Últimas

Quinta-Feira, 28 de Junho de 2007, 13h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INFRAESTRUTURA

Diretor-geral do Dnit se articula e complica Pagot

Mauro tem o senador Perillo como padrinho político e já conta com respaldo das bancadas do PMDB, PSDB e parte do PR; relatório de Jaime será questionado

    Mesmo com a escolha do aliado e companheiro de mandato, senador Jaime Campos (DEM), como relator do processo de nomeação, o executivo Luiz Antônio Pagot não está seguro de que será aprovado na sabatina do Senado para comandar o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit). Enquanto Luiz Antonio Pagot, com uma pasta debaixo do braço, bate a porta de cada senador em busca de apoio, o atual diretor-geral do Dnit, Mauro Barbosa da Silva, ganha força no próprio Senado e na Câmara Federal para ser mantido no cargo. Se a sabatina fosse hoje, Pagot teria o nome reprovado.

     Mauro Barbosa, que cresce no martírio de Pagot, foi indicado à direção do Dnit com apoio das bancadas de Goiás e de Minas Gerais. Ele é bem articulado politicamente. Em seu entorno, criou-se a leitura de que, uma vez mantendo-o no cargo, o presidente Lula neutralizaria o adversário PSDB, que deseja sua permanência no posto. Mauro tem como padrinho político o ex-governador goiano e hoje senador Marconi Perillo (PSDB), justamente o presidente da Comissão de Infra-Estrutura de Transportes do Senado, por onde Pagot terá de passar.

      A agenda do atual diretor-geral do Dnit, detentor de um orçamento anual de R$ 12 bilhões, está voltada para atendimento aos parlamentares. Na luta pela permanência no cargo, Mauro já obteve aval das bancadas do PMDB, PSDB e até da maioria dos 44 deputados do PR, partido do próprio Luiz Antônio Pagot. Apesar de não votarem na sabatina, os deputados estariam fazendo corrente pela não-nomeação de Pagot, inclusive com lobby junto aos Ministérios da Casa Civil e do Transportes. Nem mesmo os parlamentares do PR, como Valdemar Costa Neto (SP) e Sandro Mabel (GO), defendem a indicação de Pagot para o Dnit.

     Tiro pela culatra

     A decisão do senador Marconi Perillo em atender ao pedido do governador Blairo Maggi e nomear Jaime Campos como relator do processo de Pagot seria uma estratégia para complicar ainda mais a aprovação para o Dnit do nome do ex-secretário de Infra-Estrutura, Casa Civil e Educação. Ocorre que Pagot é o primeiro suplente do senador Jaime, que vai relatar o seu processo. A oposição se mobiliza para colocar o relatório sob suspeição.

     Pagot encontra dificuldades para obter apoio político, à medida que cresce entre os parlamentares o comentário de que o aliado de Maggi é "arrogante" e que, já teria adiantado que, no Dnit, "fechará o cerco contra empreiteiras que cobram caro do governo para execução de obras". Para complicar a situação de Pagot na briga pelo cobiçado cargo federal, há ainda a denúncia de que ele ocupou ilegalmente dupla função no período de 1995 a 2002, como assessor no Senado de Jonas Pinheiro e como diretor-presidente da Hermasa Navegação da Amazônia.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VAMOS SABER AGORA SE O GOVERNO LULA DESEJA SERIEDADE NO DNIT , OU SE PREFERE MANTER A ROUBALHEIRA. PAGOT JÁ !

  • Antonio Caarlos Pinheiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tenho certeza absoluta que o Sr. Pagot fará uma grande gestão junto ao DNIT.

    Toninho

  • Muvuca | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Notícias como estas são encomendadas para espalhar boatos e desestabilizar o processo...
    Não procede!
    Pagot vai para o DNIT, podem torcerem o quanto quiserem... O terno está pronto!
    MUVUCA-Cuiabá

  • Zeca | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Xi. Isso tá mais parecendo desculpa esfarrapada de quem percebeu que a vaca foi pro brejo. Vai alegar forças ocultas e coisa e tal. Dizer que foi preterido porque é mais honesto não cola. Uma esmiuçada mais séria nos contratos da sinfra vai apontar buracos e mais buracos na gestão do moço. De qualquer forma, o episódio demonstra o tamanho do prestígio político do governador em nível nacional. E acaba de vez com a viagem dos puxa-sacos que assanham vôos mais altos.
    PS: Se a nota não foi desmentida até agora pela tropa de choque é sinal que jogaram a toalha e se deram por satisfeitos com a saída "honrosa". É isso aí, Pagot. Ciscou, ciscou e acabou no Irajá.

