barros Amorim, instaurou inquérito em novembro do ano passado. Por quatro meses, ela investigou se, de fato, procedia a acusação de que um grupo de geradores fornecidos pela secretaria de Estado de Educação, até então sob Ana Carla Muniz, esposa de Percival, teria sido desviado para a fazenda do casal na região do Xingu ao invés de chegar ao destino correto, que seria uma aldeia. Nesse ínterim, a delegada, com autorização da Justiça, fez busca e apreensão na fazenda de Muniz. Por fim, concluiu que a denúncia era improcedente.

   "Tentaram montar pra cima de mim, tudo para atingir a minha imagem e de minha esposa (então secretária Ana Carla). Foi grande o prejuízo moral e material, afirma Muniz, eleito deputado estadual com 41.719 votos, o mais votado da coligação PPS/PFL, que elegeu 10. "Agora, vou propor todas as ações necessárias de reparaçao de danos", enfatiza o presidente regional do PPS.

   Ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz afirma que o deputado José Riva (PP), com quem enfrenta divergências políticas, chegou a ir no município especialmente para cobrar providências quanto às acusações. Reclama também da ação da delegada Maria Alice. Segundo o deputado, ela omitira nomes dos investigados, manobra para obter deferimento da Justiça aos pedidos de busca e apreensão.

    "Fiquei mais de quatro meses sem um grupo de geradores na fazenda por causa da apreensão. Isso trouxe um prejuízos enormes. Tivemos problemas, inclusive, no preparo da alimentação para os bovinos", destaca Muniz, que, à época, batizou o caso de "Operação Tabajara".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

Contratos suspensos de 7 prefeituras

domingos neto 400 curtinha   O conselheiro do TCE-MT, Domingos Neto, determinou, até julgamento do mérito, a suspensão de pagamento por sete prefeituras à Oscip Tupã. Ele é relator de uma representação feita pelo Ministério Público de Contas contra as prefeituras de Vera,...

Contrariando estatística do governador

silvano amaral 400 curtinha   Mais um secretário de Estado contraria a estatística do governador Mauro, que no ano passado se orgulhou de anunciar que nenhum dos integrantes do primeiro escalão respondia por condenação judicial. O emedebista Silvano Amaral (foto), ex-deputado, ex-secretário de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.