Últimas

Sexta-Feira, 17 de Outubro de 2008, 09h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

COMODORO

Derrotado, Aldir tira 3 secretários e pára obras

  O prefeito de Comodoro (a 643 km de Cuiabá), Aldir Bal Marques Moraes (PR), derrotado à reeleição, começou a  enxugar a máquina a apenas dois meses de concluir o mandato. Após o fracasso nas urnas, ele já exonerou 3 secretários. São eles: Brunislau Rodrigues (Agricultura), Daniel Garcia (Turismo) e Eugênio Lima (Obras e Transportes). Nos bastidores, o comentário é que o republicano dispensou os três por estes terão apoiado o petista Marcelo Beduschi, que se elegeu com 54,90% dos votos válidos (5.394 votos).

  O prefeito determinou também a exoneração de vários chefes de departamentos e servidores. Médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem contratados para trabalhar nos Programas Saúde da Família (PSFs) perderam emprego público. Para se ajustar às regras da Lei de Responsabilidade Fiscal e não incorrer em crimes, Aldir cortou também alguns benefícios, como hora-extra e insalubridade.

   Há denúncias de que Aldir Bal tenha paralisado algumas obras, como asfaltamento de ruas, que estavam a "todo vapor" durante o período eleitoral. Um dia após o pleito, caminhões da prefeitura teriam retirarado o material que seria usado para a construção de uma quadra no distrito de Noroagro (a 70 km do perímetro urbano).

   O chefe de Gabinete Júlio Cezar Giangareli garante, porém, que as obras não foram interrompidas. "Vamos entregar todas as construções que começamos." Ele afirma que o projeto das obras da nova estação de tratamento de água, orçado em R$ 750 mil, não terá início, mas a prefeitura deixará o dinheiro em caixa.

  Giangareli confirma as demissões dos três secretários, mas nega que o "facão" tenha atingido médicos. Quanto ao não-pagamento de benefícios, o chefe de gabinete se contradiz. Primeiro, confirmou os cortes nos pagamentos de horas-extra e insalubridade. Depois, ao ser questionado sobre quem pagaria a conta, o assessor Giangareli desconversou sobre o assunto. Trocou sua resposta: "Nós não deixaremos nenhuma dívida, nem estamos deixando de pagar os beneficios que os funcionários têm direito", disse.

   Já o futuro prefeito de Comodoro Marcelo Beduschi começou a se "movimentar" e nomeou uma equipe de transição para saber a real situação da prefeitura. A partir de segunda (20) devem trabalhar no levantamento de dados oficiais Luís Machado, João Alfredo Borges e Jair Teodoro.


Os adversários Aldir Bal, que começa a limpar as gavetas, e o prefeito eleito de Comodoro Marcelo Beduschi (PT)

Postar um novo comentário

Comentários (26)

  • Antonio Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ei 22, cd vcs.....

    So foram ganhar as contas estão até sem internet para se comunicarem, rssssss

    É foram 136 que ganharão pé na bunda....e agora?

    Feliz 2009 para vcs, digo PARA NÓS NÉ, kakakaka

  • vanilson martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paradeira vc vão ver é qdo esse povo do Comodoro pára tudo assumir.
    Tem aquele ditado do Barão de Itararé: De onde menos se espera e dali que não sai nada mesmo!
    A ELEIÇÃO de Comodoro foi atipica. dos oito vereadores que sairam a reeleição 6 vereadores se chegaram e 1 ficou na 1ª suplência, contrariando todas as previsões. No entando, o melhor prefeito da história do município perdeu.
    Tá certo que foi a maior coalizão de forças oposicionistas que Comodoro já viu, com praticamente todo mundo contra... mas forças estranhas agiram...e decidiram!

  • Marco Antonio Moreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha ai pessoal de Comodoro, vamos fazer um camunidade no orkut; pq o Aldir não ganhou a eleição.
    O Marcelo só entrou prá fazer figuração, ai todo mundo foi com ele... mesmo pq ninguém mais quiz encarar. E ai ganham a eleição. Ou o povo endoidou, ou tem coisa nesse angu!

  • Sandra tonhá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Marcelo, Deus te deu uma chance, Vc ganhou a eleição mais perdida da história. Agora faz a tua parte. Não força a sorte, não dá milho pro azar. Bida, Reginaldo, Ditão, Luiz Machado, João Alfredo.
    O Vilso faz como ele fez com a Baculejo.
    E trabalha, trabalha, trabalha, trabalha...
    abre o zóio e trabalha, trabalha, trabalha... pq senão antes de vc assumir o povo vai começar pedir pro Aldir ficar. Não vacila não!

  • Ricardo Jose Ortiz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MEU DEUS DO CÉU..!!!! , Olha só ,pelo personagens q se apresenta , imagina o que será o restante da atual administração do VILSON , só implorando DEUS , mesmo pra ter compaixão da nossa querida comodoro , que hoje sim podemos chamar comodoro do nosso CORAÇAO..!! , E PREPARECEM]SE P/ OS PROXIMOS CAPITULOS..!! , mesmo assim dejeso Muito trabalho p/ Vcs.., por que tapinhas nas costas , e mentiras não irão fazer nosso Municipio desenvolver..!!

  • Maria Luisa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lendo essa matéria aqui no Blog do Romilson, não vejo muita coisa pra galera do Aldir ficar rosnando. Pára com isso, meu povo. Afinal, o que está escrito aqui são verdades, embora as verdades doam muito.

    Tem um que disse que o Aldir fez em 4 anos o que ninguém fez em 18. Concordo em gênero, número e grau. Vejamos:

    Aldir deu nossa água de mãos beijadas. Isso é só ele... dar o patrimônio público é só o ilustríssimo Aldir mesmo.

    Aldir triplicou o seu patrimônio pessoal. Basta ver o Grupo Trevo que saiu do nada e em 4 anos se tornou uma potência.

    Aldir humilhou e perseguiu quem não votou nele. Só ele mesmo pra fazer isso com o povo.

    Construiu uma praça com dinheiro federal (Lula) e com dinheiro das contas dos servidores que ele “negociou” com o Bradesco. Essa praça só pode ser usada à noite, porque não tem sombra.

    Vale lembrar que o ‘seu’ Aldir faliu o Coeduc. Ah se não fosse o Marcelo resolver a parada.

    Então é isso: o Aldir é único e pode parar de pensar em voltar. Afinal, a farra da gasolina está sendo julgada pela Justiça. Vai ficar inelegível...

  • Antonio Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É, parece que vcs não esperavam isso....

    O mandato não será + de 4 anos e sim 6 anos, será que até lá vcs aguentam, kakakakak

    PATINHOS

  • carloscarlos@hotamil.com | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ta dificil do pessoal do 22 aceitar, mas não tem outro jeito não.
    O paulo do bar ta falando merda do vilson, mas quando for chamado pra repetir quero ver se é machão mesmo.
    Ta falando muito, mas muito mesmo.
    Esse cara tem que ser inquerido sobre esses comentarios.


  • CARLOS RCOBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUANDO SE FAZ UMA PÉSSIMA GESTÃO, SE TEM UMA MINGUADA VOTAÇÃO.

  • Lucas Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Começa bem o prefeito eleito Marcelo Beduschi, de Comodoro, com Jair Teodoro, João Alfredo Borges e Luiz Machado.

    Com certeza com o Luiz Machado voltando a Prefeitura os projetos das usinas de biodiesel do Aldinho vão começar a andar

    kkkkkkkk

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.