Últimas

Quinta-Feira, 10 de Abril de 2008, 19h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

LEGISLATIVO

Deputados vão ter aumento de verba de gabinete

  O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), decidiu  aumentar o valor da verba de gabinete dos deputados, que é usada para pagar  o salário dos funcionários contratados livremente pelos parlamentares. Atualmente, a verba é de R$ 50,8 mil para cada um dos 513 deputados. Destes, 8 representam a bancada de Mato Grosso. São eles: Carlos Bezerra (PMDB), Thelma de Oliveira (PSDB), Pedro Henry (PP), Carlos Abicalil (PT), Wellington Fagundes e Homero Pereira (ambos PR), Valtenir Pereira (PSB) e Eliene Lima (PB).

   Eles podem contratar  de 5 a 25 funcionários, com salários que hoje variam de R$ 415 a R$ 8,2 mil. O  aumento da verba de gabinete foi discutido nesta quinta. A Mesa Diretora alega que a intenção é dar um aumento real, além da correção da inflação verificada desde o último aumento da verba de gabinete, que foi  em 2005.

   A Câmara gasta anualmente R$ 338,785 milhões com a verba de gabinete, sem considerar  os encargos sociais, como previdência, vale-refeição e abono de férias, que são pagos os funcionários contratados pelos 513 deputados. Atualmente, são cerca  de 9,5 mil secretários parlamentares, nome dado a esses funcionários que não entram na Casa por concurso público.

   Neste ano, os servidores de carreira da Câmara, que entram por meio de concurso  público, tiveram um reajuste de 26% em consequência do aumento salarial concedido  aos deputados no ano passado. São cerca de 1,1 mil servidores dos chamados Cargos  de Natureza Especial (CNEs). Nesse caso dos CNEs, não é permitida a contratação  de parentes de parlamentares.

   Cada deputado recebe R$ 16,5 mil mensais. De auxílio-moradia são mais R$ 3,2 mil e outros R$ 4 mil para despesas gerais, entre elas com telefone e postagens e mais de R$ 6 a R$ 16 mil de auxílio passagem e R$ 15 mil de verba indenizatórai.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.