Últimas

Sexta-Feira, 20 de Julho de 2007, 07h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

LEGISLATIVO

Deputados vão receber Corolla no próximo mês

O presidente da AL, Sérgio Ricardo, fará entrega dos Corollas aos colegas e continuará usando um Ford Fusion

    A Mesa Diretora da Assembléia, sob Sérgio Ricardo, entrega no próximo mês os 24 veículos Toyota Corolla aos 24 deputados. O negócio, ao custo unitário de R$ 61,3 mil, já foi feito com a Toyota do Brasil. Foram gastos R$ 1,4 milhão. Para se livrar do desgaste por causa da ostentação em meio a uma série de privilégios, alguns parlamentares adiantaram que preferem continuar utilizando o Renault Clio, hoje disponível para cada gabinete. Nessa lista estão Zé do Pátio (PMDB), Otaviano Pivetta (PDT), Percival Muniz (PPS) e Walter Rabello (PMDB). Membros a Mesa, como o presidente Sérgio Ricardo (PR) e o primeiro-secretário José Riva (PP), também não terão Corolla à disposição do gabinete. A eles, cabem outros carros de luxo. Sérgio, por exemplo, usa um Ford Fusion.

    O deputado de quinto mandato, Humberto Bosaipo (DEM), é o mais apressado de todos para receber logo o Corolla. Na sessão de quarta (18) à noite, a última deste semestre  (a Assembléia entrou em recesso e retoma os trabalhos em 1º de agosto), Bosaipo subiu a tribuna para cobrar a entrega do veículo. "Eu quero logo o Corolla. Estou precisando muito desse caro para exercer minha atividade parlamentar".

    Bosaipo acabou levantando uma discussão que muitos deputados preferem evitá-la por trazer desgaste perante a sociedade. Para amenizar isso, o próprio Bosaipo, ex-presidente da Assembléia por dois mandatos, elogiou a Mesa Diretora, ao dizer que os veículos foram adquiridos com o menor preço. Chegou a ler um documento da secretaria de Segurança Pública do Governo do Amazonas­, que pede ao legislativo mato-grossense informações sobre o pregão nacional, que atingiu o me­lhor preço (R$ 2 mil a menos por veículo) entre o que havia sido pago em 2005 pelo Tribunal de Justiça (R$ 62,5 mil) e o preço fechado pela AL/MT ((R$ 61,3 mil).

     Riva reforçou o discurso "do menor preço" e avisou que a idéia é entregar os veículos de uma só vez, entre agosto e, no máximo, até setembro. Destacou também que os atuais Clio que estão com os parlamentares vão ser comercializados. O dinheiro levantado ajudará nas novas aquisições e também na redução em R$ 30 mil das despesas de manutenção dos veículos.

     Cada deputado ganha R$ 12,3 mil mensais. Contam com verba indenizatória de R$ 15 mil, controlam os R$ 30 mil da verba de gabinete e outros R$ 15 mil de material de consumo. Usufruem de passagens aéreas e têm um veículo a disposição do gabinete.

    No Judiciário

   Enquanto alguns deputados cobram a entrega logo dos veículos Corolla, no Tribunal de Justiça os 30 desembargadores dispensam os mesmos veículos, que estão enfileirados no pátio. Há dois anos, o Judiciário pagou R$ 1,8 milhão pelos Corolla. Agora, os magistrados preferem dispensar os veículos por uma razão óbvia: perderiam auxílio-transporte, algo que representa 20% dos seus "gordos" salários superiores a R$ 20 mil.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É muito previlégio, em quanto a maioria do povo brasileiro passa fome e anda em verdadeiras carroças pagando umas das passagens de buzú mais caras do país, esses ostentadores esnóbam. "Isso é uma vergonha" Concordo com o jornalista Joelmir Betting que diz esse bordão a mais de 30 anos sobre os políticos desta nação, e até agora, "nada".