  • Francisco Miguel Diniz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Sr. Antonio Pagot é um homem honesto, competente e trabalhador incansável. Sua nomeação para o cargo de Diretor do Dnit será ótima não só para Mato Grosso como para todo Brasil.
    Francisco Miguel Diniz

  • Valdinei Barbosa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Torço para o Sr. Pagot assumir o Dnit, quem com isso é Mato Grosso e o Brasil, pois a coisa publica independente das personalidades das pessoas tem que ser tratados com lisura e isso o Sr.Pagot fará bem.

  • Valdinei Barbosa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Torço para o Sr. Pagot assumir o Dnit, quem ganha com isso é Mato Grosso e o Brasil, pois a coisa publica independente das personalidades das pessoas tem que ser tratadas e geridas com lisura e isso o Sr.Pagot fará bem.Caso a nomeação torna-se negativa e confirmarem a participação de membros de sua propria agremiação é hora do Governador repensar suma permanencia neste indeciso projeto de partido chamado PR.

  • Hélio Brandão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pagot assumir o DNIT nacional é uma questão crucial para o desenvolvimento de Mato Grosso, principalmente quando se vislumbra a possibilidade de serem desatados alguns nós que tornam deficitária a nossa infraestrutura na área dos transportes. O exemplo é claro: no governo passado, sob Dante de Oliveira, que possuia grande proximidade junto ao governo FHC foram viabilizados o gasoduto, a ferronorte e Manso. Como mero mortal só me resta torcer por Pagot, é uma questão simples... ele tem competência para dar conta da tarefa e é caso de se torcer por Mato Grosso. Sempre!!!

  • Israel Arcanjo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Humildade

    Este Sr pode ser muito trabalhar mas ñ tem HUMILDADE um trator sem Freio. Deve ser muito constrangedor para o Sr Pagot se humilhando na frente dos Senadores pedindo uma vaga de diretor no Dnit.Sr Pagot Trasparece que Sr ñ tem palavra cadê as 6.000. mil vagas amais do concurso publico que você prometeu.

  • Paulo Ricardo Fortunato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    A indicação de Pagot ao DNIT é de grande valia para Mato Grosso. Acho que esta na hora de políticos de outros partidos deixarem a vaidade de lado e abraçar nesta luta não pelo Pagot mas, por Mato Grosso. Pelo pouco que o conheço tenho certeza que Mato Grosso estará bem representado neste cargo tão importante a nível federal. Acorda políticos de oposição, o povo que ver por Mato Grosso bem falado e representado a nível nacional. Espero que o Pagot consiga a tal amejada vaga e que faça muito nào só por Mato Grosso como pelo Brasil também.

Vereador tenta barra compra de cestas

diego guimaraes 400 curtinha   O vereador pela Capital, Diego Guimarães (foto), denunciou junto à Ouvidoria do TCE o que definiu como irregular a aquisição, com dispensa de licitação, de cinco mil cestas básicas de alimentos pela secretaria municipal de Assistência Social e Desenvolvimento...

Apresentador de TV luta contra Covid

alexandre mota 400 curtinha   Alexandre Mota (foto), apresentador desde abril do programa de variedades Balanço Geral, da TV Vila Real de Cuiabá (Record), está internado na UTI do hospital São Mateus. É mais uma vítima diagnosticada com Covid-19. O seu quadro clínico se agravou. O pulmão...

Campanha une as primeiras-damas

virginia mendes 400 curtinha   As primeiras-damas Virginia Mendes (foto) e Michelle Bolsonaro, de MT e do país, respectivamente, têm mantido um relacionamento bem estreito no desenvolvimento de projetos e ações sociais. No final de abril, Michelle postou um elogio e divulgou, na sua conta do Instagram, a campanha de...

Se EP recuar, PV lança Stopa a prefeito

justino malheiros 400 curtinha   O ex-presidente da Câmara de Cuiabá e membro do diretório municipal do PV, vereador Justino Malheiros (foto), disse nesta segunda que o partido estará com o prefeito Emanuel Pinheiro até o último momento, apostando no projeto de reeleição do emedebista. Mas,...

Disputa a prefeito e apoio de Sachetti

 luizao_curtinha400   O empresário Luiz Homem de Carvalho, o Luizão (foto), ex-presidente da CDL de Rondonópolis, está mesmo determinado a encarar, pela primeira vez, o teste das urnas para prefeito. E inicia uma oposição dura à gestão Zé do Pátio, que buscará a...

Corrida de Teis no noticiário nacional

waldir teis 400 curtinha   As imagens que mostram o conselheiro afastado do TCE Waldir Teis (foto) descendo em alta velocidade as escadas de um prédio para jogar no lixo vários cheques rasgados que somavam R$ 450 mil ganharam o noticiário nacional, com destaque neste domingo em veículos, como Folha de S. Paulo, G1 e IG....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.