Últimas

Quinta-Feira, 10 de Maio de 2007, 08h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Deputados estaduais passam a ganhar R$ 12 mil

    Os deputados aproveitaram a visita do papa Bento XVI ao Brasil e aprovaram nesta quarta à noite, em votação simbólica, os dois projetos que reajustam em 28,5% os seus próprios salários, dos ministros, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do vice-presidente, José Alencar. Devido ao efeito cascata, os 24 deputados estaduais mato-grossenses terão também seus salários elevados de R$ 9,6 mil para R$ 12,3 mil. Os vereadores também serão beneficiados, mas somente na próxima legislatura.
   Na tumultuada sessão na Câmara Federal, o único deputado a votar contra o reajuste que se manifestou no plenário da Câmara foi Ronaldo Caiado (DEM-ex-PFL-GO). O reajuste aguarda votação dos deputados desde o ano passado, quando as Mesas Diretoras da Câmara e do Senado chegaram a cogitar a equiparação dos subsídios dos parlamentares aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal, que é de R$ 24,5 mil. O projeto precisa ser aprovado pelo Senado para entrar em vigor.

     Efeito cascata

    O reajuste provocará um efeito cascata, resultando no aumento dos salários de deputados estaduais e vereadores. O vencimento dos federais e senadores vai passar dos atuais R$ 12.847 para R$ 16,5 mil. Lula, que recebe atualmente R$ 8.885, passa a receber R$ 11.420. Já o salário de Alencar e dos demais ministros subiria dos atuais R$ 8.362 para R$ 10.748.
    Em Mato Grosso, cada um dos 24 deputados estaduais, que hoje recebe R$ 9.635, terá o salário elevado para R$ 12.380. Com isso, a folha somente dos parlamentares sobe de R$ 231,2 mil para R$ 297,1 mil ou R$ 2,7 milhões por ano. Além dos atuais R$ 9,6 mil de salário, cada parlamentar tem direito a uma série de outras vantagens financeiras, como verba indenizatória de R$ 15 mil, controle dos R$ 30 mil da verba de gabinete, dos R$ 15 mil de material de consumo, cortesias de passagens áreas é um veículo Clio à disposição do gabinete.

Como ficarão os salários

Presidente da República - R$ 8.885 para R$ 11.420
Vice-presidente - R$ 8.362 para R$ 10.748
Deputado federal - R$ 12.847 para R$ 16.512,09
Senador - R$ 12.847 para R$ 16.512,09
Deputado estadual em MT - R$ 9.635 para R$ 12.380

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • JEOVALDO ROSA DE MAGALHAES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    HORRIVEL ESTA NOTICIA, VEJA A POLICIA MILITAR,UMA DIFICULDADE PARA GANHAR UMA MIGALHA,ENQUANTO OS NOSSOS PARLAMENTARES NÃO TEM DIFICULDADE ALGUMA PARA RECEBER UM AUMENTO MILIANARIO, FORA VERBA DE GABINETE, AUXILIO MORADIA, E VARIOS OUTROS AUXILIOS, COMBUSTIVEL, E ASSIM VAI,O BRASIL CORRUPTO, ATÉ QUANDO... ACORDA POVO, VAMOS PINTAR A CARA E SAIR AS RUAS. O SALARIO MINIMO UMA MERRECA DE NADA.

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que vergonha emquanto o PAPA passa , os espertinhos
    corre a aumentar seus propios salarios, e nós servidores publicos assistimos, pasmo ,inerte abobalhado o complo que o PT vai ajudar o governo fazer CONGELAR nossos minguados salarios pois só os TJ Secretarios podem receber bons salarios bom nao RIIIIICOS salarios... como diz BORIS isso é uma vrgonha. eu digo mais isso e um verdadeiro desmando. TO INDGNADA....

  • Jorge Maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha, depois desses aumentos, assistindo há anos a facilidade como essa "raça" aumenta seus vencimentos, enquanto policiais, professores, motoristas, médicos, enfermeiros, todos os mortais - enfim, penam para conmseguir uma elevação mínima (menos que 5%), chego à conclusão que Agildo Ribeiro (humorista) está certo. "A única saída para o Brasil é o aeroporto".
    Sou mais radical, evocando a força e esprírito papais, pela presença do Bento, acho que só o Noé daria jeito

  • marcia regina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e uma vergonha esses parlamentares receberem este valor e alem de tudo ter uma aposentaria milionária com apenas 04 anos de serviço prestados.
    agora um trabalahdor necessita estar trabalhando uma vida inteira para receber apenas um salario minimo. é uma verginha este nosso brasil e seus governantes.
    eu gostaria de saber se alguns desses parlamentares sustentaria uma casa com esse salario minimo vergonhoso, e alem de tudo qdo sobe esse tal salario sobe tudo.
    nao quero mais ser brasileira tenho vergonha......

  • Pedro Machado Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    "e o povo como esta, tá com corda no pescoço" diz o dito popular "corta a corda e roi o osso", parece um País de faz de conta, assim não pode, assim não dá, abraços.

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.