  • william | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estou cada vez mais me negando a ler noticias sobre politica no pais e em mt,devido a estes absurdos e desreipeito com o dinheiro publico , porque os nobres deputados ,ja que fazem tanta questao de terem "um carro de luxo para auxiliar na vida parlamentar"sao dizeres do dep. bosaipo que ja esta jubilando na assembleia e esta na hora de desconfiar e parar de mamar nela, ao inves de comprarem estes veiculos tivessem investido o dinheiro no social das pessoas mais carentes ,na educação ou seja qualquer coisa em beneficio da sociedade. Olha o exemplo do tribunal de justiça que adquiriram varios corollas de luxos e estao sem uso, compraram porque?, pra que?... E o povo continua de braços cruzados sem fazer nada, vendo e dando risada... enquanto a sociedade nao se manifestar dessas vulgaridades aprontadas pelos poderes estatais, vão continuar da mesma forma...povo matogrossense acordem, vamos lutar,para que pelos menos nossos desendentes tenham uma vida descente em uma sociedade justa com uma politica séria....

  • Olivia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Povo Cuiabano, eu apelo para a inteligência de vocês...pelo amor de Deus, como que nós podemos conviver com tal absurdo? Corollas novos...eu, sinceramente, não sei nem o que dizer, to chocada, me sinto como uma boba da corte...dá até vontade de chorar...me dói o coração tamanha canalhice desses deputados...e esse Bosaipo então?
    Pensa que é bonito fazer um feio desses? Como se um carro impedisse ele de fazer o seu trabalho...Ah, eu não aguento mais tanta hipocrisia!!

  • Getulio Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma vez o povo matogrossensse se vê com a cara pintada de palhaço.Na verdade pelo tanto que esses parlamentares trabalham, o carro ideal para eles seria um Fiat 147 usado e com o câmbio cansado. Pra que Corolla? O presidente da Assembléia anda de Fusion, o assaltado Gilmar Fabris anda de Civic última geração, sem citar outros que ostentam nosso dinheiro através de carrões.Tudo isso acontece porque o povo cuiabano é um povo pacífico que aceita as migalhas deste governo, enquanto o repasse do duodécimo da Assembléia é aquele valor que além de cobrir todo tipo de despesa imaginável, ainda sobra para comprar um Corolla para cada Deputado. Mas, esta passividade pode se tornar agressividade. Cuidado!! A zombaria está indo longe demais!!

  • Brasil | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    E Vai rolar a Festa, Ihuuuuuuuuuu

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O povo Brasileiro custeia seu proprio transporte, por que os trabalhadores (Deputados) que serve o povo é pago pelo povo, não pode custear seu transporte.
    Logo veremos Corolla novíssimos com placa branca em porta de escolas, lojas de luxo.
    Quantas ambulância novas e equipadas daria para comprar, com este valor. Não as dos VEDOIM, lógico.

  • Márcio da Cunha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É UM ABSURDO, OS DEPUTADOS DESFRUTAREM DE TAMANHO PRIVILEGIO. ENQUANTO O POVO MATO-GROSSENSE, EM SUA MAIORIA, TEM QUE "MATAR UM LEÃO" À CADA DIA PARA SOBREVIVER, ESSES PARLAMENTARES GOZAM DE MORDOMIAS. DESSA FORMA, NÃO DÁ PARA CONTINUAR. A POPULAÇÃO PRECISA ACORDAR E NÃO FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS E MUITO MENOS NA FRENTE DA TELEVISÃO VENDO AS NOTICIAS E AS NOVELAS PASSAREM. É PRECISO SER MAIS VIBRANTE E EXIGIR SEUS DIREITOS. É MUITA MORDOMIA PARA POUCO TRABALHO, EM PROL DA SOCIEDADE.HÁ IA ME ESQUECENDO, ENQUANTO OS PARLAMENTARES GASTAM MAIS DE UM MILHÃO COM OS COROLLAS, OS SERVIDORES DA AL QUE ENTRARAM EM FÉRIAS NO MÊS DE JULHO NÃO AS RECEBERAM, UM TERÇO DO SALÁRIO, QUE É GARANTIDO POR LEI. ELES (DEPUTADOS) FAZEM AS LEIS, MAS SÃO OS PRIMEIROS A DESCUMPRI-LAS.

