Últimas

Terça-Feira, 19 de Junho de 2007, 08h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Difícil é não ter onde recorrer!

     Preocupa-me a crise ética e a banalidade em que hoje se considera a vida.  Educar um filho é cada dia mais angustiante e um permanente desafio. A criminalidade está ganhando corações e mentes, apesar dos desejos dos pais de que seus filhos sejam honestos, trabalhadores e bem sucedidos. A família vem aos poucos perdendo o sentido para muitas crianças que procuram o sustento ou mesmo a “felicidade” nos caminhos tortos da vida.
     As drogas vêm ocupando espaços, cada vez maiores, nas ruas, nas casas e nas escolas, dentre outros lugares.  Em qualquer um dos espaços a reação é a mesma: despreparo! Nós, pais e professores, não sabemos como enfrentar e socorrer os nossos filhos.
     Estamos a cada dia perdendo-os. Crianças estão comercializando drogas, tentando viciar outras crianças. Quem pode nos ajudar?  Não sei. Nós não sabemos a quem recorrer!
     Acredito que haja realmente despreparo dos professores frente a este problema de saúde pública que leva o governo a gastar muito nos atendimentos a pacientes que necessitam de socorro. Mas por que o governo não torna mais próximas aos pais as ações que por ventura estejam sendo executadas?
     Meu filho de coração, portador de necessidade especial e usuário de medicamento controlado por receita médica foi vítima. Felizmente, o pronto socorro de Cuiabá o socorreu a tempo de evitar um óbito. 
Fico imaginando como pode um ser humano tentar viciar uma pessoa especial que não tem condições de se defender?
     A criança especial tem muitas dificuldades de serem aceitas nas escolas regulares públicas (sempre procurei pública; pode ser que as privadas também tenham o mesmo comportamento), como bem retratou a novela “Páginas da Vida”, apesar de ser “direito” deles à escola. Quando encontra uma porta aberta ainda corre o risco de começar o pesadelo, como o meu que se iniciou numa escola da rede estadual de ensino na capital.
     Eu não sei mesmo como a sociedade aceita esse estado de coisas, que nos violam no mais sagrado direito, o de viver adequadamente. Poucas vozes se levantam para lutar e somar forças a fim de combater esse estado de insegurança, de crueldade e de violência no qual nós vivemos. Os Parlamentares fazem leis, muitas sem serem cumpridas. O executivo executa “ações previstas na Constituição Federal” a fim de prevenir e reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o contrabando e o descaminho, sem prejuízo da ação fazendária e de outros órgãos públicos nas respectivas áreas de competência (CF, 1988). Mesmo assim, me pergunto, por que não chamar a sociedade para discutir e definir ações de maiores sucessos?
     O direito constitucional previsto no artigo sexto (São direitos sociais a educação, a saúde, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição) grifos nossos, estão cada vez mais ameaçados.
     Eu sei que é obrigação dos pais educarem os seus filhos. Mas qual educação vamos dar se grande parte dos pais tiveram uma educação fragilizada ou na maioria das vezes são analfabetos? As mudanças são lentas, o Brasil tem que dar comida tanto quanto educação.  O preparo dos trabalhadores da educação precisa estar à altura desses e de outros desafios. Os nossos filhos precisam ir para as escolas e lá serem educados ao conhecimento com atenção, carinho e protegidas. Isso se pode exigir quando os profissionais são valorizados, preparados e bem remunerados, o que não é nossa realidade.
     Faço votos que as mães possam amparar os seus filhos “perdidos” para o crime e as drogas. Por enquanto quero ensinar o meu filho especial que já sabe o certo e o errado a saber reagir frente às situações de exclusão e de aliciamento.

Girlene Ramos, é ex presidente do PT, bióloga e  pós graduada em Gerente de Cidades

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.