Últimas

Quarta-Feira, 23 de Maio de 2007, 17h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Dirceu se reúne com petistas em Cuiabá domingo

Campo Majoritário omite agenda; ex-ministro procura tropa de choque para reconquistar o poder interno

   O ex-todo poderoso ministro da Casa Civil, José Dirceu, que caiu em 2005 com o escândalo do Mensalão, estará domingo (27) em Cuiabá. Sem alarde, ele vem a Mato Grosso a convite dos integrantes do Campo Majoritário, entre eles o deputado federal Carlos Abicalil e os estaduais Alexandre Cesar e Ságuas Moraes, que já 15 dias assumiu a secretaria de Estado de Educação, além do presidente do Sintep, Gilmar Soares Ferreira.

      A última vez que Dirceu esteve em Cuiabá foi em 21 de outubro de 2004, ainda como ministro da Casa Civil. À época participou de uma reunião e de manifestações em defesa da candidatura de Alexandre Cesar a prefeito da Capital. Com empurrão do presidente Lula e do governador Blairo Maggi (ex-PPS e hoje PR), Alexandre disputou e perdeu, no inédito segundo turno, para o tucano Wilson Santos.

     José Dirceu está inelegível até 2015. Após ter o mandato cassado, virou consultor. Ele participará de uma reunião fechada. Sua agenda está sendo omitida pela cúpula do PT, assim como o local em que se reunirá com os "companheiros".  Petistas como a senadora Serys Marly e o presidente do diretório de Cuiabá, Jairo Rocha, não foram convidados até agora para o encontro.

    O ex-deputado federal e ex-dirigente nacional da agremiação petista iniciou articulação nos Estados com a intenção de reconquistar o poder interno. Dirceu tenta também minar, até o terceiro congresso nacional do PT, em julho,  a tese de refundação da legenda. Busca também, se não como candidato, ajudar na eleição do sucessor de Ricardo Berzoini à direção nacional.

    Defendida pelo ministro Tarso Genro (Justiça), a refundação do partido tem como objetivo garantir mais espaço na direção do PT a outras tendências que não o Campo Majoritário. O grupo representa hoje 60% da direção do partido e tem como integrantes figuras que se envolveram em denúncias no primeiro mandato do presidente Lula, como o próprio Dirceu, que foi uma das 40 pessoas denunciadas pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, no inquérito do Mensalão.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

Redes sociais, lives e efeito colateral

Em tempo de coronavírus, as redes sociais têm sido fundamentais para disseminar informações. As plataformas são utilizadas, por exemplo, para realização de coletivas, mas, nesta segunda (6), houve um efeito colateral. O governador Mauro Mendes e o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo foram "vítimas" de ferramenta de animação do Facebook. Os dois falavam sobre ações para combater a doença...

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.