Últimas

Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2009, 20h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CÂMARA DE CUIABÁ

Deucimar "frustra" tentativa da defesa de desviar foco


Ao lado do assessor Nei Sebastião, Deucimar Silva responde aos questionamentos do advogado de Lutero
Foto: Josinei Moreira

   Momentos de grande tensão, bate boca, troca de acusações e até mesmo ameaça de suspensão dos trabalhos marcaram o último dia dos depoimentos das testemunhas do vereador Lutero Ponce (PMDB), investigado por suposto “rombo” de R$ 7,5 milhões na Câmara de Cuiabá. No embate com o presidente da Casa, vereador Deucimar Silva (PP), que prestou depoimento nesta quinta (29), Lutero foi representado por seu advogado, Paulo Taques, que cumpriu a risca a incumbência.

   Na tentativa de desviar o foco da investigação da Comissão Processante, formada pelos vereadores Francisco Vuolo (PR), presidente, Lúdio Cabral (PT), relator, e Lueci Ramos (PSDB), membro, Taques insistiu em desqualificar a auditoria contratada por Deucimar e a gestão do próprio progressista, que assumiu a presidência da Mesa Diretora em janeiro deste ano. “Isso que você chama de auditoria é um documento imprestável para mim”, disparou Taques, após uma dura discussão com Deucimar.

   A defesa tentou convencer os membros da Comissão que Deucimar agiu de má-fé ao colocar em plenário a votação da representação da ONG Moral e do Sintep, que solicitaram a abertura de investigação contra Lutero. “O senhor lembra ter dito numa convenção partidária que voltou à vida pública para tirar Lutero da política?”, indagou o advogado. O progressista se negou a responder sob o argumento de que foi convocado a depor num processo administrativo e não em relação a outros fatos.

   Questionado pela defesa se sabe o resultado da auditoria contratada em sua gestão para analisar os procedimentos licitatórios feitos por Lutero, Deucimar ponderou que não é contador, mas sim gestor público. Ele sugeriu que a Comissão convoque a contadora responsável pela auditoria, Ginaira Amorim, para prestar os devidos esclarecimentos e fazer o contraponto com a defesa de Lutero.

   O momento mais polêmico do depoimento ocorreu quando Taques questionou a existência de duas portarias na Câmara com a mesma numeração. O advogado perguntou ao presidente se os vereadores aprovaram em plenário a Resolução n. 002, de 20 de agosto de 2009, que supostamente prevê mudanças no rito de julgamento do relatório da Comissão. O progressista não soube informar. “Não sou advogado e confio na minha assessoria jurídica. Nunca quis mudar o rito. Estamos perdendo tempo”, bradou.

   Alterado, Taques disse que não se trata de perda de tempo. "Estamos falando da Câmara da Capital de Mato Grosso. Uma resolução pode ter sido fraudada nesta Casa. Temos duas resoluções n. 002 neste Legislativo. Isso pode ser crime. Temos que investigar". Deucimar, por sua vez, levantou a possibilidade de ter ocorrido um erro de digitação e que não havia necessidade de discutir a Resolução n. 002, já que a Comissão divulgou que adotará os ritos previstos na Resolução n. 001.

   Ao ser questionado sobre atos que tomou na condição de presidente da Casa, o progressista ameaçou deixar o depoimento por entender que as indagações do advogado não eram pertinentes ao processo. “Eu fui convocado para falar de um assunto específico e eu quero falar, quero responder. Mas, caso o advogado insista nesta linha de perguntas, vou me retirar”. Ao final, Deucimar respondeu às perguntas dos membros da Comissão. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO É PERCA DE TEMPO E DINHEIRO, NÃO VAI DAR EM NADA. AS CONTAS FORAM PRONTAMENTE APROVADAS POR BOSAIPO NO TRIBUNAL DE FAZ DE CONTAS. BOSAIPO ATÉ CHOROU DE EMOÇÃO. PRA QUE TODO ESSE TEATRO? SÓ JOGO DE CENA!

  • messias di caprio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABENIZO O VEREADOR DELCIMAR PELA FORMA CORRETA COM QUE VEM CONDUZINDO A CÂMARA DE CUIABÁ, POIS ELE TEM SIDO UM GRANDE PRESIDENTE; É CLARO QUE ESTÁ COLOCANDO A MÃO EM UM VESPEIRO E ASSIM SENDO NÃO É FÁCIL LUTAR CONTRA ESSE MAR DE CORRUPÇÃO. VÁ EM FRENTE DELCIMAR O POVO DE MATO GROSSO ESTÁ COM VOCE. CONTE COMIGO!!!

  • DR. HUMBERTO AZEVEDO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NESTE PAÍS É MUITO DIFICIL SER HONESTO,POIS A CULTURA É METER A MÃO E QUE DANE-SE A POPULAÇÃO.

    O VER. DEUCIMAR TEM SIDO UM PALADINO EM BUSCA DA MORALIDADE DA CASA E DA CULTURA METE A MÂO,POIS ESSA CÂMARA É MAIS SUJA QUE ´POLEIRO DE PATO.

    ESSE LUTERO E SUA COMPARSA CHICA NUNES E O PAULO TAQUES DEVERIAM JÁ Á MUITO TEMPO ESTAREM NO CARUMBÉ.

    VÁ EM FRENTE DEUCIMAR,NÃO SE DEIXE AMENDRONTAR ´POR ESSES MALFEITORES,O POVO DE MATO GROSSO ESTÁ A SEU LADO.

  • GONÇALINA BEIRA RIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • ary | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo este jogo de empurra vai dar em alguma coisa mas tem muitos vereadores com rabo preso, inclusive deucimar, deucimar agora prega essa que nao tem nada a ver com isso, mas ele esta cavando a propria sepultura, muito provavel que sai a candidato, ai vai ver, depois ele vai passar nas maos do tribunal de contas essa quero esperar pra ver o tamanho do pepino, nao que eu esteja defendendo lutero, errou tem que pagar. Fico impressionado como as coisas acontecem esse vereador messias di caprio cujo nao e seu nome, que a poucos dias foi preso por nao pagar penssao esta postando aqui dando uma de moralista.

  • José | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Independente da existência de uma auditoria extern que comprova o desvio de dinheiro publico, existe um inquérito policial realizado por pessoas com fé publica que comprova o mesmo comportamento criminoso de um grupo chefiado por Lutero Ponce.
    A forma de agir do advogado a mando de Lutero, é uma verdadeira confissão de culpa, na medida em que esta apenas querendo ganhar tempo e tentar desviar o foco do assunto.
    Pode espernear, mas o fato é que o tubarão esta na linha.

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...