Últimas

Quinta-Feira, 10 de Maio de 2007, 08h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Deputados estaduais passam a ganhar R$ 12 mil

    Os deputados aproveitaram a visita do papa Bento XVI ao Brasil e aprovaram nesta quarta à noite, em votação simbólica, os dois projetos que reajustam em 28,5% os seus próprios salários, dos ministros, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do vice-presidente, José Alencar. Devido ao efeito cascata, os 24 deputados estaduais mato-grossenses terão também seus salários elevados de R$ 9,6 mil para R$ 12,3 mil. Os vereadores também serão beneficiados, mas somente na próxima legislatura.
   Na tumultuada sessão na Câmara Federal, o único deputado a votar contra o reajuste que se manifestou no plenário da Câmara foi Ronaldo Caiado (DEM-ex-PFL-GO). O reajuste aguarda votação dos deputados desde o ano passado, quando as Mesas Diretoras da Câmara e do Senado chegaram a cogitar a equiparação dos subsídios dos parlamentares aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal, que é de R$ 24,5 mil. O projeto precisa ser aprovado pelo Senado para entrar em vigor.

     Efeito cascata

    O reajuste provocará um efeito cascata, resultando no aumento dos salários de deputados estaduais e vereadores. O vencimento dos federais e senadores vai passar dos atuais R$ 12.847 para R$ 16,5 mil. Lula, que recebe atualmente R$ 8.885, passa a receber R$ 11.420. Já o salário de Alencar e dos demais ministros subiria dos atuais R$ 8.362 para R$ 10.748.
    Em Mato Grosso, cada um dos 24 deputados estaduais, que hoje recebe R$ 9.635, terá o salário elevado para R$ 12.380. Com isso, a folha somente dos parlamentares sobe de R$ 231,2 mil para R$ 297,1 mil ou R$ 2,7 milhões por ano. Além dos atuais R$ 9,6 mil de salário, cada parlamentar tem direito a uma série de outras vantagens financeiras, como verba indenizatória de R$ 15 mil, controle dos R$ 30 mil da verba de gabinete, dos R$ 15 mil de material de consumo, cortesias de passagens áreas é um veículo Clio à disposição do gabinete.

Como ficarão os salários

Presidente da República - R$ 8.885 para R$ 11.420
Vice-presidente - R$ 8.362 para R$ 10.748
Deputado federal - R$ 12.847 para R$ 16.512,09
Senador - R$ 12.847 para R$ 16.512,09
Deputado estadual em MT - R$ 9.635 para R$ 12.380

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • JEOVALDO ROSA DE MAGALHAES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    HORRIVEL ESTA NOTICIA, VEJA A POLICIA MILITAR,UMA DIFICULDADE PARA GANHAR UMA MIGALHA,ENQUANTO OS NOSSOS PARLAMENTARES NÃO TEM DIFICULDADE ALGUMA PARA RECEBER UM AUMENTO MILIANARIO, FORA VERBA DE GABINETE, AUXILIO MORADIA, E VARIOS OUTROS AUXILIOS, COMBUSTIVEL, E ASSIM VAI,O BRASIL CORRUPTO, ATÉ QUANDO... ACORDA POVO, VAMOS PINTAR A CARA E SAIR AS RUAS. O SALARIO MINIMO UMA MERRECA DE NADA.

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que vergonha emquanto o PAPA passa , os espertinhos
    corre a aumentar seus propios salarios, e nós servidores publicos assistimos, pasmo ,inerte abobalhado o complo que o PT vai ajudar o governo fazer CONGELAR nossos minguados salarios pois só os TJ Secretarios podem receber bons salarios bom nao RIIIIICOS salarios... como diz BORIS isso é uma vrgonha. eu digo mais isso e um verdadeiro desmando. TO INDGNADA....

  • Jorge Maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha, depois desses aumentos, assistindo há anos a facilidade como essa "raça" aumenta seus vencimentos, enquanto policiais, professores, motoristas, médicos, enfermeiros, todos os mortais - enfim, penam para conmseguir uma elevação mínima (menos que 5%), chego à conclusão que Agildo Ribeiro (humorista) está certo. "A única saída para o Brasil é o aeroporto".
    Sou mais radical, evocando a força e esprírito papais, pela presença do Bento, acho que só o Noé daria jeito

  • marcia regina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e uma vergonha esses parlamentares receberem este valor e alem de tudo ter uma aposentaria milionária com apenas 04 anos de serviço prestados.
    agora um trabalahdor necessita estar trabalhando uma vida inteira para receber apenas um salario minimo. é uma verginha este nosso brasil e seus governantes.
    eu gostaria de saber se alguns desses parlamentares sustentaria uma casa com esse salario minimo vergonhoso, e alem de tudo qdo sobe esse tal salario sobe tudo.
    nao quero mais ser brasileira tenho vergonha......

  • Pedro Machado Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    "e o povo como esta, tá com corda no pescoço" diz o dito popular "corta a corda e roi o osso", parece um País de faz de conta, assim não pode, assim não dá, abraços.

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misael é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

MAIS LIDAS