Últimas

Terça-Feira, 10 de Julho de 2007, 20h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

MEIO AMBIENTE

Deputados aprovam 1ª CPI contra gestão Maggi

    Com apoio tímido do próprio governo Blairo Maggi, a Assembléia aprovou a proposta de criação de CPI para investigar supostas irregularidades na secretaria de Meio Ambiente, a primeira da atual administração. Onze deputados aprovaram o requerimento apresentado pelo primeiro-secretário da Mesa Diretora, José Riva (PP). Como as 11 assinaturas, não foi necessário levar o pedido à votação em plenário. O Palácio Paiaguás entende que não sairá enfraquecido das investigações ao expor o setor ambiental. Acha, inclusive, que a picada do escorpião pode ser menos dolorida do que se imagina.

      A maior reclamação sobre a Sema, comandada por Luis Henrique Daldegan, diz respeito à morosidade nos processos de licenciamento e, agora, para piorar, com denúncias de irregularidades envolvendo alguns servidores. Antes de votar e aprovar a CPI, os parlamentares estiveram reunidos com Maggi, no Palácio Paiaguás. Obtiveram do governador aval para tomar a decisão que quissesse.

     Nada menos que 15 mil processos tramitam na Sema, dos quais cerca de cinco mil são sobre manejo sustentado. Trata-se de autorização para extração de madeira. Em muitos casos, a liberação demora hoje mais de dois anos.

   A Assembléia aprovou a CPI motivada mais por pressão externa, principalmente dos madeireiros do Nortão. O setor vive crise e sob tensão, já que muitos empresários já foram presos por envolvimento em esquemas de extração e exploração ilegal de madeira. A CPI terá 180 dias para apresentar relatório e soluções com vistas a pôr fim a esses impasses.

    Muitos acreditam que com a CPI quem se fortalecerá será o secretário Daldegan, que passaria a ganhar maior autonomia para tomar as medidas administrativas que vem planejando desde o final do ano passado, quando assumiu o comando da pasta do Meio Ambiente. 

Os 11 deputados que assinaram o requerimento para instaurar CPI foram
José Riva (PP) Zé Domingos (DEM)
Dilceu Dal Bosco (DEM) Zé Carlos do Pátio (PMDB)
Mauro Savi (PR) Wallace Guimarães (DEM)
Walter Rabello (PMDB) Maksuês Leite (PP)
Campos Neto (PP) Carlos Avalone (PSDB)
Percival Muniz (PPS)  

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qual a credibilidade desta CPI? Foram parlamentares que assaltaram o cofre da Assembléia,mais de 65 milhões, todos mudos,surdos e segos,estamos de oleo. Algo querem barganhar governador.

  • Joao Siqueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ué cadê um tal \"deputadinho\" lá das bandas do nortão que se dizia a favor da C.P.I e sequer assinou a lista. É parece que o Blairo chamou ele pra uma conversinha daquelas...

  • DARCI JOSÉ MALLMANN | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os Deputados Estaduais de Mato Grosso, deveriam se preocupar mais com o total abandono da Região Noroeste, do que se preocupar com CPIs, até porque tem alguns deles com uma série de processos em andamento. Lamento Senhores Deputados, pois os seus eleitores esperam que realmente se preocupassem e cumprissem as promessas de campanha. Uma vaia a vcs!!!

  • pedro luiz shitokan | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com o Gilmar Brunetto, esses deputados estão querendo barganhar alguma coisa com o governador. Ou pode ser também uma trama para detonar ou abrir de vez o órgão ambiental aos que vêm"atrapalhando o desenvolvimento", ou seja, os devastadores do meio ambiente, que são amigos de certos deputados. Como se não bastasse ocuparem os cargos estratégicos no órgão ambiental.

  • Antonio Luiz de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que credibilidade têm esta CPI quando sabemos que na Assembléia quem manda são dois deputados, justamente os que detêm os cargos de secretário e de adjunto da SEMA. Nas apurações do MPE já foi detectado inclusive a acusação de participação de um assessor direto do deputado bosaipo, ex-prefeito de nobre, conforme noticiou agora a pouco na TV RECORD. E lá na SEMA, todos sabem do poder que detêm um engenheiro florestal ligadíssimo ao mesmo deputado, e que não sai do gabinete do secretário, que também já foi chefe de gabinete do mesmo deputado. Já o secretário adjunto, por sinal extremamente arrogante, fora indicado com apoio do deputado Riva, e isso não é segredo para ninguém. Inclusive o deputado Riva quer ser o presidente ou relator da CPI. Meu Deus, quem acredita que essa CPI é séria!!!

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    porque nao abriram CPI na epoca do escandolo dos dep. riva e bosaipo quando as coisas acontece na assembleia as coisa s abafasm por la mesmo o autor dessa CPI e representente do nrtao onde esta concentrado o maior indice de madereiros sera que ele nao tem madereira por la iremos investigar isso

  • getulio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta CPI só terá credibilidade quando afastar secretário e adjunto, pois são eles os único donos da verdade e estão acima da lei.
    Esta secretaria teve os seus bons momentos na gestão anterior, mas o grande erro do secretário Machado foi indicar um substituto tão incompetente como este que aí está. Esta CPI vai apenas defender os interesses políticos dos parlamentares nela envolvidos e ao seu término, teremos os mesmos incopetentes a sua frente.
    Assim é a política.

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

Bezerra ignora filiado do seu filiado

carlos bezerra 400   Carlos Bezerra (foto), o "cacicão" do MDB, abandonou antes da hora o palanque de Emanuel Pinheiro, mesmo se tratando do filiado mais importante em representatividade partidária no Estado. Bastou a pesquisa Ibope mostrar que o prefeito da Capital estava atrás de Abílio nas intenções de...

Sob ataques e humilhação e vitorioso

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) se emocionou ao falar com a imprensa neste domingo, pela primeira vez como prefeito reeleito. Lembrou que foi atacado não só neste período eleitoral, mas desde o início do mandato. Destacou a aprovação popular, com 86% de avaliação...

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

MAIS LIDAS