Últimas

Quinta-Feira, 10 de Maio de 2007, 08h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Deputados estaduais passam a ganhar R$ 12 mil

    Os deputados aproveitaram a visita do papa Bento XVI ao Brasil e aprovaram nesta quarta à noite, em votação simbólica, os dois projetos que reajustam em 28,5% os seus próprios salários, dos ministros, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do vice-presidente, José Alencar. Devido ao efeito cascata, os 24 deputados estaduais mato-grossenses terão também seus salários elevados de R$ 9,6 mil para R$ 12,3 mil. Os vereadores também serão beneficiados, mas somente na próxima legislatura.
   Na tumultuada sessão na Câmara Federal, o único deputado a votar contra o reajuste que se manifestou no plenário da Câmara foi Ronaldo Caiado (DEM-ex-PFL-GO). O reajuste aguarda votação dos deputados desde o ano passado, quando as Mesas Diretoras da Câmara e do Senado chegaram a cogitar a equiparação dos subsídios dos parlamentares aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal, que é de R$ 24,5 mil. O projeto precisa ser aprovado pelo Senado para entrar em vigor.

     Efeito cascata

    O reajuste provocará um efeito cascata, resultando no aumento dos salários de deputados estaduais e vereadores. O vencimento dos federais e senadores vai passar dos atuais R$ 12.847 para R$ 16,5 mil. Lula, que recebe atualmente R$ 8.885, passa a receber R$ 11.420. Já o salário de Alencar e dos demais ministros subiria dos atuais R$ 8.362 para R$ 10.748.
    Em Mato Grosso, cada um dos 24 deputados estaduais, que hoje recebe R$ 9.635, terá o salário elevado para R$ 12.380. Com isso, a folha somente dos parlamentares sobe de R$ 231,2 mil para R$ 297,1 mil ou R$ 2,7 milhões por ano. Além dos atuais R$ 9,6 mil de salário, cada parlamentar tem direito a uma série de outras vantagens financeiras, como verba indenizatória de R$ 15 mil, controle dos R$ 30 mil da verba de gabinete, dos R$ 15 mil de material de consumo, cortesias de passagens áreas é um veículo Clio à disposição do gabinete.

Como ficarão os salários

Presidente da República - R$ 8.885 para R$ 11.420
Vice-presidente - R$ 8.362 para R$ 10.748
Deputado federal - R$ 12.847 para R$ 16.512,09
Senador - R$ 12.847 para R$ 16.512,09
Deputado estadual em MT - R$ 9.635 para R$ 12.380

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • JEOVALDO ROSA DE MAGALHAES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    HORRIVEL ESTA NOTICIA, VEJA A POLICIA MILITAR,UMA DIFICULDADE PARA GANHAR UMA MIGALHA,ENQUANTO OS NOSSOS PARLAMENTARES NÃO TEM DIFICULDADE ALGUMA PARA RECEBER UM AUMENTO MILIANARIO, FORA VERBA DE GABINETE, AUXILIO MORADIA, E VARIOS OUTROS AUXILIOS, COMBUSTIVEL, E ASSIM VAI,O BRASIL CORRUPTO, ATÉ QUANDO... ACORDA POVO, VAMOS PINTAR A CARA E SAIR AS RUAS. O SALARIO MINIMO UMA MERRECA DE NADA.

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que vergonha emquanto o PAPA passa , os espertinhos
    corre a aumentar seus propios salarios, e nós servidores publicos assistimos, pasmo ,inerte abobalhado o complo que o PT vai ajudar o governo fazer CONGELAR nossos minguados salarios pois só os TJ Secretarios podem receber bons salarios bom nao RIIIIICOS salarios... como diz BORIS isso é uma vrgonha. eu digo mais isso e um verdadeiro desmando. TO INDGNADA....

  • Jorge Maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha, depois desses aumentos, assistindo há anos a facilidade como essa "raça" aumenta seus vencimentos, enquanto policiais, professores, motoristas, médicos, enfermeiros, todos os mortais - enfim, penam para conmseguir uma elevação mínima (menos que 5%), chego à conclusão que Agildo Ribeiro (humorista) está certo. "A única saída para o Brasil é o aeroporto".
    Sou mais radical, evocando a força e esprírito papais, pela presença do Bento, acho que só o Noé daria jeito

  • marcia regina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e uma vergonha esses parlamentares receberem este valor e alem de tudo ter uma aposentaria milionária com apenas 04 anos de serviço prestados.
    agora um trabalahdor necessita estar trabalhando uma vida inteira para receber apenas um salario minimo. é uma verginha este nosso brasil e seus governantes.
    eu gostaria de saber se alguns desses parlamentares sustentaria uma casa com esse salario minimo vergonhoso, e alem de tudo qdo sobe esse tal salario sobe tudo.
    nao quero mais ser brasileira tenho vergonha......

  • Pedro Machado Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    "e o povo como esta, tá com corda no pescoço" diz o dito popular "corta a corda e roi o osso", parece um País de faz de conta, assim não pode, assim não dá, abraços.

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...