Últimas

Quinta-Feira, 02 de Abril de 2009, 15h:49 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

COMUNICAÇÃO

Dias deixa Secom do governo; Novacki acumula pasta

  O secretário de Estado de Comunicação Social, jornalista José Carlos Dias, o Zé Veneno, pediu exoneração nesta quinta (2). O governador Blairo Maggi, mesmo em viagem, aceitou o pedido e determinou que o secretário-chefe da Casa Civil, major Eumar Novacki, passe a acumular também a Secom.

  Dias estava no governo Maggi desde metade do primeiro mandato da gestão Maggi. Ele entrou no lugar do publicitário Geraldo Gonçalves. O jornalista estava enfrentando processo de fritura e passou a perder autonomia. Desde o início do ano, por orientação do governador, Novacki ficou responsável pelo contato direto com os meios de comunicação.

  Em carta, José Carlos faz agradecimentos ao governador "pela confiança enquanto esteve à frente da pasta". Afirma que Maggi lhe deu "todo apoio pessoal e respaldo político e administrativo para que desempenhasse a missão confiada". Também diz possuir gratidão pela primeira-dama do Estado e secretária Terezinha Maggi, pelo vice-governador Silval Barbosa. Nos agradecimentos, Dias lista outras pessoas e instituições.

  Confira aqui a carta de exoneração do secretário Dias

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Marcelo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vai tarde Zé Veneno.
    Blairo se livrou deste.

  • jornalista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vai tarde

    Mas o Novacki assumir a pta, mesmo que interinamente é uma grande piada, neh?

    Mas mostra bem a piada que é esse nosso meio

  • lalau | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEMORÔ!!!

  • Lia Travassos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • digoreste | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o povo do correio varzeagrandense bateu tanto que derrubou o omi. Guenta.

  • Marcio Mendes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vai tarde mesmo e tomar que nunca mais volte, abandonou os veiculos do interior do estado e agia com se fosse um intocável dentro do Secom, tomara que agora mude os rumos do Secom e acabem com as panelinhas da midia estadual. Demoro pra isso acontecer todos do meio tavam vendo quanto o governo estava sem midia principalmente no interior e agora como fica aquela revista que mais parece revista institucional de 50 paginas 30 +- são de publicidade. Tomara que nunca mais volte Zé Veneno vc tem muitos amigos dentro daqueles veiculos que foram previlegiados.....

  • pedro ananias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tá provando do seu próprio veneno. kkk
    Mas quem derrubou ele foi o Eli Santantonio.kkkk. E o MPE vai olhar o patrimônio adquirido neste anos? Para quem conheceu ele ontem e conhece hoje, aff. Só uísque importado...

  • joao lara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O José Carlos Dias quando chegou de Santa Fé do Sul puxando um cachorro pelo rabo era extremamente humilde. Buscava uma aproximação como os jornalistas e profissionais dos meios de comunicação de forma até pegajosa.

    Através do deputado Amaral, seu conterrâneo, conseguiu uma certa projeção. A partir daí, seus papos se resumiam a cardápios sofisticados e vinhos finos. Perdeu o rumo e esqueceu a pirassununga que costuma ingerir.

    Quando assumiu a SECOM, o seu lado pernicioso e despótico aflorou. Ronaldo Bastos, de triste memória, se transformou num malandrinho vingativo.

    Hoje, o Jose Carlos Dias prova do seu próprio veneno. Não é a tôa que o seu apelido no meio é Zé Veneno.

    A exemplo de Ronaldo Bastos, a partir de agora, sem cargo, Zé Veneno voltará a condição que nunca deveria ter saído, ou seja, a insignificância de um profissional Medíocre, que somente se sustente em cargos públicos através de armações e chantagens.

    Romilson, pelo bom senso, espero que este comentário não seja glosado, pois este sitio demonstra, pelo menos na publicidade, que é democrático.

    Um abraço.

    João Lara

  • Edson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    O que é isso, essa tal de Novaski vai derrubar o governador ja, já. Os jornalistas deveriam fazer uma pergunbta ao governador Porque tanto prestigio a esse militar, que deveria estar na rua, fazendo segurança a população, que prá isso que ele ganha. Politico no lugar deles e policia tbém.




  • Freida Pinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parece q todos os setores do Governo Blairo esta entrando em PARAFUSO ,a segurança vai mal, a educação ,falta carteira para sentar os alunos,e outros setores como estradas é lastimavel a situação do interior .

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...