  • Maria José Santos Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A notícia sobre a compra do Corolla nem vou palpitar. São muitos os que já se manifestaram, retratando, de uma forma ou outra, a falta de cerimônia com o dinheiro público. Minha intenção é adocicar o azedume da notícia, e vai endereçada ao Romilson, que aliás admiro muito: você reparou que na charge, o chafariz e o paredão vermelho da “assembléia” lembram a logomarca de uma famosa rede de fast food?
    Fico na dúvida se foi intencional ou não, uma maneira elegante de dizer que nossos deputados anda comendo muita porcaria, por isso fazem tanta “mer_ _” (risos).
    Dá-lhe Romilson!

  • Aladir Leite Albuquerque | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O MGGICUTIVO ! QUE CRITICAVA OS GOVERNOS ANTERIORES, EM QUE A ASSEMBLEIA RECEBIA MERENDA ! VEJA O QUE ELE DEU PARA OS DEPUTADOS , ENQUANTO SEUS PROJETOS SÃO APROVADOS. O POVO NÃO PODE ACEITAR UMA VERGONHA DESTA NATUREZA!!!!!!!!!


    ATENÇÃO
    SERVIDORES PUBLICOS É HORA DE REAGIRMOS ABAIXO AO REINADO DO PODER MAGGICUTIVO

    O Rei da Moto Serra, vai acabar com a nossa carreira Servidor Publico!!!
    De uma forma silenciosa através do Poder Legislativo ele esta criando cargos para os seus apadrinhados!!!

    Conforme matéria publicado nos jornais de circulação de nossa capital, se encontra aguardando apreciação e aprovação dos deputados estaduais uma mensagem que prevê a criação de 74 cargos a um custo anual de R$ 3 milhões.

    Em verdade, a mensagem prevê cargos sem concurso público e com vinculação política para os seus cabos eleitorais, na seguinte proporção: 01 cargo de chefe de gabinete, nível DGA-4; 03 cargos de gerente I, nível DGA-7; 01 cargo de assistente técnico II, nível DGA-9; 01 cargo de assessor especial I, nível DGA-2; 16 cargos de superintendente, nível DGA-4; 15 cargos de gerente regional I, nível DGA-7; e 15 cargos de assistente técnico II, nível DGA-9. Estão previstos ainda 01 cargo de assessor técnico II, Nível DGA-5; 01 cargo de coordenador, nível DGA-6; e 20 cargos de assessor especial III.

    DE um total de 81.538 mil servidores de Mato Grosso, 62.327 mil são ativos e 19.211 mil são inativos.
    Com certeza nem um destes servidores terá a oportunidade de ocupar um destes cargos.

    Os deputados acusaram o governador de estar loteando o Executivo e de ter saído de 3,5 mil DAS para mais de 6 mil, todos criados nos primeiros anos de gestão.

    OLHA REI DA BUTINA E DA MOTO SERRA! AI GENTE!!

    ATENÇÃO SERVIDORES!! SE VOCÊS NÃO ACORDAREM, ELE VAI ACABAR PRANTANDO SOJA NO SEU QUINTAL

  • Antonio Luiz de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é uma vergonha!!!a sociedade matogrossense deveria ter acesso a informação para saber o que esses deputados estão fazendo com o erário público. Esse deputado bosaipo ao fazer o pronunciamento exigindo o corolla revela que, além de hipócrita, é insensível para com os problemas da sociedade. Abaixo os políticos canalhas, safados, sugadores dos cofres públicos!

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

MAIS LIDAS