Últimas

Quarta-Feira, 23 de Maio de 2007, 17h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Dirceu se reúne com petistas em Cuiabá domingo

Campo Majoritário omite agenda; ex-ministro procura tropa de choque para reconquistar o poder interno

   O ex-todo poderoso ministro da Casa Civil, José Dirceu, que caiu em 2005 com o escândalo do Mensalão, estará domingo (27) em Cuiabá. Sem alarde, ele vem a Mato Grosso a convite dos integrantes do Campo Majoritário, entre eles o deputado federal Carlos Abicalil e os estaduais Alexandre Cesar e Ságuas Moraes, que já 15 dias assumiu a secretaria de Estado de Educação, além do presidente do Sintep, Gilmar Soares Ferreira.

      A última vez que Dirceu esteve em Cuiabá foi em 21 de outubro de 2004, ainda como ministro da Casa Civil. À época participou de uma reunião e de manifestações em defesa da candidatura de Alexandre Cesar a prefeito da Capital. Com empurrão do presidente Lula e do governador Blairo Maggi (ex-PPS e hoje PR), Alexandre disputou e perdeu, no inédito segundo turno, para o tucano Wilson Santos.

     José Dirceu está inelegível até 2015. Após ter o mandato cassado, virou consultor. Ele participará de uma reunião fechada. Sua agenda está sendo omitida pela cúpula do PT, assim como o local em que se reunirá com os "companheiros".  Petistas como a senadora Serys Marly e o presidente do diretório de Cuiabá, Jairo Rocha, não foram convidados até agora para o encontro.

    O ex-deputado federal e ex-dirigente nacional da agremiação petista iniciou articulação nos Estados com a intenção de reconquistar o poder interno. Dirceu tenta também minar, até o terceiro congresso nacional do PT, em julho,  a tese de refundação da legenda. Busca também, se não como candidato, ajudar na eleição do sucessor de Ricardo Berzoini à direção nacional.

    Defendida pelo ministro Tarso Genro (Justiça), a refundação do partido tem como objetivo garantir mais espaço na direção do PT a outras tendências que não o Campo Majoritário. O grupo representa hoje 60% da direção do partido e tem como integrantes figuras que se envolveram em denúncias no primeiro mandato do presidente Lula, como o próprio Dirceu, que foi uma das 40 pessoas denunciadas pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, no inquérito do Mensalão.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Uma petista das causas bolsonaristas

edna sampaio 400   A emblemática vereadora petista Edna Sampaio (foto) se mostra a cada dia defensora das pautas bolsonaristas. Na Câmara de Cuiabá se aliou e vota combinado com os direitistas e conservadores tenente Paccola (Cidadania) e Michelly (DEM). No episódio em que a colega parlamentar fez uma "sarrada"...

Esperança do Procon por candidatura

gisela simona 400   Quem pensa que Gisela Simona (foto), aquela que perdeu para prefeita de Cuiabá e se queimou politicamente ao se aliar a Abílio no segundo turno, não se movimenta politicamente com interesse nas eleições de 2022 está redondamente enganado. Ela tenta, por tudo, reassumir a...

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...