Últimas

Sábado, 12 de Abril de 2008, 07h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

FAMILIOCRACIA

Deputados articulam candidatura dos cônjuges


Chica Nunes tem o marido Marcelo Ribeiro pré-candidato em Barão de Melgaço, enquanto Ademir Brunetto quer a esposa Lucimara no comando de Alta Floresta e Otaviano Pivetta busca eleger a mulher Mari em Lucas do Rio Verde

  Alguns deputados estão preparando para concorrer às eleições deste ano não apenas irmãos, sobrinhos e primos, mas também as esposas e maridos. O petista Ademir Brunetto (PT), por exemplo, vem se esforçando para ter a mulher Lucimara Brunetto como candidata à prefeita de Alta Floresta. Em 2004, o próprio deputado e empresário disputou e perdeu para a pedetista Izaura Alfonso.

   Outro deputado-empresário que "empurra" a mulher para as eleições é Otaviano Pivetta (PDT). Ele transferiu o título de eleitor para Cuiabá, mas, estrategicamente, conservou o da esposa Mari em Lucas do Rio Verde. Pivetta foi prefeito por duas vezes. O seu grupo continua no poder há mais de uma década, apesar de hoje o prefeito Marino Franz (PPS) sinalizar para ruptura.

   A deputada Chica Nunes (PSDB) também quer a família se perpetuando no poder. Depois de reconquistar o mandato junto ao TSE, pois tinha sido cassada pelo TRE-MT por suposta compra de votos, ela lançou o marido Marcelo Ribeiro à Prefeitura de Barão de Melgaço. Marcelo é ex-vereador por Cuiabá e está filiado ao PP.

  Fora a situação desses casais, outros deputados se esforçam para ter irmãos como prefeitos, como são os casos de José Domingos, que tem o irmão Neurilan Fraga como "prefeiturável" de Nortelândia, e os federais Homero Pereira (PR), com o irmão Américo (PDT) em Alto Araguaia e, Pedro Henry (PP), com o mano-prefeito Ricardo, pré-candidato à reeleição em Cáceres.

   A lista ganha dimensão quando se incluem políticos detentores de mandatos e outros membros da família na corrida eleitoral. Veja alguns exemplos abaixo.

(13/4 - Às 14h35) - Pivetta nega apoio e condena casal político

  O deputado Otaviano Pivetta assegura que, por mais que Mari seja motivada por um grupo de pessoas para concorrer à Prefeitura de Lucas do Rio Verde, não a apóia por entender que casais não podem fazer carreira na política. "Tenho uma posição partidária e ideológica de não apoiar esse tipo de situação", diz o parlamentar. Segundo ele, independente de sua posição, Mari não deve ser candidata.

  Na avaliação de Pivetta, essa fase de maridos lançarem esposas para cargos eletivos faz parte do passado. "Todas as histórias de marido e mulher em cargos eletivos trouxeram prejuízos para a sociedade, além de espelhar um cenário provinciano", enfatiza o parlamentar.

  Ele não citou nomes, mas os últimos casais com cargos eletivos foram o ex-governador Dante de Oliveira (já falecido), que "elegeu" Thelma deputada federal, em 2002. Ela se reelegeu em 2006. O ex-senador Jonas Pinheiro, que faleceu este ano, também "fez" da esposa Celcita uma deputada federal, assim como o ex-governador Carlos Bezerra, que também ajudou a transformar Teté Bezerra em deputada federal.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • ajsantos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • jose Mossueto da Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Uma empresa quando é boa, paga bem, é normal que os funcionários busquem emplacar seus parentes e aderentes no quadro funcional da mesma, na politica todos reclamam dos salários baixos, mas todos sem excessão buscam trazer os seus parentes mais proximos e em cargos inferiores aos que ocupam, será que é para montar uma escada dentro da própria familia?

  • Joaquim Ribeiro dos Santo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Jangada, esta passando por grandes dificuldade administrativa, todo por vaidade politica da familia Capmpos tem não está enchergando o mau que estão fazemdo com esta sociedad,com a administração do Prefeito Dito Paulo o Ditinho Campos com e conhecido. Senhor Senador Jaime Campos será que o senhor não esta enchergando a situação que seu irmão esta deixando Jangada como terra de niguem. A cidade esta um nojo tem a santa paciencia Senador tira este cidadão de jangada por que se não o povo tira, o politico que coloca o nome e perde para Edinho Meira na Pesqisa e muito ruim de serviço o sr não acha, ainda e tempo de pensar.

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O ELIAS SANTOS VAI LEVAR UMA SURRA DE VOTOS DO ATUAL PREFEITO DE CHAPADA GILBERTO MELO, É QUE PELO O QUE EU OUÇO EM CHAPADA, O POVO DE LA NÃO QUER CORRER O RISCO DE TER UM PREFEITO PARA-QUEDISTA, E SEM NENHUM COMPROMISSO COM O MUNICIPIO. JA EM BARÃO A COISA PODE SE COMPLICAR MAIS DO QUE JA ESTA, COM A PÉSSIMA ADIMINISTRAÇÃO DO PREFEITO IBSON P LEITE, JA PENSOU SE O MARIDO DA CHICA GANHAR EM BARÃO ?? SÓ DEUS PRA DAR JEITO, EU HEIN.!!!

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

Uma petista das causas bolsonaristas

edna sampaio 400   A emblemática vereadora petista Edna Sampaio (foto) se mostra a cada dia defensora das pautas bolsonaristas. Na Câmara de Cuiabá se aliou e vota combinado com os direitistas e conservadores tenente Paccola (Cidadania) e Michelly (DEM). No episódio em que a colega parlamentar fez uma "sarrada"...

Esperança do Procon por candidatura

gisela simona 400   Quem pensa que Gisela Simona (foto), aquela que perdeu para prefeita de Cuiabá e se queimou politicamente ao se aliar a Abílio no segundo turno, não se movimenta politicamente com interesse nas eleições de 2022 está redondamente enganado. Ela tenta, por tudo, reassumir a...

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...