Últimas

Quinta-Feira, 01 de Março de 2007, 23h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Desembargador Lessa prega ruptura e faz críticas

 Novo presidente do TJ faz discurso duro contra todos os Poderes

    Em discurso de posse nesta quinta (1º) à noite, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, o novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Lessa, disse que colocará em prática um planejamento estratégico e, diante de dezenas de magistrados integrantes de um Poder considerado conservador, propôs uma gestão de ruptura. Observou que ‘justiça atrasada, é justiça desqualificada’. Considera inconstitucional a Justiça ficar de pires na mão, uma situação que a levaria à subserviência.

    Ele fez autocrítica ao Judiciário e chamou os colegas à reflexão. "Creio ser consensual que estamos longe de atingir com amplitude essa missão, longe de atingir plenamente a finalidade à qual foi criada esta instituição da República". Para o novo presidente do TJ, o Judiciário precisa dar exemplo de celeridade, de pontualidade, de presença e de atitude. "Antecipo desde já que não vou coadunar e não aceitarei argumentos quaisquer que tentem justificar a lentidão em nosso mister".

    Paulo Lessa afirmou que a Justiça tem de estar atuante. Enfatizou que vai abrir as portas para o diálogo com os demais Poderes. ‘O Judiciário vai cobrar aquilo que lhe cabe como instituição republicada. Não estou falando de remuneração ou de privilégios. Estou falando do funcionamento pleno e correto da Justiça". O presidente do TJ/MT comentou também sobre as criticas da OAB e do MP sobre custas judiciais.

    A íntegra do discurso do novo presidente do TJ/MT, Paulo Lessa, está postada na seção à esquerda chamada Artigos. Confira.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

Flerte com candidato de outro partido

selma arruda 400 curtinha   Apesar de estar filiada ao Podemos, a ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por crimes eleitorais e deixou a cadeira neste ano, continua flertando com o pedetista, empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, que não demonstra mais tanto ânimo para continuar com o projeto de disputa...

Joelson e as traições política e familiar

joelson 400   Dos 23 vereadores pela Capital que vão à reeleição, o que mais deve enfrentar dificuldades para obter êxito nas urnas é o sargento Joelson (foto), que aproveitou a janela de março e trocou o PSC pelo Solidariedade. Primeiro, por causa da atuação pífia. Trata-se de um...

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.