Últimas

Quarta-Feira, 26 de Agosto de 2009, 08h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

OPERAÇÃO PACENAS

Diálogos suspeitos revelam ligação entre Henry e Loro

    Pedro Henry (PP), que já teve o nome envolvido na chamada máfia das sanguessugas, pode ser o deputado federal citado pelo procurador da República Mário Lúcio Avelar como um dos participantes da quadrilha que fraudou as licitações das obras do PAC em Cuiabá e Várzea Grande, revela o jornal Diário de Cuiabá em manchete de capa desta quarta (26). Numa das conversas telefônicas interceptadas pela Polícia Federal, que prendeu 11 pessoas acusadas de envolvimento em fraudes, há gravação que sugere uma estreita ligação entre Henry e o ex-vereador Dito Loro, ex-presidente do Departamento de Água e Esgoto (Dae) e hoje secretário de Governo de Várzea Grande. O diálogo foi gravado em março do ano passado. Na época, Loro respondia pelo Dae. Curiosamente, ele deixou o cargo no dia 4 de abril, uma semana depois da conversa mantida com Henry.

   No diálogo, o deputado pede para Loro ir a seu apartamento, situado no 16º andar, num prédio da Capital, localizado à avenida São Sebastião, no bairro Popular, para “receber orientações de Brasília”.    A conversa telefônica entre Dito Loro e Henry de um celular seria apenas uma das gravações em poder da PF num período em que, segundo as investigações do delegado Márcio Carvalho, empreiteiros faziam lobby, propostas indecorosas e até ameaças veladas para "vencerem" as licitações das obras do PAC.

   Entre as pessoas  acusadas de participar de fraudes e que ficaram uma semana na cadeia estão o ex-procurador-geral do Município de Cuiabá, José Antônio Rosa, o ex-prefeito Anildo de Barros, os empreiteiros Alexandre Schutze, Jorge Pires e Luis Carlos Ritcher - veja mais aqui.  (Patrícia Sanches)

---------------------------------------------
Clique aqui e leia mais no Diário de Cuiabá desta 4ª

(9h) - Loro diz que diálogos e visitas a apartamento de Henry são para buscar recursos

     O secretário de Governo de Várzea Grande e ex-presidente do Dae, Dito Loro, confirmou ao RDNews que sempre conversa com o deputado federal Pedro Henry e que às vezes vai até a residência do parlamentar, em Brasília ou em Cuiabá, entretanto, negou que o vínculo tenha alguma coisa haver com as supostas fraudes as obras do PAC em Cuiabá e/ou no segundo maior município do Estado. “Eu acho a coisa mais natural do mundo um secretário ligar para deputados, ir nos gabinetes deles em Brasília, e articular para conseguir recursos para o município. Ir na casa dele (Henry) não significa que estávamos articulando fraudes”, reage Dito.

  O secretário também disse não se lembrar do diálogo, mas que provavelmente havia pedido a ajuda de Henry para agilizar a liberação de recursos para melhorar Várzea Grande e, que a ida dele ao apartamento de Henry seria para saber se houve evolução dessas articulações. “Não adianta o secretário ficar apenas sentado na cadeira. Precisamos conversar com todos os deputados e senadores, sem a ajuda deles fica difícil", argumenta. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Rafael Zanelato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Rafael Zanelato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Pedro Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É o nosso deputado praticando o que sabe fazer de melhor...

    Pena que está prestes a desistir de ser candidato na próxima eleição, pois amargaria a melhor e maior derrota já vista em Cáceres e Região..

    Ps... E o julgamento da Cautelar no TSE?.. sai qdo??.. vai acabar o mandado e nada de uma resposta daquele órgão..

  • Paulo Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estão querendo prejudicar o deputado que mais trouxe recursos para Cáceres e região em toda a sua história bicentenária.

    Não tem problema. O povo não é burro nem ingrato a ponto de perder um deputado como esse que dá inveja em outros deputados de outras regiões.

  • Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...