Últimas

Sexta-Feira, 10 de Julho de 2009, 20h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CHAPADA DOS GUIMARÃES

Desembargador concede liminar e permite caminhões na 251

    O desembargador Antônio Bittar Filho concedeu liminar permitindo o tráfego de caminhões das empresas Água Lebrinha, Nunes Silva Ltda, Santana Construção Civil e Artefatos de Cimento Ltda e Três Irmãos Materiais de Construção Ltda, com peso superior a 26 mil quilos, mais de três eixos e com comprimento maior que 14 metros trafeguem pela MT 251, estrada turística que liga Cuiabá ao Parque de Chapada dos Guimarães, contrariando a Resolução 16 do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema).  Bittar notificou a secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente,  Justiça e Segurança Pública, além do Departamento Estadual de Trânsito e a Polícia Militar.

  A restrição no tráfego pretendia garantir a preservação da estrada e as belezas naturais de Chapada dos Guimarães. Entretanto, o desembargador faz restrições. “Concedo a liminar pleiteada, desde que seja apresentada no Posto Rodoviário a nota fiscal dos produtos que tenham como destino a cidade de Chapada dos Guimarães”, determinou Bitar. Ele estabeleceu ainda prazo de 10 dias para que todas as autoridades sejam notificadas. O governo do Estado já recebeu cópias do mandado e vai liberar os caminhões que estão presos no Posto Policial Rodoviário.
 
   As empresas ingressaram com o mandado de segurança sob a justificativa de que a decisão do Tribunal de Justiça, que proibiu o tráfego de veículos pesados na MT-251, “isolou” Chapada dos Guimarães do resto do Estado". Os comerciantes reclamam do fato de estarem tendo prejuízos e das empresas não conseguirem abastecer as prateleiras dos estabelecimentos comerciais. O desembargador ressalta que a decisão do TJ, que acatou o pedido do Ministério Público, "é louvável, mas lembra que “não se pode admitir o trancamento de uma cidade inteira que, comercialmente falando, ficou isolada do mundo”. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Erico | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito justa a decisão. Essas empresas são de Chapada dos Guimarães e precisam ter acesso para dar continuidade ao trabalho que desenvolvem. O controle é simples. quem tem prova de que está indo para chapada levar ou buscar algum produto passa, quem não tem, não passa. Parabéns ao MPE e ao promotor JAIME ROMACHELLI, que foi o autor da iniciativa e da ação civil pública que impediu o trânsito absurdo de caminhões, que estava sendo praticado sem qualquer controle.

  • Estrada | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    prefiro não comentar,,,,,,,,
    prefiro não comentar,,,,,,,,
    prefiro não comentar,,,,,,,,
    prefiro não comentar,,,,,,,,
    prefiro não comentar,,,,,,,,
    prefiro não comentar,,,,,,,,
    prefiro não comentar,,,,,,,,
    prefiro não comentar,,,,,,,,

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quanta ignorancia, isolada do mundo?????? Quanta besteira, e a preservação do patrimonio natural de chapada????? Esta decisão vai contra tudo que é de bom senso, afinal temos que proteger a frágil Chapada, e quanto ao isolamento é só os atingidos mudarem a forma de transporte, o que exige custos mas o benefício para todos do município é muito maior.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Justa

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois de muitos anos tive o privilegio de, na semana passada trfegar na Rodovia de Chapada! Ques espetáculo! Pensei que estava em outro pais... acredito que a restrição deveria ser total, inclusive com a suspensão das atividaes da empresa lebrinha na região!

  • Van Hausen | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que ingenuidade Antonio Carlos, Bitar pensa no benefício dos seus para o futuro, tanto que liberou só para umas poucas GRANDE$ empresas. Assim, poucas carretas usam a rodovia;pouco dela é prejudicada; as empresas se contentam como o Érico disse acima e o desembargador fica bem entre gregos e troianos...Ah!Mais uma coisa, Antonio Carlos:Papai Noel existe!

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.